Morar fora: uma chance para recomeçar

Morar fora uma chance para recomecar
Foto: Reprodução Pixabay

Uma grande mudança pode ser a melhor oportunidade para reescrevermos a nossa história.

Eu imagino que já deve ter passado pela sua cabeça, assim como passou na minha, de jogar tudo para o alto e recomeçar. É o tal do “resetar” a vida, começar do zero, ter uma segunda chance, uma nova oportunidade, novos sonhos, novas possibilidades e tentar reescrever a sua história. O sentimento e a vontade de “largar tudo” é o primeiro passo, o clique inicial para que o desejo de morar fora se concretize em seguida. Aliás, convém dizer que o desejo de sumir do mapa que, por vezes, habita o nosso pensamento, é o pontapé que precisamos para começarmos a cogitar a possibilidade de irmos, muito em breve, para o mundo de peito aberto.





Se permita

Vejo com frequência pessoas matando os seus sonhos. É a vontade de voltar a estudar que é deixada de lado devido a prestação do carro, é o sonho de fazer um intercâmbio que parece morrer a cada aniversário, é a ideia de passar um tempo fora que foi adiada por conta do novo namoro. A vida é um mar de compromissos, um oceano de acontecimentos que vão fazendo com que os nossos sonhos sejam, todos os dias, deixados de lado e o pior, por motivos bestas. Se você pretende morar fora, a primeira coisa a fazer é se permitir.

Leia também — Morar fora: ou você muda ou você volta.

Sonhe mesmo, dedique um tempinho do seu dia ou da sua semana para pesquisar sobre a cidade, o estado ou o país que você pretende conhecer, passar um tempo ou até mesmo viver. O mundo é tão grande, cheio de lugares e pessoas maravilhosas, com tanta comida boa para experimentar, tanto perfume gostoso para sentir que não tem prestação de carro, idade ou relacionamento capaz de desmentir ou diminuir isso.banner-venda-livro-vazado-1

O momento ideal

O momento ideal para morar fora não existe. Se você é daquelas pessoas que fica esperando o momento exato para agir em muitas circunstâncias, já lhe antecipo que com o morar fora isso nem sempre será possível. E não é por sua culpa. É que a vida é agora, ao vivo, hoje e não permite muitos ensaios. O ineditismo da vida pode fazer com que o tal “momento ideal” NUNCA aconteça e a sua vontade de experimentar uma vida diferente seja adiada. Talvez o momento ideal seja agora, amanhã ou, quem sabe, foi ontem. Na real a gente nunca vai saber até tornar o agora, o ontem ou o amanhã o momento mais ideal de sempre.

Uma chance para recomeçarbanner-quadrado-autoor

Morar fora pode ser uma chance para recomeçar. A sua chance. Pode ser por causa daquele casamento que deu certo por um tempo, mas que acabou. Pode ser porque o curso que você sempre quis fazer está aceitando matrículas ou talvez seja porque você tanto quis, tanto sonhou e fez questão de jogar isso para o universo que agora ele resolveu lhe retribuir. Sei lá qual é, ou quais são, os seus motivos, mas morar fora é uma oportunidade que você não deve deixar passar. (ah, e esqueça esse negócio de idade, porque aqui fora tem gente de tudo que é idade, pode acreditar!)

E não deve deixar porque morar fora vai fazer você mudar, vai lhe fazer crescer, vai trazer novas pessoas, vai levar aquelas que não valem mais a pena. Morar fora vai lhe fazer valorizar quem você ama, vai lhe ensinar a desprezar quem não merece o seu amor, vai encurtar distâncias e aproximar, mas também vai distanciar o suficiente para esquecer. Se um dia você voltar, será outra pessoa. Terá, na pior das hipóteses, visto e conhecido um pouquinho do mundo, terá usufruído da oportunidade de recomeçar, terá escrito a sua história com outras palavras por um tempo ou para sempre.

E aí, quando você irá se permitir embarcar na maior e mais impressionante loucura da sua vida?!

ATENÇÃO: você sabia que os textos de Cláudio Abdo publicados aqui no site Vagas pelo Mundo viraram um livro (com textos inéditos)? — Caso você queira comprar um exemplar autografado e com uma dedicatória exclusiva do autor, envie um e-mail para: vagaspelomundo@gmail.com | Assunto: LIVRO. Nós lhe enviaremos todas as informações. Corra que os exemplares são limitados!