Morar fora: a vida é um trem bala

trem bala
Foto: Pixabay.

A vida é um trem bala. Quando você menos espera, ela já passou.

*Texto atualizado em 16 de fevereiro de 2022.

Ainda ontem estava pensando em sair do Brasil e ter uma experiência pelo mundo. Nem faz muito tempo quando comecei a planejar como faria para realizar o sonho e o desejo de conhecer o mundo. De lá para cá, muito anos se passaram. São 8 anos que voaram, quase 2.920 dias que eu e minha esposa vendemos o que deu, corremos com o passaporte, fizemos o visto, entregamos o apartamento alugado, fizemos os documentos da Mallu e da Marie (nossas cachorrinhas) e partimos.





Morar fora: a vida é um trem bala

Confesso que o tempo passou e está passando muito mais depressa que eu pensava. Viemos para Portugal para estudar e “logo voltar”. O logo já foi e o tempo?! Continua mais implacável do que nunca. Sei que, quando menos esperar, vou completar o décimo ano morando fora e talvez nem vá me dar conta disso. O trem bala está a 200 por hora e não parece interessado em frear. Essa é a minha vida, a sua, a nossa.

Se você pensa em morar fora, corra. Pode ser que todo esse tempão que você está levando para deixar todas as coisas no lugar antes de partir nunca chegue. Não por incompetência sua, mas porque a vida não permite ensaio e esse “tudo ao vivo” é complicado mesmo. Digo isso porque o trem da vida continua a mais de 200 km e o maquinista não pensa em diminuir a velocidade.

Morar fora: e se tudo der errado?

Existe a hora certa da vida?

Não digo isso para lhe desanimar, digo com a intenção de avisar que os dois anos que referi no começo do texto passaram muito, mas muito depressa na minha vida. Quando converso com pessoas mais velhas, elas fazem questão de me dizer que o tempo está voando e lembro dos meus amigos que estão esperando “a hora certa da vida“, mal sabendo eles que talvez essa hora nunca chegue.

O trem vai continuar andando depressa goste você ou não. A vida vai passar num piscar de olhos, você aceitando ou não. Muitos de seus planos darão certo, outros tantos não, mas e o tempo?! Continua atropelando tudo que vê pela frente, sem dó nem piedade.

Por isso, concentre seus esforços em não deixar que a vida passe sem que você realize os seus sonhos. Se é morar fora, se é conhecer o mundo, se é casar, se é aprender inglês, se é ter um filho, se é terminar a faculdade, construir a sua casa ou sei lá o quê. Só nunca esqueça da velocidade do trem e siga em frente, sempre!

Enquanto TUDO for uma desculpa, você continuará no mesmo lugar.

banner-venda-livro-vazado-1

Aproveite para ler: 10 coisas que mudam na sua vida quando se mora fora do Brasil.

*Confira mais sobre o livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”, de Cláudio Abdo. Compre o ebook do livro Morar Fora!

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação e Doutor em Estudos de Comunicação, é apaixonado por rock and roll e conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *