Salário nos Estados Unidos, descubra as profissões mais bem pagas

Salario nos Estados Unidos
Foto: Pixabay

Quando decidimos qual caminho profissional seguir precisamos levar em consideração vários aspectos. Afinidades, habilidades, mercado de trabalho, vocação, entre tantos outros que cada um considera mais ou menos importantes. Há quem diga que iniciar um curso de graduação muito cedo pode ser precipitado e que o melhor mesmo é viver as experiências na prática para depois decidir finalmente.

Especialistas afirmam ainda que, as previsões para as próximas décadas mostram que teremos cada vez mais carreiras em diferentes áreas ao longo da vida. Tudo isso é importante, mas não adianta negar, há carreiras que fascinam pelo fato de serem muito bem remuneradas.

Quando falamos em Estados Unidos então, uma das economias mais fortes do mundo, essas carreiras podem ter salários bem mais altos do que a média mundial. Será que a sua profissão está entre as que pagam os melhores rendimentos em termo de salário nos Estados Unidos?





Salário nos Estados Unidos

Listamos as dez profissões com o maior salário nos Estados Unidos, a fonte foi uma pesquisa publicada pelo site GlassDoor, um dos principais portais de emprego e recrutamento do planeta. O levantamento analisou relatórios salariais apresentados por funcionários, a média do salário base anual, o número de vagas disponíveis, e as listagens de emprego ativas a partir de julho de 2018.

Os setores da saúde e tecnologia foram os mais bem cotados quando o assunto é salário nos Estados Unidos. Embora as remunerações aqui sejam a premissa da lista, também é preciso ter o cuidado de analisar a oferta de emprego em cada uma delas. Enfermeiros, por exemplo, mesmo com salários mais inferiores, conseguem encontrar vagas com maior facilidade do quem atua na área de consultoria corporativa.

Conheça as 30 empresas que mais patrocinam visto de trabalho para os Estados Unidos.

Confira as dez profissões e o melhor salário nos Estados Unidos em cada uma delas:

  • Médico – Média anual: US$ 195.842 – Oferta de emprego: 3.038 vagas
  • Gerente de farmácia – Média anual: US$ 146.412 – Oferta de emprego: 2.009 vagas
  • Farmacêutico – Média anual: US$ 127.120 – Oferta de emprego: 2.534 vagas
  • Arquiteto corporativo – Média anual: US$ 115.944 – Oferta de emprego: 1.097 vagas
  • Conselheiro corporativo – Média anual: US$ 115.580 – Oferta de emprego: 693 vagas
  • Gerente de desenvolvimento de software – Média anual: US$ 108.879 – Oferta de emprego: 1.064 vagas
  • Assistente médico – Média anual: US$ 108.761 – Oferta de emprego: 8.616 vagas
  • Gerente de engenharia de software – Média anual: US$ 107.479 – Oferta de emprego: 1.105 vagas
  • Enfermeiro – Média anual: US$ 106.962 – Oferta de emprego: 14.931 vagas
  • Arquiteto de Software – Média anual: US$ 105.329 – Oferta de emprego: 1.130 vagas

Conheça as profissões para brasileiros que estão em alta nos Estados Unidos

Qual a média do salário nos Estados Unidos?

Diferente dos brasileiros, que culturalmente calculam os salários baseados nas médias mensais, o norte americano calcula a remuneração tendo em base a média anual. Nos Estados Unidos, a média de renda de uma família de quatro pessoas é de US$ 91 mil por ano (cerca de R$ 351 mil reais por ano).

Trabalhar nos Estados Unidos pode ser muito lucrativo, especialmente quando o profissional tem diploma e experiência necessária para ocupar cargos de alto padrão e com altas qualificações. Ter o inglês falado e escrito fluentes é requisito fundamental para estas ocupações.

grupo-novo-facebook

O visto também é um ingrediente essencial para o profissional que busca estar bem colocado no mercado de trabalho norte americano. No entanto, ter um visto de trabalho antes de chegar lá não é de todo fundamental. O profissional pode ter um visto de estudante, por exemplo, ou outro que o permita residir no país, para buscar vagas de trabalho por lá.

Morar nos Estados Unidos: tipos de vistos para residir no país norte-americano.

Salário nos Estados Unidos por cidade

Agora que já sabemos quais as profissões que melhor pagam, como vamos escolher o endereço para colocar no currículo? Afinal, quem busca oportunidades de trabalho precisa antes de tudo saber onde elas estão, concorda? Quando citamos Estados Unidos e tecnologia na mesma frase logo o cérebro associa com o Vale do Silício, mas saiba que não é só na terra da Apple e da Google que estão as maiores cifras quando o a assunto é salário nos Estados Unidos.

Na lista de mercados de trabalho mais tops de 2018, as duas primeiras colocadas são da Califórnia, mas São Francisco onde estão as gigantes tecnológicas, ficou em 13º lugar no ranking da Zippia, plataforma de dicas de carreira e busca de emprego.

Conheça os tipos de vistos de investimento para viver nos Estados Unidos.

O portal analisou 386 áreas metropolitanas em três categorias, variação de salário, variação de índice de desemprego e o índice de desemprego atual, usando dados do Serviço de Estatísticas do Trabalho dos Estados Unidos.

  • San Jose-Sunnyvale, Califórnia – Índice de desemprego: 2,4% / Média anual: US$ 78.990
  • San Luis Obispo, Califórnia – Índice de desemprego: 2,6% / Média anual: US$ 48.740
  • Odessa, Texas – Índice de desemprego: 2,8% / Média anual: US$ 47.160
  • Midland, Texas – Índice de desemprego: 2,1% / Média anual: US$ 53.190
  • Charleston, Carolina do Sul – Índice de desemprego: 2,3% / Média anual: US$ 44.500
  • Blacksburg-Radford, Virginia – Índice de desemprego: 2,9% / Média anual: US$ 42.960
  • Florence, Carolina do Sul – Índice de desemprego: 3,2% / Média anual: US$ 41.010
  • Ann Arbor, Michigan – Índice de desemprego: 2,8% / Média anual: US$ 56.160
  • Waterloo-Cedar Falls, Iowa – Índice de desemprego: 2,7% / Média anual: US$ 41.450
  • Roanoke, Virginia – Índice de desemprego: 2,9% / Média anual: US$ 43.650
  • Columbia, Carolina do Sul – Índice de desemprego: 2,7% / Média anual: US$ 43.220
  • Tuscaloosa, Alabama – Índice de desemprego: 3,2% / Média anual: US$ 41.120
  • São Francisco, Califórnia – Índice de desemprego: 2.4% / Média anual: US$ 76.160
  • Cleveland, Tennessee – Índice de desemprego: 3% / Média anual: US$ 37.740
  • Springfield, Illinois – Índice de desemprego: 3,2% / Média anual: US$ 49.430

Quer mais uma mãozinha para encontrar a vaga que você procura? Nós ajudamos. Aqui mesmo no Vagas pelo Mundo você encontra diariamente empresas com oportunidades de trabalho com as mais diferentes áreas e vagas. Mas você também pode pesquisar nos principais sites e portais de emprego dos Estados Unidos. Mas lembre-se, antes de procurar tenha pronto um bom e bem construído currículo, isso é fundamental. Seguem os links: LinkedIn, GlassDoor, Monster, SimplyHired, Indeed, Jobing.com, CareerBuilder e Dice.

Veja também como fazer o currículo americano.

Agora que você já sabe quais as profissões que melhor remuneram nos Estados Unidos, as cidades onde tem mais chance de se dar bem para ocupar uma vaga, e até os principais sites de emprego dos Estados Unidos, mergulhe na sua própria pesquisa, estude, leia e se informe o máximo que puder para poder ser vencedor em todos os aspectos da profissão que você escolheu. Nós aqui do Vagas pelo Mundo estaremos sempre torcendo pelo seu sucesso, na profissão e na vida.

Veja também as dezenas de vagas na Siemens para quem fala português, há oportunidades de emprego nos Estados Unidos.

*Se você precisa enviar ou receber dinheiro no exterior, nós recomendamos o site Remessa Online. Acesse o site e ganhe 10% de desconto em todas as suas transações utilizando o VOUCHER Remessa Online: vagaspelomundo.



Liliane Machado

Liliane Machado é jornalista, brasileira, mora em Portugal e faz Mestrado em Ciências da Comunicação na Universidade do Minho. Já morou na Itália, ama contar histórias e uma boa conversa, seja com pessoas ou animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *