Empresa americana paga 300 dólares para funcionário que dorme bem

Empresa americana paga para funcionarios que dormem bem
Foto: Reprodução Bancodasaude

Benefício só vale para quem descansa pelo menos sete horas por noite.

Imagina que legal trabalhar em uma empresa que valoriza uma boa noite de sono. Pois é, a Aetna, uma empresa norte-americana de planos odontológicos e de saúde, promete remunerar o colaborador que descansar bem a noite com 300 dólares a mais no salário por ano. Parece pouco, mas o projeto já está trazendo retorno.

Para a Aetna, de acordo com a BBC, preocupar-se com o bem estar dos funcionários, principalmente com uma noite de sono que seja capaz de trazer descanso, pode resolver graves problemas de rendimento durante o dia de trabalho. Os colaboradores interessados em participar da iniciativa podem receber 25 dólares por cada 20 noites que dormirem sete ou mais horas e isso, ao fim de um ano, pode significar 300 dólares de acréscimo no orçamento.

Como é feito o controle?

Você deve ter se perguntado desde o começo de sua leitura, mas a resposta é muito simples: o controle é feito pelos próprios colaboradores. Sim, a Aetna acredita na honestidade e decência de seus funcionários e, por isso, são eles próprios que anotam as horas de sono e podem fazer de duas formas: online ou através do sistema da empresa.

Em 2015 quase metade dos colaboradores da Aetna (12 mil) participaram da iniciativa, que começou em 2009. A cada ano, de acordo com o responsável pelo projeto, cresce o número de participantes. Talvez em poucos anos os 25 mil colaboradores da empresa já estejam participando da ação.

Importância do sono

Diversos estudos sugerem que uma boa noite de sono é capaz de fazer com que as pessoas rendam mais no trabalho. A American Academy of Sleep Medicine, com sede nos Estados Unidos, concluiu uma pesquisa recente que mostra que um trabalhador chega a perder mais de 11 dias  de trabalho por ano devido à falta de horas de sono. O valor do prejuízo ultrapassa os 2 mil dólares por ano por cada trabalhador, um resultado negativo superior aos 60 milhões de dólares somente nos Estados Unidos.

Outros países estão aderindo

Já há relatos de que na China e no Japão empresas de TI estão investindo em dormitórios para que seus colaboradores possam descansar quando necessitam trabalhar até mais tarde.

Vagas de Emprego pelo Mundo

Ambev está contratando no Brasil. Clique aqui e leia a notícia completa.

Lenovo está com mais de 1.000 vagas abertas e tem oportunidades no Brasil. Clique aqui e saiba como se candidatar.

Netflix está contratando em vários países. Clique aqui e saiba mais.