Melhores países para trabalhar na Europa

trabalhar na Europa
Foto: Jornal Contábil.

Acima de tudo, se você está planejando uma mudança de vida e busca uma carreira internacional, conheça os melhores países para trabalhar na Europa, os com os melhores salários e melhores condições de trabalho. Do mesmo modo, veja a seguir a lista que o site Vagas pelo Mundo preparou.


Melhores países para trabalhar na Europa

Dessa maneira, conheça os melhores países para trabalhar na Europa, os salários de cada um e dicas para conseguir uma vaga.

Luxemburgo

Apesar de Luxemburgo ser um pequeno país europeu, nele você conta com um dos maiores salários mínimos do mundo e o mais elevado da União Europeia. Dessa maneira, o salário mínimo no país é de € 2.141,99 euros.

Esse valor é pago para pessoas não qualificadas, contudo para os profissionais com formação superior e qualificação ganham no mínimo € 2.570,39 euros por mês. 

Desse modo, a principal cidade para trabalhar é a capital Luxemburgo. Entretanto, o país tem uma população de 613 mil habitantes e os idiomas falados são o alemão, francês e luxemburguês. Contudo, grande parte da população fala também o inglês nas empresas multinacionais

Além disso, outra vantagem de trabalhar em Luxemburgo é sua localização. Pois, como o país está no coração da Europa, fazendo fronteira com a Alemanha, França e Bélgica. 

Ademais, Luxemburgo também faz parte da zona do euro, é membro do Espaço Schengen e oferece boas oportunidades de trabalho.

Confira os principais setores da economia em Luxemburgo:

  • Atividades financeiras e de seguros;
  • Comércio;
  • Transportes;
  • Serviços de hospedagem e restaurantes.

Trabalhar no exterior: descubra onde os brasileiros são mais valorizados.

Suíça

Foto: Payslip

A Suíça é um dos países mais procurados pelos europeus para imigrar e morar no exterior. Contudo, muitos brasileiros também escolhem o país europeu para trabalhar.

Com altos salários, a Suíça não tem um salário mínimo nacional estipulado por lei. Mas muitos cantões (estados), determinaram que o valor mínimo a ser pago é CHF 22,61 francos suíços por hora (cerca de CHF 3.617,6 francos suíços por mês, equivalente a € 3.356,00 euros por mês).

A moeda local é o franco suíço e o país faz parte do Espaço Schengen europeu, mas não da União Europeia. Dessa maneira, um bom salário na Suíça é considerado acima dos CHF 6.000 francos suíços por mês. As cidades mais caras para morar na Suíça são Genebra e Zurique, por isso, o ideal é morar nas cidades do entorno. 

O país europeu tem 8 milhões de habitantes e as principais cidades para trabalhar na Suíça são Zurique, Genebra e Berna. Todavia, a Suíça é um dos países mais desenvolvidos do mundo e está frequentemente na lista dos melhores países para trabalhar na Europa. 

Morar na Suíça: as melhores cidades e opções de visto.

Holanda – Países Baixos

A Holanda é melhores países para trabalhar na Europa e não é por menos. Desse modo, é possível trabalhar na Holanda falando apenas inglês, pois o mercado de trabalho é muito bom e aberto ao multiculturalismo. 

É um país bastante atraente para morar, trabalhar e ganhar bons salários. Além disso, a moeda é o euro, faz parte do Espaço Schengen e o salário mínimo é de € 1.653,60 euros por mês para profissionais acima dos 21 anos. 

Como fazer o visto para morar na Holanda.

Bélgica

A Bélgica é um país com muitas oportunidades de trabalho se você domina outros idiomas. Dessa maneira, o salário mínimo na Bélgica é € 1.593,81 por mês (sendo € 19.126 euros por ano). Entretanto, as profissões mais qualificadas chegam em média € 3.500,00 por mês. 

O país faz parte da zona do euro, do Espaço Schengen e é a sede da Comissão Europeia (União Europeia).

Bruxelas é a principal cidade e a capital do país, mas há outras opções de cidades para morar na Bélgica, como Antuérpia, Gante e Bruges. 

Alemanha

A Alemanha é a maior potência da Europa e com o maior PIB europeu. Contudo, o país possui 83 milhões de habitantes e onde ficam as principais indústrias e empresas do continente. Além disso, o salário mínimo na Alemanha é de € 1.557,00 euros por mês. 

As melhores cidades para trabalhar na Alemanha são Berlim, Munique, Hamburgo, Frankfurt, Stuttgart, Colônia e Düsseldorf. 

Visto para procurar emprego na Alemanha, saiba como funciona.

