Como é trabalhar com comércio exterior na China

comercio exterior na China
Foto: Arquivo pessoal (Xangai, China).

Saiba como é trabalhar com comércio exterior na China. Confira uma entrevista exclusiva com uma brasileira que mora há 8 anos no país asiático.

Morar na China parece tão distante, que muitas vezes o país asiático nem entra na lista dos países para morar fora. Porém, a área de comércio exterior na China é bastante forte e em constante crescimento. A brasileira Thaiana Di Domenico, de 32 anos, mora na China há quase 8 anos e deu uma entrevista exclusiva para o site Vagas pelo Mundo. 

A gaúcha é formada em Relações Internacionais e Tecnóloga em Comércio Exterior, com pós-graduação em Gestão e Tutoria. Thaiana contou como é trabalhar com comércio exterior na China e deu dicas para quem pretende imigrar para Ásia. Confira a seguir.


Como é trabalhar com comércio exterior na China

Confira a entrevista com a profissional de comércio exterior Thaiana Di Domenico:

1) Como surgiu a ideia/vontade/oportunidade de morar na China?

Sempre tive em mente que depois de formada gostaria de trabalhar no exterior. Mas a pergunta era: “ONDE e COMO?” Muitas vezes pensei em Europa, Canadá, Austrália… mas o olho não brilhava.

Em 2010 o MADE IN CHINA me chamou atenção, “– Por que tudo vem da China?”. Então comecei a prestar atenção na China e decidi que pós-formada imigraria para Ásia. Afinal, se tudo é feito na China é pra lá que eu vou! Eu não tinha ideia por onde começar, mas tinha claro em mente que em 2013 (depois de formada em Relações InternacionaisI) viria de qualquer forma.

Em 2012, fui à Inglaterra fazer um curso de um mês de inglês, onde conheci um guri de Passo Fundo e me fez a pergunta mais importante da minha carreira: “Quais os teus planos para o futuro?” Eu respondi: “vou para China”… e aqui estou! Ele me apresentou um amigo que tinha uma companhia de sapatos em Dongguan e me deu a oportunidade de começar um estágio. Ao menos era um começo, assim tudo foi se ajeitando no decorrer do ano e com um ano na China iniciei no Comex.

trade na China
Foto: Arquivo Pessoal.

2) Há quanto tempo você mora aí?

Desde Julho/2013, quase 8 anos na mesma cidade.

3) Como é trabalhar como brasileira/mulher na área de comércio exterior na China?

Ótimo! Não vejo diferença por ser mulher, inclusive a maioria das pessoas de trade que conheço são mulheres.

4) É importante dominar o mandarim ou o inglês o é suficiente?

Mandarim não precisa, mas Inglês é essencial (nível intermediário é suficiente).

Trabalhar na China
Foto: China (Arquivo pessoal).

5) Como você se sente como estrangeira na China?

Muito bem, eles nos tratam como “Reis/Deuses”, como se o estrangeiro fosse alguém superior.

Veja também 5 dicas para morar no exterior.

6) Quais são as melhores cidades para trabalhar na China com comércio internacional?

Deve-se levar em conta o tipo de produto, caso a trade seja focada em algum segmento sugiro pesquisar o POLO (exemplo: em Dongguan o foco é calçado). Se for trade em geral (como a que trabalho), não tem necessidade de ser algum lugar específico.

Cidades chinesas mais conhecidas com trades:

  • Shenzhen,
  • Guangzhou,
  • Dongguan,
  • Yiwu,
  • Shanghai (Xangai),
  • Bejing (Pequim),
  • Hangzhou,
  • Qingdao.

7) É possível ganhar bons salários na China? Quais os benefícios que as empresas dão para estrangeiros?

Sim, é possível ganhar ótimos salários. O salário que se ganha dá pra viver muito bem. Os benefícios tem mudado muito, desde que cheguei aqui até agora. Eles estão mais exigentes. Entretanto, os benefícios padrões são:

  • Passagens aéreas para país de origem;
  • Férias de 30 dias + 10 dias em outubro + Feriados;
  • Visto de trabalho;
  • Seguro de Saúde (dependendo do contrato de trabalho).

8) Quantas vezes por ano você viaja ao Brasil?

Viajo para o Brasil uma vez por ano, tenho 30 dias de férias, geralmente no ano novo chinês (calendário Lunar).

trabalhar com comercio exterior na China
Foto: China (arquivo pessoal).

9) É fácil e barato viajar dentro da Ásia? Quantos países você já conhece?

Considero a China um dos países mais caros para se viajar aqui na Ásia. Exceto Japão e Coreia do Sul/Norte que são tão caros quanto a China, todos os demais são baratíssimos. Conheço ao todo 38 países.

10) Quais dicas você daria para quem pretende imigrar para China/Hong Kong e trabalhar com o comércio internacional? O visto é difícil? Precisa renovar com qual periodicidade?

China e Hong Kong são totalmente diferentes. Consideramos Hong Kong outro país em todos os aspectos. Minha dica para quem quer imigrar para China:

Muitas pessoas, assim como eu, começam a trabalhar em outra área antes de começar diretamente no Comex. Por isso, caso não encontre a oportunidade que deseja para imigrar procure outros ramos. Quero dizer que, uma vez aqui dentro é mais fácil para conseguir oportunidades na área desejada.

Visto de trabalho: O visto de trabalho na China é bem tranquilo. A empresa que cuida de tudo. O documento requerido é diploma Bacharelado. O visto dura um ano e também quem cuida de tudo é a empresa.

Morar em Hong Kong: uma das cidades mais desejadas para ter uma carreira internacional.

11) Como é viver na China?

Temos segurança física e material, comodidade pelos clicks de tudo na mão, oportunidades de viajar… Mas, vamos lá, nem tudo são flores… viver na China é intenso e poucos aguentam por muito tempo.

Apesar de TODAS as facilidades (Dinheiro, emprego bom, facilidades chinesas) a vida aqui muitas vezes é sufocante. Consideramos viajar como nossa anestesia para sair daqui de dentro e poder respirar.

Cultura é muito diferente… tem que estar com a mente bem aberta e nariz ‘cancelado’ rsrs. Literalmente estamos do outro lado do mundo e às vezes a saudade de casa passa quando lembramos da distância.

Muitos dizem que a China é para loucos, eu diria que é para os fortes. A China te ensina muito em todos aspectos da tua vida, uma vez aqui dentro você nunca mais será o mesmo. Você aprende a ser forte ou o dragão não te da chances.

Outros pontos importantes sobre morar na China: 

A China é um país extremamente SEGURO (sem roubos, sem drogas, etc).

  • Os aplicativos mais usados no país:
  • WECHAT (WhastApp poucos conhecem);
  • DIDI (o Uber não é permitido);
  • QQ Music (Spotify não funciona);
  • Instagram, Google, Facebook, WhatsApp são bloqueados, por isso precisamos usar VPN;
  • Meituan, aplicativo de comida que quase todos estabelecimentos entregam;
  • TAOBAO: usamos a seguinte frase “se não tem no TAOBAO, não existe! Compramos tudo nesse site e chega em um a três dias no máximo. É é incrível a rapidez do correio (sem falar que é super barato);
  • Wechat e Alipay são os aplicativos usados para tudo: pagamentos, colocar saldo no celular, comprar ingressos para cinema, etc;
  • Dificilmente se usa dinheiro em papel, tudo feito é por aplicativo do celular;
  • Brincamos também que se não queremos sair de casa, não precisa. Tudo vem até você e rápido! Basta ter celular e dinheiro.

Leia também a entrevista como é morar na China?

Amanda Corrêa

Amanda Corrêa é uma jornalista brasileira que mora no exterior há 7 anos. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Morou na Inglaterra e atualmente reside em Portugal. Atua na área de Jornalismo, produção de conteúdos e mídias sociais. Com seu trabalho, ajuda brasileiros e estrangeiros a morarem fora do país e realizarem seus sonhos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *