Viajar da Europa para os EUA: taxa de autorização de viagem 70% mais cara

viajar da Europa para os EUA
Foto: Mihai Andritoiu (Pixels) – Manhattan, EUA.

Viajar da Europa para os EUA vai ficar mais caro para cidadãos de 40 países, pois os Estados Unidos vão cobrar mais para emissão da ESTA. Saiba mais!

Os Estados Unidos decidiu aumentar o valor da taxa de viagem para os europeus. Os cidadãos europeus dos 26 países que compõem o Espaço Schengen mais a Croácia, Irlanda e Reino Unido, vão ter que pagar mais pela ESTA (Electronic System for Travel Authorization). O aumento será de 70% na taxa de promoção de viagens ao solicitar uma permissão de entrada através do sistema e o reajuste vai fazer a taxa passar de US$ 10 para US$ 17 dólares.


Viajar da Europa para os EUA

De acordo com o portal da Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos (U.S. Customs and Border Protection – CBP), a taxa para viajantes que pretendem viajar para os Estados Unidos com um Sistema Eletrônico de Autorização de Viagem (ESTA) aprovado aumentou de US$ 14 para US$ 21.

O aumento é resultado da aprovação da Lei Orçamentária Bipartidária de 2018 (PL 115-123), que estendeu a taxa ESTA para 2027, e da Lei de Dotações Consolidadas Adicionais de 2020 (PL 116-94), a taxa de promoção de viagens ESTA foi aumentada de US$ 10 para US$ 17, além de uma taxa operacional de US$ 4.

O CBP já começou a cobrar o novo valor da taxa desde o dia 26 de maio de 2022. Indivíduos com um ESTA aprovado não precisam se inscrever novamente neste momento, pois um ESTA é válido por até dois anos.

Autorização ETIAS União Europeia: 1,4 bilhão de pessoas terão que solicitar o documento.

Sobre a ESTA para entrada nos Estados Unidos

O ESTA é uma autorização de viagem que 40 países do mundo sob o Programa de Isenção de Vistos dos EUA (VWP) que têm permissão para entrar nos EUA sem visto para fins de negócios e turismo, para estadias de até 90 dias em seis meses, são obrigados a obter antes sua viagem aos Estados Unidos. Você só pode solicitar a ESTA se for um cidadão elegível de um país do Visa Waiver Program (VWP) e se, no momento do pedido, você não possui ainda um visto de visitante para os Estados Unidos.

Além disso, a viagem precisa ser de 90 dias ou menos e se você planeja viajar para os Estados Unidos para negócios ou lazer. É necessário ter um passaporte válido, um endereço de e-mail válido, endereço residencial e número de telefone e telefone e e-mail do de um contato de emergência do viajante. A taxa atualizada é de US$ 21 e o solicitante pode pagar com cartão MasterCard, VISA, American Express, Discover (somente JCB ou Diners Club) ou através do PayPal.

Leia mais: os melhores passes para viajar de trem pela Europa.

Sobre o Visa Waiver Program (VWP): lista de países

O Programa de Isenção de Visto (Visa Waiver Program – VWP) é administrado pelo Departamento de Segurança Interna (DHS) em consulta com o Departamento de Estado dos Estados Unidos. Ele permite que cidadãos de 40 países viajem para os Estados Unidos a negócios ou turismo para estadias de até 90 dias sem visto. Em troca, esses 40 países devem permitir que cidadãos e nacionais dos Estados Unidos viajem para seus países por um período de tempo semelhante sem visto para fins de negócios ou turismo.

Confira abaixo a lista de países em que seus cidadãos são elegíveis para o Visa Waiver Program:

  • Andorra
  • Austrália
  • Áustria
  • Bélgica
  • Brunei
  • Chile
  • Croácia
  • República Tcheca
  • Dinamarca
  • Estônia
  • Finlândia
  • França
  • Alemanha
  • Grécia
  • Hungria
  • Islândia
  • Irlanda
  • Itália
  • Japão
  • Letônia
  • Liechtenstein
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Malta
  • Mônaco
  • Holanda
  • Nova Zelândia
  • Noruega
  • Polônia
  • Portugal
  • São Marinho
  • Singapura
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Coreia do Sul
  • Espanha
  • Suécia
  • Suíça
  • Taiwan
  • Reino Unido

Trem de alta velocidade Paris-Berlim: nova ligação promete viagens mais rápidas.

Viajar da Europa para os EUA

O aumento da taxa do ESTA vai atingir os viajantes dos países listados como os principais mercados de origem de turistas e empresários que viajam para os EUA utilizando o Sistema Eletrônico de Autorização de Viagem e, em particular, o Reino Unido de acordo com o portal Schengen Visa Info. Os viajantes britânicos que possuem o ESTA cruzaram as fronteiras dos EUA 4.757.992 vezes em 2019.

O ESTA americano é bastante semelhante ao Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem (ETIAS), que deve entrar em vigor no mês de maio de 2023. O ETIAS afetará 1,4 bilhão de viajantes de 63 países do mundo, incluindo EUA, Brasil, Reino Unido, Austrália, Canadá e muito mais. Contudo, o valor é inferior e será de € 7 (sete euros).

*Assista também o vídeo com dicas para passar na imigração no aeroporto e como responder as perguntas dos oficiais de imigração:

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação e Doutor em Estudos de Comunicação, é apaixonado por rock and roll e conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *