Você tem o perfil para morar fora?

Perfil para morar fora
Foto: Pixabay

Descubra nesse artigo!

Morar fora do nosso país de origem nem sempre é fácil. São muitas dúvidas que levamos na mala e precisamos aprender a lidar com o novo. Em um novo país tudo é diferente, a língua não é a mesma, a cultura é outra, os costumes, os documentos, a moeda, o salário, o ambiente de trabalho, tudo é novo. Mas será que todo mundo tem condições emocionais e o perfil para morar fora? Nesse artigo vamos tentar te ajudar a descobrir. Vamos lá.





  1. Motivo para ir embora

O primeiro passo para tomar a decisão de morar fora do país é saber porque você quer isso? Qual a sua motivação? Muitas vezes os motivos podem ser: começar um novo ciclo, respirar novos ares, se afastar de tudo, ficar longe de alguém, estudar, trabalhar em lugar novo. São todos motivos válidos, mas é preciso muito mais do que isso. O motivo de sair da sua nação precisa realmente ser forte e sólido, ou você terá muitas dificuldades de adaptação.

Se afastar da família, dos amigos, do nosso lar, da nossa zona de conforto é muito difícil. Fácil é sonhar, pensar e desejar algo novo, mas quando chega a hora de partir, o medo e a ansiedade nos tomam conta.

Veja também: 6 passos para conseguir morar no exterior

  1. Perfil de quem mora fora

Para morar fora é preciso coragem. Sim, muita coragem e determinação. Quem tem o perfil para se dar bem no exterior:

  • Quem já morou em outras cidades do Brasil;
  • Quem saiu da casa dos pais cedo para se virar sozinho;
  • Quem mudou de cidade para estudar e fazer faculdade;
  • Quem sabe pagar contas e lidar com documentos;
  • Quem consegue ficar mais de 10 dias longe da família;
  • Quem já viajou pelo mundo e conheceu outras culturas;
  • Quem já fez uma viagem sozinho.

Morar fora: onde os fracos não têm vez

É claro que existem excessões, e pessoas que nunca saíram da casa dos pais podem se dar bem no exterior. Entretanto, as chances são menores. Se você é muito dependente dos seus pais, avós, irmãos e sempre alguém faz algo pra você, morando fora você precisará fazer tudo sozinho. E as tarefas vão muito além das tarefas domésticas de limpar a casa, lavar roupa, ir no mercado, e fazer comida. Você precisará se virar em uma nova língua, precisará fazer o visto, pagar aluguel, abrir uma conta no banco, descobrir as leis daquele país, fazer amigos, ir no médico, e aprender a lidar com os perrengues que a vida vai nos colocando a prova.

Estudar fora: 7 dicas fundamentais para se dar bem no exterior

Além disso, é preciso estrutura emocional para lidar com tudo isso. Em um novo país teremos que nos virar, arranjar um emprego, conseguir se manter financeiramente e ainda ter força para lidar com tudo que possa acontecer e dar errado. Sim, muitas coisas darão errado, e você terá que ter muita determinação para enfrentar os desafios dessa nova vida. Assim como no seu país de origem, um novo lugar nunca será perfeito. Se você tiver segurança, pode não ter um emprego, por exemplo. Aos poucos as coisas vão se ajeitando, mas é preciso ter estrutura emocional para enfrentar os primeiros meses ou até anos. Cada um terá uma experiência, mas se você tem esse sonho, você precisar tentar e fazer de tudo para dar certo. Só depende de você.



  • Vagas pelo Mundo

    Olá Ismael!!! Muito obrigada pelo elogio! Ficamos felizes em ajudar. Abraço!!!!

  • Ismael Vieira

    Olá pessoal do blog, Eu e minha esposa estamos nos preparando para imigrar para Portugal, somos do nordeste do Brasil mas já residimos a quase 10 anos no sul do país, parte da preparação é claro a documentação, mas estamos aperfeiçoando o inglês, fazendo uma boa reserva financiera e buscando muita informação. Parabéns pelo trabalho de vocês através do blog!