Cansado de morar fora? Voltar ou não voltar?

ingles em Campo Grande
Foto: Reprodução Pixabay

Pensando em voltar para o Brasil? Reflita sobre esses pontos.

Por que as pessoas saem de seu país natal para ir viver em países estrangeiros? Essa é uma resposta que todos já conhecem. Sair do seu país para desbravar os mares e morar em um território desconhecido é uma experiência para poucos e, aqueles que conseguem vencer os seus medos e conquistar algo lá fora, tornam-se indivíduos muito mais comprometidos com os seus desejos e habilidades.

Seja para trabalhar, estudar, fazer um trabalho voluntário ou simplesmente para ficar fluente em um outro idioma, muita gente sai do Brasil todos os anos rumo a outro país com a expectativa de que conseguirá não só se firmar no país de destino, mas também adquirir recursos que servirão como ferramenta para alavancar a carreira. Porém, muita gente que deixou o Brasil nos últimos anos não sente mais vontade de voltar, ou até sente, mas não quer abandonar o que conquistou lá fora e estabelecer-se novamente no Brasil. Se você está indeciso sobre seu retorno, veja duas dicas que podem ajudá-lo a decidir.

Quer aprender inglês? A Preply oferece professores do Brasil e do mundo através do método de ensino presencial ou à distância. Para saber mais, clique em Inglês em Campo Grande.

O que me trará mais benefícios?

Antes de decidir se quer voltar ou se prefere continuar no país em que está, você precisa observar os motivos de sua indecisão. Se você já está há anos sem ter contato com sua família ou amigos mais próximos e sente falta desse convívio, talvez esse seja um motivo que vale mais do que qualquer estabilidade financeira. Porém, se o seu desejo é escolher entre a opção que mais lhe trará benefícios em termos financeiros, o ideal é perguntar-se se você está, de fato, conseguindo ganhar o suficiente e manter o padrão de vida que tinha no Brasil. Muita gente acaba morando em outro país com o intuito de juntar dinheiro e retornar ao Brasil, porém, o recomendado é sempre usar esse tempo para se aprimorar, seja no que for. Assim, ao retornar ao Brasil, terá com o que ganhar dinheiro e manter o mesmo padrão de vida.

banner-preply

Estou satisfeito com minha vida aqui?

Esse é outro ponto importante que pode ajudar na decisão. Ter vontade de ficar com a ideia de que no país estrangeiro você viverá melhor, isso é indiscutível. Porém, muitas vezes, apesar do país apresentar ótimas condições para os nativos, não se pode dizer o mesmo de quem chega para estudar. Se você não se importa em concorrer no mercado com os nativos, que sempre serão os mais capacitados e escolhidos para as vagas locais, então tudo bem.

Outro fato comum é que muitos estudantes são contratados para trabalhar em empregos que, no Brasil, não aceitariam, tais como garçom, entregador de pizza, faxineira, cuidador de crianças, entre muitos outros. Em geral, quem mora num país estrangeiro muitas vezes precisa alugar apartamentos pequenos ou viver em repúblicas. Tudo vai depender do objetivo que você tem e do que ainda falta para te preencher. Se você não está satisfeito com seu estilo de vida no país, talvez você ganhasse mais retornando ao Brasil e dedicando-se à sua carreira. Quem ainda não se formou e está aprendendo outro idioma fora do Brasil também pode optar por voltar e terminar os estudos. O país sempre estará lá e, estando formado, você ganhará mais.

*Esse artigo foi patrocinado pela Preply.