Intercâmbio na Irlanda reaberto: país europeu volta a receber alunos estrangeiros

intercâmbio na Irlanda reaberto
Foto: Lukas Kloeppel – Pexels (Irlanda).

Os alunos internacionais já podem se reprogramar: o intercâmbio na Irlanda reaberto é um alívio para muitos estudantes brasileiros.

A boa notícia para os alunos internacionais que querem estudar na Irlanda finalmente chegou! As escolas de inglês da Irlanda voltam a receber alunos estrangeiros em três fases de reabertura pós-confinamento e fechamento devido a pandemia que assolou o mundo todo. Veja todas as datas de reabertura da Irlanda.


Intercâmbio na Irlanda reaberto: país europeu volta a receber alunos estrangeiros

A notícia foi divulgada pelo portal E-Dublin e fez muitos estudantes brasileiros comemorem a volta das escolas de inglês na Irlanda. Depois de um ano e meio de fechamento obrigatório, agora as escolas de inglês poderão receber novos estudantes estrangeiro para estudar inglês na Irlanda

Além da boa notícia da reabertura das escolas, desde o mês de junho, os brasileiros também não precisam mais solicitar um visto online para viajar para Irlanda. Agora, ao chegar no país europeu, os alunos deverão comprovar os documentos solicitados para a entrada na ilha esmeralda da Europa. 

Também importante ressaltar que os vistos para Irlanda de curta duração e longa duração também já estão liberados para serem solicitados. 

Veja as fases de reabertura da Irlanda:

  • A partir de 20 de setembro de 2021:

As atividades ELE (English Learning Education) já pode ser retomada. Desse modo, os novos estudantes internacionais já podem fazer sua matrícula (brasileiros inclusive).

  • De 20 de setembro a 31 de outubro:

Nesse período as escolas de inglês podem começar as aulas presenciais (online + presencial) ou totalmente online para os alunos que já estejam na Irlanda e todos os demais alunos récem-matriculados de outros países. Desse modo, qualquer aluno récem-chegado na Irlanda já podem começar a ter aulas desde o dia 20 de setembro de 2021.

  • A partir de 1º de novembro:

Já no mês de novembro, as escolas de inglês da Irlanda poderão realizar apenas aulas presenciais para todos os novos alunos matriculados nas escolas. Os requisitos de frequência seguem os que estavão estipulados antes da pandemia.

Leia também: Vagas na Amazon na Irlanda: companhia vai criar 500 empregos em Dublin.

Vistos de estudo para Irlanda

Os vistos para estudar na Irlanda (Stamp 2 – Visto de Estudante) voltam a ser emitidos para os programas de intercâmbio na Irlanda de longa duração. Os programas de longa duração são de 8 meses, com a possibilidade de trabalho meio período (part-time) e renováveis. 

Para os alunos brasileiros, o visto não precisa ser solicitado antes da viagem. Os estudantes brasileiros que vão fazer intercâmbio devem comprovar que possuem condições financeiras de € 3.000 euros, o comprovante de matrícula do curso de inglês, entre outros. 

Empregos na Logitech na Irlanda: novos escritórios em Cork.

Requisitos de viagem para Irlanda

Os alunos brasileiros que desejam fazer intercâmbio na Irlanda reaberto agora em setembro devem ainda fazer quarentena em hotel, para quem não está vacinado. O Brasil ainda está na lista dos “Designated States”. Já as vacinas aceitas na Irlanda são as reconhecidas pela União Europeia: Pfizer, Moderna, Janssen e AstraZeneca. 

Ou seja, quem está completamente vacinado (com as vacinas autorizadas) ou recuperado da doença devem fazer autoisolamento. E que não está vacinado precisa (por enquanto) fazer quarentena em hotel autorizado pelo governo. Antes de viajar, confira sempre as regras atualizadas no site do governo da Irlanda. E veja mais informações no portal E-Dublin

Aproveite para ler sobre estudar fora: 7 dicas fundamentais para se dar bem no exterior.

*Veja também os melhores países para estudar inglês e as cidades mais baratas:

Amanda Corrêa

Amanda Corrêa é uma jornalista brasileira que mora no exterior há 7 anos. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Morou na Inglaterra e atualmente reside em Portugal. Atua na área de Jornalismo, produção de conteúdos e mídias sociais. Com seu trabalho, ajuda brasileiros e estrangeiros a morarem fora do país e realizarem seus sonhos!

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *