Nômade digital: como se tornar um, ganhar dinheiro e viajar o mundo

Nomade digital
Foto: Matheus de Souza

Confira uma entrevista exclusiva com um nômade digital brasileiro.

Viajar de férias já é bom, agora imagina trabalhar e viajar o mundo? Pois é, esse sonho tem se tornado realidade para muitos profissionais tem um nome: nômade digital. Confira a entrevista exclusiva que o site Vagas pelo Mundo fez com Matheus de Souza, que está muito famoso nessa área e vai lançar um livro sobre nomadismo digital no mês de julho.





Nômade digital: o novo estilo de vida

O cara que largou tudo e saiu viajar o mundo. Tem muita gente que pensa isso do Matheus de Souza, referência no LinkedIn e inspiração para muitos brasileiros que quer se tornar nômade digital.

Sua história é bem mais do que isso né Matheus? Você faz questão de deixar claro, quando escreve sobre este assunto, que a sua trajetória não foi mamão com açúcar. O que dizer para quem quer seguir teu exemplo e se tornar nômade digital?

Muita gente tem um certo fetichismo com esse negócio de viajar o mundo e trabalhar ao mesmo tempo. Porém, poucos, de fato, estão dispostos a pagar o preço. Durante dois anos conciliei um emprego de carteira assinada com a produção de conteúdos no meu blog pessoal e no LinkedIn para que eu fosse visto como autoridade na minha área.

Assim que construí uma audiência e os primeiros freelas apareceram, me senti seguro para me demitir. Meu conselho para quem ser nômade digital é: independente da sua área e do que você faça, se esse é seu sonho, tenha consistência e não desanime – essa transição pode ser demorada e dolorosa, mas recompensadora.

Trabalho em casa: como encontrar uma profissão home office.

Uma daquelas perguntas clichê, mas que todo mundo quer saber: quanto tempo demorou para você ganhar dinheiro sendo nômade digital?

Nômade digital, na verdade, não é uma profissão – é um estilo de vida e trabalho. Quando me demiti para trabalhar de forma remota como freelancer em marketing de conteúdo eu já tinha alguns clientes fixos. Após 9 meses trabalhando de casa e conquistando novos clientes que caí no mundo e comecei a viajar.

View this post on Instagram

Foto do meu lugar favorito de Paris, o sétimo andar do número 128 da Rue Ordener, em Montmartre, para dizer que meu primeiro livro nem foi lançado ainda (sai mês que vem), mas já estou escrevendo o segundo. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Será uma coletânea de crônicas de viagens. Algumas vocês já leram no Medium, mas 90% do conteúdo será inédito. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Uma virada de chave na minha carreira de escritor.⠀ #paris #frança #france #europe #europa #crônicas #nomadedigital #nomade #nomadesdigitais #nomades #nômadedigital #nômadesdigitais #nômade #nômades #digitalnomad #digitalnomads #nomad #nomads #travel #viagem #viajarfazbem #befreela #escritor #escritores #writer #writers

A post shared by Matheus de Souza (@matheusdesouzacom) on

Inclusive toda essa experiência deu à você embasamento suficiente para dividir com as pessoas o seu conhecimento em cursos online e eventos para os quais é chamado. Como funcionam teus cursos? A linguagem é específica para algum público?

No momento eu ofereço dois cursos online:

  • Marketing Pessoal e Produção de Conteúdo no LinkedIn;
  • Redação e Escrita Criativa.

Em ambos os cursos os alunos podem assistir quando, como e onde quiserem, já que o acesso aos materiais é vitalício. Todas as informações estão no site Matheus de Souza.

Você chegou em uma fase em que é procurado pelos clientes, mas quem ainda não chegou lá, que dicas você dá para quem ainda está trilhando esse caminho? A persistência é a palavra chave?

Persistência é a base, mas ela não faz mágica. A dica para todo e qualquer freelancer é investir em marketing de conteúdo. Assim você será visto como referência na sua área.

Conheça os 10 melhores países para imigrar e juntar dinheiro.

E quem está prestes a encarar o chefe e dizer: “Pra mim deu, fui…” o que essa pessoa já deve ter feito para depois não se arrepender da frase? Que tipo de planejamento?

Não existe isso de “largar tudo e viajar o mundo”. É bobagem. Minha dica é poupar 6 meses do seu salário atual e só aí pedir as contas.

Nômade pelo mundo: conheça a brasileira que viajou por 33 países e tem o mundo como casa.

Seu primeiro livro será lançado em junho. O que os leitores podem esperar dele? Qual o formato?

Ele estará em pré-venda na metade de junho, mas lançamento oficial será apenas em julho. O livro é uma investigação sobre nomadismo digital – uma espécie de guia para que as pessoas possam trabalhar como e onde quiser. Estará disponível nos formatos físico e digital.

livro morar fora claudio abdo

Um nômade digital:

  • O que come? Recentemente me tornei vegetariano, então basicamente me alimento de verduras e massa.
  • Onde dorme? Airbnb.
  • Como viaja? Avião.
  • O que compra? Experiências.
  • Como lida com a saudade? Isso nunca foi problema pra mim. Com a tecnologia que temos hoje é como se eu carregasse minha família e amigos no bolso.
  • Como recebe o pagamento? Banco do Brasil -> TransferWise -> N26.

Agora aquele joguinho maroto do ping-pong:

  • Lugar: Roma, Itália.
  • Momento: A chegada em um novo país.
  • Lazer: Pubs.
  • Luxo: MacBook.
  • Desnecessário: Escritório.
  • Cheiro: De pipoca.
  • Filme ou série: Into the Wild.
  • Rede social: LinkedIn.
  • Melhor companheiro de trabalho: chá, café ou energético? Café.

*Matheus de Souza é escritor que vive pelo mundo e conta histórias. Já produziu conteúdos para marcas como Google, Nubank, Wise Up, PepsiCo, Caixa, Tudo Orna, Hotmart, Superlógica, entre outras. Além disso, contribui, como colunista, em portais como HuffPost, Transformação Digital e Rock Content. Em 2016, o LinkedIn o elegeu como o terceiro brasileiro mais influente da rede em sua lista de Top Voices. Instagram: @matheusdesouzacom

Leia também: trabalhar no exterior, os países que mais recebem brasileiros.

**Vouchers e descontos:

*Para obter descontos de até € 41,00 euros na sua hospedagem pelo Airbnb, acesse o voucher de desconto.

*Para fazer transferências internacionais de dinheiro, o Vagas pelo Mundo recomenda o site Remessa Online. Acesse o site e ganhe 10% de desconto em todas as suas transações utilizando o VOUCHER Remessa Online: vagaspelomundo.

*Para reservar hotéis com desconto, acesse o site Booking e pesquise as melhores opções de hospedagem.

*Se você vai viajar e precisa alugar um carro, nós recomendamos o site Rentalcars, ele compara os preços de diversas locadoras e você consegue economizar bastante.


Liliane Machado

Liliane Machado é jornalista, brasileira, mora em Portugal e faz Mestrado em Ciências da Comunicação na Universidade do Minho. Já morou na Itália, ama contar histórias e uma boa conversa, seja com pessoas ou animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *