Vagas na LEGO nos EUA: companhia vai criar 1.760 oportunidades

vagas na Lego nos EUA
Foto: Forbes (Sopa Images/Getty Images)

São centenas de vagas na LEGO nos EUA que serão criadas em nova fábrica. Investimento é de US$ 1 bilhão de dólares!

Uma nova fábrica da LEGO nos Estados Unidos vai criar mais de 1.760 empregos no país. A planta terá um parque solar capaz de produzir energia suficiente para atender 100% aos requisitos da fábrica. É a sétima fábrica do grupo e vai ajudar na expansão da rede global de fabricação do Grupo LEGO, sem contar que encurtará a cadeia de suprimentos e apoiará o crescimento de longo prazo nas Américas. Saiba mais sobre as vagas na LEGO nos EUA e veja como se candidatar!


Vagas na LEGO nos EUA

O LEGO Group anunciou planos de investir mais de US$ 1 bilhão de dólares para construir uma nova fábrica no condado de Chesterfield, estado americano da Virgínia. Depois de pronta, a instalação de 160.000 metros quadrados empregará mais de 1.760 pessoas.

A informação foi divulgada pela empresa através de um comunicado de imprensa que diz ainda que a fábrica será projetada para operar como uma instalação neutra em carbono.

Niels B. Christiansen, CEO do Grupo LEGO disse: “Este é um passo emocionante para o Grupo LEGO. Mais e mais famílias estão se apaixonando pela construção LEGO e estamos ansiosos para fabricar peças nos EUA, um dos nossos maiores mercados. A localização na Virgínia nos permite construir um parque solar que apoia nossas ambições de sustentabilidade e fornece conexões fáceis para redes de transporte em todo o país. Também estamos ansiosos para criar oportunidades de emprego fantásticas para o povo da Virgínia”.

Vagas na Stellantis: 1.400 novos empregos nos Estados Unidos.

Investimento nos Estados Unidos

A construção da nova fábrica inicia nos próximos meses com produção prevista para começar no segundo semestre de 2025. Um local de embalagem temporária será aberto em um prédio existente próximo no início de 2024 e criará até 500 empregos.

A fábrica da Virgínia será a sétima fábrica global do Grupo LEGO e a segunda nas Américas. O local de fabricação da empresa em Monterrey, no México, abastece principalmente o mercado dos EUA e será expandido e atualizado para atender à crescente demanda por produtos LEGO.

Carsten Rasmussen, diretor de operações do LEGO Group, disse: “Nossas fábricas estão localizadas perto de nossos maiores mercados, o que reduz a distância que nossos produtos precisam percorrer. Isso nos permite responder rapidamente às mudanças na demanda do consumidor e ajuda a gerenciar nossa pegada de carbono. Nossa nova fábrica nos EUA e a capacidade expandida em nosso local existente no México significam que seremos capazes de suportar melhor o crescimento de longo prazo nas Américas. Temos a sorte de encontrar um local onde podemos iniciar a construção rapidamente e criar capacidade temporária em menos de dois anos”.

Vagas na Milwaukee Electric Tool: mais 1.000 empregos nos Estados Unidos.

Fábrica da LEGO na Virgínia

A nova fábrica na Virgínia, como todas as instalações da LEGO, usará tecnologia de ponta para moldar, processar e embalar produtos LEGO e garantir que eles atendam aos rigorosos requisitos de segurança e qualidade da empresa. “Nossos tijolos são feitos para durar gerações, por isso precisamos de funcionários qualificados e treinados para trabalhar com tecnologia de moldagem de precisão. Estamos ansiosos para trabalhar com o programa Virginia Talent Accelerator para ajudar a construir uma grande equipe motivada por nossa missão de inspirar e desenvolver os construtores de amanhã”, disse Rasmussen, diretor de operações do LEGO Group.

As fábricas da LEGO na Europa e na China também estão sendo expandidas e, em dezembro de 2021, o Grupo anunciou planos de construir uma fábrica no Vietnã para apoiar um maior crescimento na Ásia. Atualmente, o Grupo LEGO emprega aproximadamente 2.600 pessoas nos Estados Unidos, onde opera desde a década de 1960. Sua sede nos EUA fica em Enfield, Connecticut, e opera 100 lojas da marca LEGO em todo o país.

Leia também: melhores sites para procurar emprego nos Estados Unidos.

*Se você deseja mudar de país, conheça o nosso Podcast Partiu Morar Fora, disponível no Spotify:

Sobre o Grupo  LEGO

A missão do Grupo LEGO é inspirar e desenvolver os construtores de amanhã através do poder do jogo. O LEGO System in Play, com sua base em tijolos LEGO, permite que crianças e fãs construam e reconstruam qualquer coisa que possam imaginar. O Grupo LEGO foi fundado em Billund, Dinamarca, em 1932, por Ole Kirk Kristiansen, cujo nome deriva das duas palavras dinamarquesas Leg Godt, que significam “Jogue Bem”.  

A LEGO, a partir de 2021, se tornou a maior empresa de brinquedos do mundo e seu principal produto são os tijolinhos de plástico interligados de várias cores que acompanham uma série de engrenagens. As peças de LEGO podem ser montadas e conectadas de várias maneiras para construir objetos, incluindo veículos, edifícios e robôs de trabalho.

O Grupo LEGO começou a fabricar seus tijolos de brinquedo em 1949. Filmes, jogos, competições e oito parques de diversões Legoland foram desenvolvidos sob a marca e somente em julho de 2015, 600 bilhões de peças de Lego foram produzidas.

Vagas na Toyota nos Estados Unidos: 220 novos empregos.

Vagas na LEGO nos EUA: como se candidatar

Se você gostou da notícia e quer se candidatar para uma das vagas na LEGO nos EUA, acesse o portal de empregos e carreiras da empresa no país. Atualmente existem mais de 700 oportunidades de emprego nos Estados Unidos e você pode selecionar o estado, a cidade, ler os requisitos e, caso os cumpra, enviar o seu currículo em inglês diretamente para a multinacional. Boa sorte!

*Saiba como conseguir um emprego no exterior ainda no Brasil e inscreva-se no nosso canal do Youtube:

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação e Doutor em Estudos de Comunicação, é apaixonado por rock and roll e conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *