Descubra quais as informações mais valiosas do seu currículo

Como fazer Curriculo
Foto: Pixabay

Apenas 8 informações são avaliadas na hora da contratação, saiba quais.

Pode parecer injusto, mas um recrutador leva apenas 25 segundos para te descartar de uma pessoa de uma entrevista de emprego. Muitas vezes, quebramos a cabeça pensando porque não fomos selecionados para a vaga e porque não avançamos no processo seletivo de uma empresa. A resposta pode estar no seu Curriculum Vitae. Será que ele é adequado? Será que o recrutador encontrou erros logo à primeira vista e te desclassificou?

Hoje vamos te contar algumas dicas importantes para ter um bom currículo e você vai descobrir quais são as 8 informações que um profissional de recursos humanos avalia no CV.





Avaliação do currículo

1) Último emprego

Um dos primeiros itens avaliados pelos recrutadores é o seu último cargo e empresa. O profissional que está fazendo a seleção busca entender qual a sua situação profissional – se está ou não trabalhando – e quanto tempo está ou esteve no seu último emprego.

2) Nome e reputação da empresa

Os recrutadores também verificam qual a reputação da última empresa que você trabalhou. Se você trabalhou em multinacionais como Amazon, Google, Facebook, Volvo, etc. você terá mais chances de ser selecionado do que ter dito um trabalho em uma empresa desconhecida. Além disso, o profissional de recursos humanos sabe como são os processos seletivos dessas empresas e se você entrou, é porque realmente é competente.

Veja também: Austrália tem mais de 80 mil vagas abertas

3) Sua experiência

Os avaliadores do currículo também vão perceber se você cresceu na sua carreira, se foi aumentando de cargo ou ficou estagnado sempre na mesma posição.

4) Palavras-chave

Outra informação importante que os avaliadores buscam são as palavras-chave dentro do seu currículo. Eles irão procurar se você se encaixa no perfil que foi anunciado. Ex: “Marketing Digital”, “SEO”, etc.

Como conquistar o recrutador na entrevista de emprego

5) Lacunas

O profissional também verifica se você tem muitas lacunas na sua experiência profissional, se ficou muito tempo sem trabalhar e quais são as explicações para isso: ficou desempregado por muito tempo? Foi fazer um curso? O que houve?

6) Organização

O seu currículo precisa estar bem organizado, clean, bem escrito e sem erros de português. Se ele estiver amassado, confuso e com erros, logo poderá ser deixado de lado.

7) Logística

Se o candidato mora muito longe da empresa, ou em outra cidade, o recrutador pode avaliar o tempo que o profissional levará para chegar ao trabalho. Por isso, se mora em outras cidades, informe que tem disponibilidade para mudanças.

Quer trabalhar no exterior? Conheça os países que falam português

8) Redes sociais

Se você passou pelas primeiras etapas, é hora do recrutador investigar seu perfil nas redes sociais. É fundamental que você tenha uma foto séria no Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin. Nada de fotos com bebidas, bonés, camisas de times, etc. Cuidado com o que posta, o que é aberto ao público e atenção com opiniões polêmicas, erros de português, posts com preconceito, raiva, ódio, etc. Em menos de um minuto olhando seu perfil já dá para avaliar quem você é.