Estudar em Portugal: guia completo

estudar em Portugal
Foto: Charlotte May no Pexels.

Tudo que você precisa saber para estudar em Portugal: veja os documentos necessários.

As dúvidas sobre estudar em Portugal são muitas, por isso, resolvemos reunir todas as informações em uma matéria para que você possa tirar todas as suas dúvidas. Se você está pensando em estudar em Portugal precisa de planejamento, tempo e dedicação para reunir toda a documentação necessária para universidade e para fazer o visto de estudo no Consulado de Portugal no Brasil.

Como já dissemos aqui, o visto para morar no exterior sempre deve ser feito no seu país de origem, no caso o Brasil. Não é indicado viajar para Portugal como turista e alterar o visto no país. O processo de visto sempre deve ser feito no Brasil. Dessa forma, você já chega com o visto de estudo de Portugal e precisará agendar sua marcação no SEF para fazer seu Título de Residência.





Estudar em Portugal: formas de ingresso

O primeiro passo para estudar em Portugal é decidir qual curso você pretende fazer e em qual universidade. Após essa decisão, você deve se candidatar pela internet ao programa desejado (Mestrado, Doutorado ou Pós-Doutorado). A universidade irá solicitar seu diploma, histórico escolar, seu currículo e também uma carta de motivação. Alguns processos seletivos também possuem entrevistas por Skype.

Já para a graduação, a nota do ENEM é aceito em 51 universidades portuguesas (exceto para Medicina, Odontologia e Medicina Veterinária).

Agora se você quer apenas estudar um semestre ou dois em Portugal – durante a graduação, você deve entrar em contato com o setor de Relações Internacionais da sua universidade no Brasil e verificar as universidades portuguesas com que possui parceria. Depois de conhecer a lista de universidades de Portugal parceiras com a sua do Brasil, você poderá fazer um programa de Intercâmbio em Portugal, chamado de Erasmus+.

Conheça as melhores universidades de Portugal.

Documentação para estudar em Portugal

Em paralelo a sua inscrição na universidade, você já deve começar a organizar sua documentação para morar em Portugal:

  • RG atualizado (com uma foto recente);
  • Certidão de nascimento atualizada;
  • Passaporte brasileiro dentro da validade;
  • Certificados, diplomas e históricos escolares (acadêmicos, de cursos e congressos).

*Após a aceitação na universidade você deve começar a ir atrás dos documentos para o visto, que explicamos nessa matéria.

Ano letivo em Portugal

O ano letivo em Portugal inicia no meio de setembro. Por isso, é necessário fazer sua inscrição na universidade entre março a julho (que varia de acordo com cada instituição de ensino). O primeiro semestre vai de setembro a janeiro e o segundo semestre de fevereiro a junho. Já as férias de verão acontecem entre meados de junho até o início de setembro.

Veja como escolher uma cidade para morar em Portugal?

*Ouça também o Podcast Partiu Morar Fora, disponível no Spotify:

Valores das universidades em Portugal

Em Portugal as melhores universidades são as públicas, porém elas são pagas. Além disso, há um valor diferente para alunos estrangeiros (para alunos portugueses o governo subsidia uma parte). Além das universidades públicas, a Universidade Católica Portuguesa, que é privada, também é bastante conceituada e possui campus em diversas cidades do país (os valores das mensalidades não diferem muito).

Os valores da graduação variam de acordo com universidade e o curso e os valores ficam entre € 4.000 e € 7.000 por ano. Já os programas de Mestrado variam entre € 1.037,20 a € 7.000,00 por ano dependendo da universidade.

Para os programas de Doutorado (Doutoramento) os valores das propinas (mensalidades em Portugal) variam entre € 2.500 a € 3.000,00 por ano.

Visto de estudo Portugal

Após você ter sido aprovado pela universidade portuguesa escolhida, você deve juntar toda sua documentação e fazer um agendamento no Consulado de Portugal mais próximo da sua região. Além da Carta de aceite da universidade, comprovante de matrícula, você precisará de um Seguro de saúde de viagem (Seguro PB4), passaporte dentro da validade, provar que possui meios de subsistência no país (recursos financeiros comprovados para se manter no país no período de estudo e para pagar as propinas da universidade).

Além disso, há uma lista com mais documentos necessários que você pode conferir na matéria que fizemos sobre o visto para morar em Portugal.

É fácil entrar na universidade em Portugal?

Depende muito do curso escolhido, da universidade, das suas notas (histórico escolar) e currículo profissional. Há cursos bastante concorridos no país e que depende muito da área de atuação. Dominar uma língua estrangeira também é importante, porque há algumas aulas, textos, conteúdos, eventos e congressos em inglês. Mas não há a necessidade de comprovar o domínio do idioma.

Conheça as melhores universidades de Portugal e dicas para estudar no exterior:



Amanda Corrêa

Amanda Corrêa é uma jornalista brasileira que mora no exterior há 7 anos. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Morou na Inglaterra e atualmente reside em Portugal. Atua na área de Jornalismo, produção de conteúdos e mídias sociais. Com seu trabalho, ajuda brasileiros e estrangeiros a morarem fora do país e realizarem seus sonhos!

blank

15 thoughts on “Estudar em Portugal: guia completo

  • blank
    11 de fevereiro de 2019 em 4:18 pm
    Permalink

    Boa tarde Amanda. Minha filha é brasileira, mas tem nacionalidade portuguesa. Moramos no Brasil, e toda a vida escolar dela foi feita no Brasil. Li que quem tem nacionalidade portuguesa não pode se candidatar a uma vaga nas Universidades portuguesas utilizando a nota do ENEM, procede? E se ela desejar tentar uma vaga “como portuguesa” (pois tem nacionalidade) existe um exame em Portugal, como nosso ENEM , ou é por notas de toda vida escolar ?
    Att,
    Juliana

  • blank
    11 de fevereiro de 2019 em 9:10 am
    Permalink

    Olá Amanda é um prazer falar contigo, então, minha filha já está em Portugal em Braga, conseguiu sua cidadania, minha dúvida é quais as melhores universidades particulares para ela ? ELa vai tentar o enem, mas diante das dúvidas gostaria de estar preparada pois não quero mas que ela perca o ano?

  • blank
    26 de outubro de 2018 em 12:12 pm
    Permalink

    Olá Amanda, Gostaria de saber se em Portugal tem cursos profissionalizantes, como por exemplo especializações voltada mais para a partae prática. Se sim, quais faculdades ou órgãos.

  • blank
    20 de abril de 2018 em 10:52 pm
    Permalink

    Olá Amanda!, Gostaria muito de matrícular mh filha em uma escola em Algarve, eu sou Pedagoga e meu marido Prof. de Ed física, gostaríamos muito de ter está oportunidade, como posso fazer??

  • blank
    9 de abril de 2018 em 12:15 pm
    Permalink

    ola Amanda! Sou estudante de pedagogia e tenho muito interesse de fazer uma pos graduaçao em portugal termino no final desse ano de 2018 e ja queria ir me preparando mais nao sei por onde começar. se for possivel vc pode me dar algumas dicas desde ja agradeço e aguardo seu contato .

  • blank
    6 de abril de 2018 em 4:22 pm
    Permalink

    é possível permanecer em Portugal depois de estudar lá? Ou seja, alterar o visto de estuda para visto de moradia.

  • blank
    24 de janeiro de 2018 em 12:54 pm
    Permalink

    Quem tiver interesse em estudar na UTAD em Vila Real pode me contactar… auxilio os estudantes com as inscrições na faculdade, na procura por apartamentos etc… por um preço justo!

    thacia_carpenter@hotmail.com

  • blank
    19 de dezembro de 2017 em 10:20 am
    Permalink

    Excelente matéria, excelente site. Gostaria de saber se um curso de língua estrangeira ou um outro curso livre inerente a minha área, não me dá o direito de obter o visto? Somente matriculada numa universidade eu consigo?E ainda, as universidades não oferecem cursos livres? Tenho graduação e não gostaria de fazer mestrado agora, mas gostaria de morar um ano em Portugal e poder fazer cursos.Obrigada

  • blank
    8 de dezembro de 2017 em 6:17 pm
    Permalink

    Boa Tarde. Depois do visto aprovado pretendo reagrupar meu filho de 1 ano. A pergunta é: meus pais assinaram um termo de responsabilidade financeira, além do extrato da minha conta. Teria algum empedimento para reagrupa-lo? Meu visto seria de estudante.

  • blank
    21 de novembro de 2017 em 10:13 am
    Permalink

    Olá Flavia! Tudo bem? Sim, é possível pelo reagrupamento familiar desde que você tenha comprovantes financeiros para manter todo mundo da família em Portugal. Abraço! Amanda

  • blank
    3 de novembro de 2017 em 1:28 am
    Permalink

    Boa noite, obrigada pelas informações, mas a minha dúvida é se ao ser aprovada em um doutorado, posso levar toda a minha família, Marido e dois filhos.

  • blank
    13 de outubro de 2017 em 8:23 am
    Permalink

    Olá Stephania!!! Muito obrigada pelo elogio! Pode trabalhar sim, mas é necessário já ter uma carta de promessa de trabalho e ir ao SEF solicitar a alteração do visto para Visto de Estudante com Permissão do exercício de atividade profissional. Os horários das aulas também não podem ser os mesmos do trabalho. Grande abraço! Amanda Corrêa

  • blank
    12 de outubro de 2017 em 4:27 pm
    Permalink

    Ótima matéria! Pode trabalhar com visto de estudante? Grata

  • blank
    23 de setembro de 2017 em 12:54 pm
    Permalink

    Estou pensando em fazer uma pós na Universidade do Porto, mas tenho dúvidas a respeito de bolsas de financiamentos, se a universidade oferece algum apoio financeiro para os estudantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *