Startup Visa: novo programa de visto para Portugal

Portugal anuncia novo programa de visto
Foto: Reprodução Pixabay | Arte: Vagas pelo Mundo

País europeu anunciou o novo programa de vistos para empreendedores durante o Web Summit 2017. Confira!

No dia 06 de Novembro de 2017, durante o Web Summit, o Ministério da Economia e o Ministério da Administração Interna de Portugal anunciaram um novo programa de vistos para o país europeu. A ideia do governo é atrair, através de facilidades na obtenção de vistos e autorizações, empreendedores, investidores e empresas para Portugal.





O Programa

Batizado de Startup Visa, o novo programa foi criado para atrair investidores, empresas e talentos para Portugal. De acordo com o Ministério da Economia e Ministério da Administração Interna, “este programa cria um estatuto de certificação de empresas e incubadoras para que possam acolher cidadãos de estados terceiros empreendedores e altamente qualificados”.grupo-novo-facebook

Leia também — Portugal tem mais de 100 mil vagas de emprego abertas.

O Startup Visa entra em vigor no dia 1 de Janeiro de 2018 e os empreendedores jovens que pretendam abrir uma empresa inovadora em Portugal terão o acesso facilitado e rápido a um visto de residência que permitirá criar ou até mesmo mover uma Startup para o país europeu. “Ao investir e criar emprego qualificado, podem integrar uma incubadora da rede Startup Portugal e beneficiar de todos os incentivos e apoios do Programa Startup Portugal. Este programa pretende reforçar o ecossistema de inovação e afirmar Portugal como um país aberto ao empreendedorismo e a todos que com o seu conhecimento e capacidade de inovação podem trazer investimento à economia portuguesa, capaz de reforçar e potenciar os recursos humanos qualificados nacionais”.

Saiba mais — Estudar em Portugal: guia completo.

Web Summit

O governo de Portugal fez questão de fazer o lançamento do programa Startup Visa durante a realização do Web Summit 2017. O evento, que foi criado e idealizado por Paddy Cosgrave, David Kelly e Daire Hickey, começou em 2009 e durante cinco anos aconteceu na cidade de Dublin, Irlanda. Porém, em 2016 e 2017 ele aconteceu na capital de Portugal, Lisboa, e é uma conferência de tecnologia onde empreendedores discutem o futuro.

“O lançamento na Web Summit é um convite direto aos 60 mil empreendedores e aos milhares de investidores presentes em Lisboa, de que o país está aberto a todos os que queiram investir, inovar e trabalhar em Portugal”.

Veja também — Imobiliárias em Portugal.

Requisitos e Critérios

Ainda de acordo com o Governo de Portugal, “os empreendedores internacionais que queiram ter acesso ao Startup Visa e obter uma autorização de residência e trabalho deverão demonstrar que:

  • Querem desenvolver atividades empresariais de produção de bens e serviços inovadores;
  • Vão abrir ou deslocalizar empresas e/ou projetos centrados em tecnologia e em conhecimento, com perspetiva de desenvolvimento de produtos inovadores;
  • Gozam de potencial para criação de emprego qualificado;
  • Detêm potencial para atingir, 3 anos após o período de incubação um valor de 325.000€, ou um volume de negócios superior a 500.000 €/ano.
  • A avaliação do potencial económico e inovador é efetuada com base em critérios, tendo por base o grau de inovação, a escalabilidade do negócio e potencial de mercado, a capacidade da equipa de gestão, o potencial de criação de emprego qualificado em Portugal e a relevância do requerente na equipa.”

banner-facebook-newsletter

Link com o Documento

Caso você se enquadre e pretenda investir em Portugal, é possível acessar o documento oficial publicado pelo governo português.