10 melhores multinacionais da América Latina

10 melhores empresas multinacionais da America Latina para se trabalhar
Foto: Reprodução WallDevil

Conheça as melhores companhias multinacionais da América Latina para se trabalhar.

O mercado da América Latina é enorme e companhias multinacionais de todo o mundo atuam nesse grandioso centro financeiro e de negócios. Com 570 milhões de habitantes, a América Latina tem como maior país o Brasil e todas as empresas multinacionais que compõem a lista atuam e possuem escritórios no país.





curta-fanpage

10 melhores multinacionais da América Latina para se trabalhar

Confira o ranking realizado pela Great Place to Work. Importante lembrar que este ranking é feito através de critérios que analisam a criação de uma cultura de ambiente de trabalho que pensa no trabalhador, que possui elevada confiança e que ultrapassam as fronteiras nacionais. Das empresas multinacionais que aparecem na lista, elas foram reconhecidas como melhores locais para se trabalhar em, ao menos, três países.

Lista

10º – Mars

A Mars é uma companhia americana de alimentos para humanos e animais. É dona de marcas como: 3 Musketeers, Bounty, Doublemint, Dove/Galaxy, Freedent, Hubba Bubba, Juicy Fruit, Life Savers, M&M’s, Mars, Pedigree, Skittles, Snickers, Twix, Uncle Ben’s Rice, Whiskas, Winterfresh entre outras. Ela foi eleita a melhor empresa multinacional da Europa para se trabalhar e na América Latina ocupa a décima posição. Tem interesse em ocupar um cargo na companhia?! Eles estão contratando. Saiba mais.

9º – JW Marriott

A rede de hotéis de luxo internacional JW Marriott emprega milhares de colaboradores em todo o mundo e foi eleita a nona melhor multinacional da América Latina para se trabalhar no Peru, no Brasil e no México e por isso figura na lista.

8º – Naturagrupo-FB

A empresa brasileira Natura aparece na oitava posição no Ranking das Melhores Multinacionais da América Latina segundo a Great Place to Work. A companhia foi foi reconhecida no Perú, na Argentina, Colombia, Chile e no México.

7º –  Belcorp

A empresa de vendas de cosméticos aparece na sétima posição e teve seu reconhecimento em diversos países: Colômbia, Peru, México, Bolívia, Equador, El Salvador, Costa Rica e Guatemala.

6º – DHL

A multinacional alemã de transportes e logística atua em 220 países, emprega mais de 285 mil colaboradores em todo o mundo e na América Latina é considerada a sexta melhor multinacional para se trabalhar.

5º – SC Johnson

A companhia norte-americana de produtos de higiene e limpeza atua em vários países. No Brasil a SC Johnson comercializa os produtos Raid e Baygon (inseticidas), OFF! e Autan (repelentes), Exposis (repelentes), Glade (purificadores de ar), Grand Prix e Carnu (automotivo), Bravo e Optimum (para pisos), Pato Purific e Glade Sany (para banheiros), Johnson Bravo e Brilhol (lustra-móveis), Mr. Músculo (limpeza geral) e Ziploc (armazenagem doméstica).

4º – Dell

A Dell é uma empresa de tecnologia que foi fundada nos EUA e, atualmente, emprega mais de 106 mil pessoas em todo o mundo. Na América Latina a companhia ocupa a posição de quarta melhor empresa multinacional para se trabalhar.

3º – Monsanto

Adquirida recentemente pela Bayer, a Monsanto foi considerada a terceira melhor empresa multinacional para se trabalhar na América Latina em 2016. Fundada nos EUA, atua na área de agricultura e entre seus principais produtos estão herbicidas, pesticidas, sementes, Roundup, soja transgênica, milho transgênico e algodão transgênico.

2º – Accor

A rede Accor de hotéis tem sua sede mundial na França, porém na América Latina possui 243 hotéis. Com milhares de colaboradores, a Accor aparece na segunda posição no ranking da Great Place to Work.

1º – Cisco

Em primeiro lugar está a Cisco Systems, uma companhia multinacional americana de tecnologia e sistemas. Com mais de 65 mil empregados, a Cisco Systems foi considerada a melhor empresa multinacional da América Latina para se trabalhar em 2016.

Melhores multinacionais da Europa

Conheça as 10 melhores empresas multinacionais da Europa para se trabalhar em 2016.