Quais as maneiras de morar no exterior?

Como morar no exterior
Foto: Pixabay

Confira dicas para planejar sua mudança para o exterior.

Muitas pessoas sonham em morar no exterior, mas não sabem por onde começar. Mudar de cidade, estado, país ou continente requer coragem, determinação e a busca de um sonho. Como já falamos por aqui, nem todo mundo tem condições de bater asas e voar. É preciso muito desprendimento material e emocional. Deixar tudo para trás e começar uma nova vida em poucas malas é para quem tem muita força de vontade.





Perfil para morar fora

Algumas pessoas vão ter o perfil para morar no exterior e se dar muito bem. Já outras pessoas podem ainda não estarem preparadas para essa grande mudança de vida. O primeiro passo para planejar uma mudança de país é verificar se você tem o perfil para morar fora do seu país.

Como planejar e morar no exterior

Maneiras de morar fora

Existem diversas maneiras de morar no exterior, o segundo passo é traçar uma meta, um objetivo para determinar seu rumo. Para morar no exterior você precisa fazer um planejamento com pelo menos um ano de antecedência (ideal), preparar todos os documentos necessários para fazer o visto do país que pretende morar, juntar dinheiro (o máximo que você conseguir – vendendo suas coisas, trabalhando mais, guardando dinheiro e economizando muito).

Além disso deve determinar o motivo da sua mudança: para estudar (fazer um Intercâmbio, Estudo de línguas, Graduação, Mestrado, Doutorado ou Pós-Doutorado), trabalhar (na sua área ou um trabalho temporário como au pair ou trabalhos de verão, por exemplo), investir (abrir uma empresa, um comércio, gerar empregos no novo país, comprar uma moradia, entrar em uma sociedade, etc – visto disponível para alguns países), curtir a aposentadoria (com valores suficientes para se manter no novo país – visto disponível para alguns países) ou então simplesmente para morar – para quem tem a cidadania do país ou continente (cidadania europeia, por exemplo).

  • Visto de Estudo;
  • Visto de Trabalho;
  • Visto de Investidor;
  • Visto de Aposentado;
  • Cidadania do País (ou continente).

Cada país possui a sua regra para o requerimento do visto e as opções para o mesmo. Alguns países também exigem o domínio do idioma para solicitar um pedido de residência. Por exemplo: para conseguir morar no Canadá é preciso saber falar inglês ou francês. Ou seja, é preciso uma preparação anterior (que pode levar anos) para que você seja fluente na língua.

Veja também: 6 passos para conseguir morar no exterior

Qualificações

Uma pergunta interessante de se fazer é: você ganha bem no país de origem hoje? quais são suas qualificações, formação e experiência? Se você tem formação superior, cursos, domina outros idiomas e tem experiência, suas chances de se dar bem no exterior aumentam, mas claro, isso não é regra. Mas você deve sempre se perguntar: eu tenho perfil/capacidade/habilidades para concorrer a essa vaga aberta no exterior? Ou ainda preciso me preparar mais? Respondendo essas perguntas, você pode chegar a uma conclusão e quem sabe se preparar e se planejar mais antes de tentar uma vida em outro país.

Veja também: 10 dicas para mudar de país e morar no exterior

Trabalho no exterior

Outra dica importante para quem pretende morar no exterior, é verificar se sua profissão e área de atuação tem demanda naquele país. É uma profissão que está em alta? Tem mercado para você? Como você podia melhorar seu currículo para conseguir aquela vaga sonhada? São perguntas que você deve procurar responder, pesquisar e encontrar respostas para realizar o seu sonho. Se é possível trabalhar no exterior, sim, com certeza. Mas para isso é necessário seguir alguns caminhos, se preparar e planejar sua carreira. Lembre-se que você estará concorrendo com candidatos de todo o mundo. Não perca as esperanças, corra atrás do seu sonho e crie metas profissionais e pessoais para atingir tudo que busca na sua vida.