Inglaterra

A Inglaterra é um dos melhores países para trabalhar na Europa e um dos mais ricos. Além disso, é um país muito importante da Europa, com muitas indústrias e tem Londres como um dos principais centros financeiros do mundo. 

O salário mínimo na Inglaterra é de £ 8,72 libras por hora (cerca de £ 1.395,20 libras por mês). Em janeiro de 2020, o país deixou a União Europeia, portanto é necessário um visto de trabalho tanto para profissionais europeus, como brasileiros (como já era antes do Brexit). 

As melhores cidades para trabalhar na Inglaterra são Londres, Leeds, Birmingham e Manchester. 

Conheça as melhores cidades para morar na Inglaterra.

França

Com um salário mínimo de € 1.521,22, a França também entra na lista dos melhores países para trabalhar na Europa. Desse modo, Paris é a principal cidade e capital do país e onde está localizada a maioria das oportunidades de trabalho. 

Sendo assim, a França possui o euro como moeda, está localizada no Espaço Schengen e faz parte da União Europeia. Além disso, é o país mais visitado do mundo, com mais de 82 milhões de turistas estrangeiros por ano. 

O país é também uma das cinco maiores economias do mundo e a segunda maior da Europa. Nesse sentido, entre os principais setores da economia na França estão as estradas de ferro, aviões, usinas nucleares, eletricidade, telecomunicações, além de possuir a segunda maior fabricante de carros da Europa (Grupo PSA – Peugeot).

Na área financeira e de seguros, as principais empresas para trabalhar na França são a AXA, BNP Paribas e Crédit Agricole. 

Visto de trabalho na França: saiba como fazer.

Irlanda

Apesar de a Irlanda ser um país pequeno em termos de população (4,9 milhões habitantes) é uma boa opção de lugar para trabalhar na Europa. Várias empresas de tecnologia mundiais possuem filiais em Dublin. 

Os profissionais da área de TI que falam inglês fluente e possuem experiência podem se candidatar. 

O salário mínimo na Irlanda é de € 10,10 a hora trabalhada (cerca de € 1.616,00 por mês). 

A Irlanda tem como moeda o euro, faz parte da União Europeia, mas não está dentro do Espaço Schengen, para livre circulação na Europa. 

Vagas na Irlanda: multinacionais estão recrutando profissionais.

Como conseguir trabalhar na Europa

Para trabalhar na Europa você precisa encontrar as vagas de emprego na sua área de atuação, preparar um bom currículo na língua para o qual se candidata e manter sempre atualizado seu perfil no LinkedIn em inglês, alemão, francês ou no idioma que deseja trabalhar. 

É muito importante que você tenha um nível pelo menos intermediário do idioma para que possa aplicar para as vagas.  Faça um intensivo de línguas, assista filmes e séries sem legenda, ouça música no idioma e pratique diariamente. 

Se você possui cidadania europeia, deve colocar essa informação no seu curriculum vitae. Se não tiver, saiba que precisará de um visto de trabalho, após ser selecionado para a vaga. 

Fique de olho nas oportunidades de trabalho na Europa, siga as empresas que deseja trabalhar pelo LinkedIn, acompanhe os site de recrutamento de cada multinacional e veja diariamente novas vagas de emprego publicadas aqui no site Vagas pelo Mundo

livro morar fora claudio abdo

*Descontos Vagas pelo Mundo:

Ganhe descontos de até € 41,00 euros na sua hospedagem pelo Airbnb, acesse o nosso voucher de desconto (válido para todos os países do mundo).

Reserve um seguro de viagem com desconto, acesse o nosso cupom de desconto do Seguros Promo, você pode comparar seguradoras e escolher a melhor cobertura.

Pesquise passagens aéreas com preços promocionais pelo site Passagens Promo e economize mais de 35% para viajar pelo Brasil ou para o exterior.

Compre um chip internacional de celular antes mesmo de sair no Brasil. Acesse o site America Chip, ganhe 5% de desconto com o voucher: vagaspelomundo e receba seu chip em casa.

Reserve hotéis com desconto através do site Booking e pesquise as melhores opções de hospedagem.

Se você vai viajar e precisa alugar um carro, nós recomendamos o site Rentalcars, ele compara os preços de diversas locadoras e você consegue economizar bastante.

Amanda Corrêa

Amanda Corrêa é jornalista brasileira e mora no exterior há 6 anos. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Morou na Inglaterra e atualmente reside em Portugal. Atua há 15 anos na área de Jornalismo, produção de conteúdos, mídias sociais. Com seus textos, ajuda brasileiros e estrangeiros a morarem fora do país e realizarem seus sonhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *