Saiba qual o princípio que rege a carreira da presidente da Microsoft

CEO da Microsoft conta o principio que rege a sua carreira
Foto: Mdemulher

Paula Bellizia conta o que guia sua carreira e porque alcançou a liderança de uma das principais empresas do mundo.

A CEO da Microsoft, Paula Bellizia, já atuou na Apple, no Facebook e na Whirlpool. Ela não gosta de afirmar que é sua carreira é um exemplo para os mais jovens, mas acredita que a sua história e trajetória são capazes de ajudar a trazer inspiração para quem está começando agora no mercado de trabalho.





6º Sentido

Paula sempre acreditou em suas intuições, nunca deixou de seguir seus desejos e jamais se esqueceu de duas ambições. Para ela, as pessoas precisam ter em suas mãos os rumos da sua história, segurar as rédeas de maneira firme e, assim, serão capazes de alcançar o sucesso. Em palestra recente, a CEO da Microsoft disse que quando trabalhava em outra multinacional foi provocada e lhe disseram que ela jamais seria capaz de sair do mercado de bens duráveis para o mercado de bens de consumo.

Irritada, Paula começou naquele mesmo dia a traçar um plano que fosse capaz de oportunizar exatamente o oposto do que lhe disseram. Ela conta que conseguiu realizar o impossível, que a provocação serviu de estímulo e em 2002 ela foi contratada pela Microsoft e em mais de 10 anos de carreira na empresa foi promovida e já recebeu até um prêmio de Bill Gates, fundador da companhia.

Escolhas

A executiva conta que é preciso trazer a responsabilidade das escolhas para si e que, em muitos momentos, decisões difíceis precisarão ser tomadas. Depois de curta-fanpagemais de uma década comandando a empresa de Bill Gates no Brasil, Paula Bellizia resolveu se demitir. Ela foi convidada para atuar na empresa no exterior e preferiu não ir, como resultado pediu demissão.

Paula afirma que por ser mãe e casada, não acha que trabalho é tudo. Ela ainda diz que foi uma das decisões mais difíceis da sua carreira.

O Mundo dá Voltas

Quando deixou a Microsoft em 2013, Paula foi trabalhar no Facebook. Depois de um ano na empresa de Mark Zuckerberg, foi a vez da Apple convidar a executiva para ser presidente no Brasil. Na empresa do saudoso Steve Jobs ela ficou no comandou até julho de 2015, quando foi novamente contratada pela Microsoft.

Paixão que Motiva

Paula é uma mulher de garra, competência extrema e com coragem para assumir seus erros e acertos. Para ela, o mundo corporativo precisa de líderes apaixonados que realizem o papel de liderança não só com a cabeça, mas com o coração. Além de boa formação, para a executiva o prazer e a vocação são extremamente importantes. Ainda de acordo com Paula Bellizia, em dado momento da carreira há um nivelamento técnico de todos e o diferencial será exatamente a felicidade, a paixão e a energia.

Fonte: Exame.com

Vagas pelo mundo

eBay está com vagas abertas em diversos países do mundo. Saiba como se candidatar

As áreas de atuação com mais vagas na França. Leia a notícia completa

Vagas em Genebra: cidade da Suíça tem altos salários e oportunidades. Saiba mais