Viajar para a União Europeia: brasileiros terão que pagar taxa em 2022

viajar para a União Europeia
Foto: Trains & Tours.

Quem viajar para a União Europeia em 2022 terá que desembolsar um valor para entrar no bloco de países europeus. Saiba mais!

As pessoas que pretendem viajar para a União Europeia terão que pagar uma taxa para entrar nos países do bloco. Cidadãos de países que não pertencem à União Europeia, incluindo brasileiros, americanos, australianos, britânicos e outros viajantes de fora do Espaço Schengen, precisarão preencher um formulário e pagar um valor para entrar na Europa em 2022.


Viajar para a União Europeia: cobrança de taxa

Uma matéria publicada pela Euronews mostra que a taxa que será cobrada para quem viajar para a União Europeia em 2022 será de € 7 (aproximadamente R$ 45 reais). O valor será aplicado em quer entrar nos países do bloco já a partir do próximo ano. Ao abrigo da chamada ‘regra dos 90 dias’, os cidadãos destes e de muitos outros países apenas podem passar até 90 dias, em cada 180 dias na União Europeia, porém precisam de um visto.

Apesar de não haver mudança em relação ao tempo de permanência de turistas na União Europeia, o processo de entrada passará a ter uma taxa de administração. Chamada de ‘Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem’ – abreviadamente ETIAS – a nova regra tem como objetivo “aumentar a segurança e ajudar a prevenir ameaças à saúde do bloco”.

Viagem: como tirar o passaporte? Saiba tudo antes da sua viagem internacional.

A quem se aplica a nova isenção de visto da UE?

A nova medida de segurança afeta pessoas que não moram permanentemente em um país da União Europeia ou não precisam de visto para permanecer em um dos países do bloco. Os turistas, proprietários de residências secundárias, trabalhadores temporários ou aqueles que visitam familiares ou amigos em um dos 26 países da zona Schengen devem, portanto, estar atentos.

O novo programa ETIAS está sendo comparado às isenções de visto ETA australiano e ESTA dos Estados Unidos, ambos usados ​​para estadias de curta duração. As regras para quem precisa de visto Schengen – incluindo a maioria dos cidadãos da África, Ásia e América do Sul – permanecerão as mesmas.

Veja mais: viajar com animais de estimação para Europa.

Viajar para a União Europeia: como e quando isso mudará os cidadãos de países terceiros?

A Comissão Europeia afirma que isso terá um “efeito mínimo” nas pessoas que viajam para a Europa. Os viajantes elegíveis terão que preencher um formulário online antes de chegarem e pagarem o valor é de € 7 (sete euros), sendo grátis para menores de 18 anos ou maiores de 70 anos. O preenchimento do formulário deve levar apenas alguns minutos – o que exigirá informações biométricas do passaporte e detalhes da viagem, além de algumas perguntas básicas de segurança.

Porém, os viajantes são aconselhados a se inscrever pelo menos 72 horas antes de embarcar, para o caso de atrasos. Depois de aprovado, seu pedido dura três anos – o que é uma boa notícia para os viajantes frequentes, embora precise ser renovado. O ETIAS deve entrar em vigor antes do final de 2022.

Trem na Europa: rotas alta velocidade ligarão Londres, Barcelona, Lisboa e Roma.

*Veja também dicas para passar na imigração de maneira mais tranquila e aproveite para se inscrever no canal:

Amanda Corrêa

Amanda Corrêa é uma jornalista brasileira que mora no exterior há 7 anos. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Morou na Inglaterra e atualmente reside em Portugal. Atua na área de Jornalismo, produção de conteúdos e mídias sociais. Com seu trabalho, ajuda brasileiros e estrangeiros a morarem fora do país e realizarem seus sonhos!

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *