Subsidiária da IBM em Portugal está contratando e tem 300 vagas no país

subsidiaria da IBM em Portugal
Foto: ECO – SAPO.

A subsidiária da IBM em Portugal, Softinsa, está com centenas de oportunidades e quer mais funcionários em 2022. Saiba mais e candidate-se!

A Softinsa, uma subsidiária da IBM em Portugal, está com centenas de vagas no país europeu. A companhia quer aumentar seu quadro de funcionários ainda em 2022 e tem muitas oportunidades de emprego em Portugal. Saiba mais sobre as vagas abertas e veja como se candidatar para uma das oportunidades de emprego na Europa.


Subsidiária da IBM em Portugal com vagas abertas

O objetivo da Softinsa, segundo um comunicado de imprensa da companhia, é contratar 300 profissionais até ao final de 2022 em Portugal. Após a empresa apostar no serviço de consultoria, muitas oportunidades de emprego em Portugal surgiram na companhia que precisa reforçar sua equipe.

Desse modo, a Softinsa está com centenas de oportunidades de contratação e busca profissionais de TI em Portugal que sejam orientados para as áreas de SAP, Cognitive Cities & IoT, Mobile, Business Intelligence & Analytics, entre outras soluções de Customer, Industry, Finance and Supply Chain Transformation.

Vagas em Portugal na Volkswagen Financial Services: são 130 empregos.

Investimento da empresa e vagas em Portugal

De acordo com o comunicado de imprensa da companhia, “a estratégia de crescimento da Softinsa passa pela abertura de um novo Centro de Inovação ainda no decorrer do presente ano […]”. Na publicação é possível ler ainda que a inauguração do novo centro da empresa nasce “[…] de forma a criar sinergias com mais instituições de ensino superior e a ampliar a rede de recrutamento de novos talentos em outras localidades do nosso país”.

Atualmente a companhia já anuncia em seu site que está com mais de 100 vagas de emprego qualificado em Portugal. Além disso, conta com oportunidades de estágios profissionais e academias de formação gratuitas. A empresa pretende anunciar, na sua página de empregos e carreiras, as vagas em Portugal para constituir a equipe do Centro de Inovação da Softinsa.

Você viu? 300 vagas para trabalhar em Portugal em fábrica de componentes automotivos.

Profissionais mais valorizados pela empresa

Na publicação feita pela Softinsa, a empresa informa que valoriza a formação acadêmica, seja graduação ou mestrado. A companhia está mais interessada nos profissionais com formação superior nos cursos de Engenharia Informática, Eletrotécnica e Industrial, Sistemas de Informação e Gestão, bem como em Economia e Contabilidade.

De acordo com Raquel Jerónimo, Head of People & Organization da Softinsa, “temos lançado vários programas de estágio e academias de formação especializadas de forma a captar e a formar talentos com as competências-chave e as qualificações necessárias para dar resposta aos crescentes pedidos dos nossos clientes nacionais e internacionais”.

Para Henrique Mourisca, General Manager da Softinsa, “o apoio dos nossos parceiros tem sido basilar para que se tenham conseguido cumprir todos os nossos objetivos de crescimento da companhia e a aposta na abertura de um novo Centro de Inovação é o resultado desta sinergia de sucesso, entre o meio empresarial, as instituições de ensino, as entidades locais e o grupo IBM”.

Vaga em hotel em Portugal: empresa tem 400 oportunidades de emprego.

Sobre a Softinsa

A Softinsa é uma subsidiária da IBM em Portugal e é especialista em serviços de consultoria, gestão e desenvolvimento de aplicações. Com 23 anos de história e experiência no mercado português, conta atualmente com mais de 700 profissionais que trabalham na cidade de Lisboa e também atuam sem seus Centros de Inovação de Tomar, Viseu, Fundão e Portalegre.

Vagas na WEG em Portugal: companhia vai construir nova fábrica no país.

Subsidiária da IBM em Portugal: como se candidatar para as vagas abertas

Se você gostou da notícia e quer se candidatar para uma das vagas na subsidiária da IBM em Portugal, acesse o portal de empregos e carreiras da Softinsa. Após fazer isso, selecione a vaga, leia todos os requisitos e, caso os cumpra, envie a sua candidatura diretamente para a companhia. Boa sorte!

*Veja também o que não pode faltar no seu currículo para trabalhar em Portugal:

Amanda Corrêa

Amanda Corrêa é uma jornalista brasileira que mora no exterior há 8 anos. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Morou na Inglaterra e atualmente reside em Portugal. Atua na área de Jornalismo, produção de conteúdos e mídias sociais. Com seu trabalho, ajuda brasileiros e estrangeiros a morarem fora do país e realizarem seus sonhos!

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *