Ilha paradisíaca quer atrair nômades digitais para trabalhar no Caribe

trabalhar no Caribe
Foto: Guia da Semana.

Se você sonha em morar e trabalhar no Caribe, conheça o projeto que promete atrair nômades digitais para um paraíso caribenho.

A ensolarada ilha caribenha holandesa de Curaçao está convidando trabalhadores remotos para trabalhar e morar lá por até um ano. O programa @Home in Curaçao permitirá que os candidatos aprovados permaneçam por até seis meses inicialmente, e eles são elegíveis para uma extensão de mais seis meses. No entanto, os candidatos devem cumprir critérios específicos.


Nômades digitais para trabalhar no Caribe

O programa está aberto a todas as nacionalidades e dividido em três categorias: nômades digitais (trabalhadores remotos), hibernadores / snowbirds e investidores. Os trabalhadores remotos e nômades digitais devem provar que podem trabalhar de maneira independente usando tecnologias de telecomunicações em uma das três categorias, e não estarão sujeitos ao imposto de renda local.

Eles devem trabalhar para um empregador registrado em um país estrangeiro, ou conduzir negócios como um sócio ou acionista de uma empresa registrada em um país estrangeiro. A terceira categoria destina-se a quem presta serviços de freelancer ou consultoria a clientes com estabelecimento permanente no estrangeiro e com os quais têm contrato.

Veja também: conheça o projeto da vila para nômades digitais na Ilha da Madeira.

Como se candidatar para trabalhar no Caribe

Os candidatos na categoria de nômade digital (trabalhador remoto) precisam pagar uma taxa de US$ 294 (aproximadamente R$ 1.600) e o processo de inscrição leva cerca de duas semanas. As famílias também podem se inscrever neste programa. Aqueles que viajam de um país ou área de alto risco devem se submeter a um teste PCR (teste Covid-19) dentro de 72 horas antes da partida e preencher um cartão de localização de passageiros.

Os interessados em morar no Caribe devem provar que têm um voo reservado de volta para casa e um seguro de viagem internacional válido. Para obter mais informações sobre o programa @Home in Curaçao, visite o site do Governo de Curaçao. Importante ressaltar que é necessário enviar o formulário de inscrição digital preenchido e anexar o comprovante de pagamento de taxas e custos.

Além disso, os candidatos precisam disponibilizar a cópia nítida da página da foto do passaporte do requerente. Uma prova de solvência (declaração recente de cessão, se empresa própria no país de origem, ou declaração recente do empregador do empregador no país de origem ou uma cópia autenticada recentemente de um contrato de trabalho). Além de um seguro médico de saúde (incluindo requisitos relacionados ao COVID-19).

Leia também: descubra quais países têm acordo de previdência com o Brasil.

Sobre Curaçao

Curacao
Foto: Curacao Events.

Com pouco mais de 160 mil habitantes, Curaçao é uma pequena ilha bem próxima da Venezuela e que foi colonizada pelos holandeses. Aliás, a Ilha de Curaçao é um território do Reino da Holanda e as pessoas que viajam para o local podem desfrutar da arte e dos cenários culinários da ilha, junto com suas cavernas e praias escondidas.

Considerada um paraíso do Caribe, também oferece excelente mergulho com snorkel e cilindro, e é conhecida por sua comunidade multicultural e ruas e vitrines coloridas.

Veja 5 ideias de negócios Home Office para ganhar dinheiro e trabalhar em casa.

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação e Doutor em Estudos de Comunicação, é apaixonado por rock and roll e conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *