Quer mudar de país? Então descubra por onde você deve começar

Dicas importantes para quem pretende viver fora
Foto: Reprodução Hdwallpapers

Algumas dicas são fundamentais para o planejamento de sua saída.

São várias as dúvidas que surgem quando alguém está pensando em mudar de país e começar uma nova vida longe de casa. Selecionamos algumas perguntas e questionamentos para serem respondidos e disponibilizamos para quem está procurando informações sobre mudança de país, trabalho no exterior, visto e outras informações.





Por onde começo?

Comece fazendo uma auto-análise, um levantamento de suas qualificações, seu currículo profissional e escolar, idiomas que domina e informações que são suas e de mais ninguém. Saiba mais informações sobre como criar o seu currículo. É importante esse exercício de se conhecer, de colocar sobre a mesa suas qualidades e defeitos. Isso é o primeiro passo a ser feito.grupo-novo-facebook

Qual país é o ideal?

Isso varia de pessoa para pessoa. Se você já possui família e está em busca de tranquilidade e sossego para criar seus filhos, morar no interior da Nova Zelândia pode não ser um problema. Agora, se você ainda é muito jovem, gosta da cidade, quer agito, badalação e vida corrida, Nova Iorque pode ser um destino mais apropriado. O país ideal vai aparecer assim que você se conhecer e descobrir o que mais lhe agrada.

Documentos

Apesar de chato, verificar seus documentos é algo fundamental para você que está pensando em mudar de país e viver fora. Comece olhando para a sua identidade, o velho e conhecido RG (Registro Geral). Ele precisa estar atualizado e não pode, em hipótese alguma, ter aquela foto de quando você ainda era uma criança. Ideal mesmo é que o documento tenha menos de 5 (cinco) anos de emissão, dessa forma você pode evitar problemas futuros. Cada estado brasileiro possui a sua regra, então pesquise “emissão de RG” no seu estado e leia as informações.

Outro documento fundamental é o passaporte. Você já fez o seu? Ele ainda está dentro do prazo de validade? Caso você precise saber mais informações sobre isso, vá direto para o site da Polícia Federal.

*IMPORTANTE: deixe uma procuração com alguém de confiança (pais ou familiares) antes de embarcar!

Língua e Profissão

Dominar um outro idioma, principalmente o inglês, pode lhe abrir muitas portas. Agora, dominar o idioma não é achar que fala, são coisas bem diferentes. Se você não fala francês, por exemplo, mas sonha viver em Paris, seja sincero com você mesmo e quando começar a procurar emprego por lá busque por algo que não o coloque diretamente em contato com o público. Até porque dominar um idioma diferente necessita prática e vivência, mas não desanime. Busque estudar, procure vídeos, ative a legenda na língua em filmes e faça de tudo para se ajudar.

Se você estiver na faculdade, termine o seu curso antes de se mudar. Sair do país com uma profissão e um diploma na mala podem fazer a diferença. Se você fez cursos, possui habilitações técnicas, busque os certificados e coloque-os na mala também. Muitos países divulgam listas de profissões que estão em alta e você pode encontrar isso ali embaixo nos links importantes.

Cultura, clima e gastronomia

Sair do Brasil rumo ao Japão para viver pode ser fantástico, mas também pode ser chocante. A questão cultural pega, e muito, quando você tiver que lidar com o dia a dia. Então leve a cultura em consideração no momento de pensar em morar fora. Assim como a cultura, o clima é relevante. Sair do Rio de Janeiro e desembarcar no Alaska pode ser difícil, então pesquise sobre o clima, quantidade de chuva, temperaturas mínimas e máximas para que isso não se torne uma coisa desagradável no futuro. A gastronomia também deve ser levada em consideração, quer ver? Se você odeia peixe e não é lá muito fã de batata, viver na Inglaterra pode ser o martírio da sua vida. Por lá o prato típico é o famoso “fish and chips”, então pesquise antes de ir.

banner-facebook-newsletter

Links importantes

Viver na Austrália

Informações sobre o Canadá

Morar nos Estados Unidos

Trabalhar em Portugal

Sobre a Nova Zelândia