Permissão de trabalho na Espanha: mais facilidades para estrangeiros

permissão de trabalho na Espanha
Foto: Support Adventure.

A permissão de trabalho na Espanha para estrangeiros está mais fácil. Saiba tudo sobre as mudanças que estarão em vigor nos próximos dias no país europeu!

Você deseja trabalhar na Espanha? Saiba que o país europeu introduziu novas medidas em seus regulamentos de imigração para facilitar o trabalho de estrangeiros no país europeu. As novas medidas, que visam reduzir os requisitos de permissão de trabalho para estrangeiros residentes na Espanha, começaram foram publicadas no Diário Oficial no dia 27 de julho de 2022. Veja mais sobre as mudanças na imigração da Espanha e regularização de cidadãos irregulares (sem documento).


Permissão de trabalho na Espanha

As autoridades espanholas de imigração anunciaram que, de acordo com as novas regras, os estrangeiros poderão obter um visto de trabalho na Espanha mais facilmente por meio de um processo mais simplificado. Desse modo, o decreto reduz os requisitos de solicitação de permissão de trabalho para determinados candidatos.

Com esta iniciativa, o governo da Espanha pretende adaptar os diferentes procedimentos de imigração e autorizações de residência ao contexto atual, que é bastante diferente do quadro de imigração que estava preparado anteriormente.

Desse modo, trata-se de uma importante renovação das normas de imigração na Espanha que visam facilitar a incorporação de trabalhadores estrangeiros (muito importante para a economia do país) na força de trabalho espanhola.

As novas mudanças foram feitas para reduzir a escassez do mercado de trabalho com a qual o país europeu está lidando atualmente. De acordo com a Corporate Immigration Partners, as medidas de reforma recém-introduzidas também se aplicarão aos estrangeiros que não possuem os documentos legais necessários para morar na Espanha.

“A atualização reduzirá os requisitos de permissão de trabalho para trabalhadores estrangeiros que atualmente residem na Espanha. Essas medidas também se aplicam aos estrangeiros que agora não possuem os documentos legais necessários para morar na Espanha”, diz o comunicado da Corporate Immigration Partners.

Visto de trabalho na Espanha: como fazer.

Principais Mudanças na imigração para Espanha

Ainda segundo a Corporate Immigration Partners, com a alteração na lei, os estrangeiros que residam na Espanha, legalmente ou sem documentação, há dois ou mais anos e que tenham trabalhado durante pelo menos seis meses nesse período, poderão inscrever-se em cursos de formação. Os cursos de treinamento serão principalmente para empregos no setor econômico de alta demanda em toda a Espanha.

Os estrangeiros que se inscrevem nestes cursos de formação podem então candidatar-se à residência permanente na Espanha. Além dos requisitos acima mencionados, exigências para a permissão de trabalho mais simples também serão aplicadas aos alunos. Estudantes de países que não fazem parte da União Europeia poderão trabalhar até 30 horas por semana enquanto estudam na Espanha.

As reformas na permissão de trabalho na Espanha também serão aplicadas aos trabalhadores estrangeiros sazonais e tornarão mais fácil para os estrangeiros se cadastrarem como trabalhadores autônomos.

Além disso, a reforma no sistema de imigração da Espanha facilitará a contratação de trabalhadores no exterior para cargos de alta demanda por parte das empresas e pretende agilizar e simplificar todos os processos de imigração.

No geral, o objetivo do governo da Espanha é “promover a migração legal, segura e organizada”, segundo afirmou o ministro da Migração da Espanha, José Luis Escrivá e regularizar os imigrantes ilegais do país.

Conheça os principais sites de emprego na Espanha para buscar um emprego na Europa.

Número de imigrantes ilegais na Espanha

Somente em 2022, mais de 15.000 imigrantes chegaram à Espanha por meio de rotas migratórias ilegais por terra ou mar. Destes, mais de 9.300 chegaram pela perigosa rota das Ilhas Canárias, que já matou centenas de pessoas somente neste ano.

A reforma migratória da Espanha foi aprovada apesar das objeções do Ministério do Interior da Espanha, que alegou que as mudanças apenas promoveriam a imigração ilegal, de acordo com o jornal espanhol El Pais.

Viajar de trem na Espanha: passagens gratuitas a partir de setembro.

Permissão de trabalho na Espanha para Estudantes

Os estudantes internacionais também terão mudanças. Eles poderão começar a trabalhar na Espanha imediatamente após terminarem seus estudos no país. Antes desta nova regra ser introduzida, os alunos internacionais eram obrigados a esperar por um período de três anos. Espera-se agora que o governo espanhol publique uma lista de empregos de alta demanda que serão abertos para os estrangeiros.

As novas medidas ajudarão principalmente a preencher as vagas em setores atualmente com falta de pessoal, como agricultura, pecuária e indústria hoteleira.

Espera-se que com a introdução das novas regras, cerca de 500.000 trabalhadores indocumentados possam ingressar na força de trabalho oficial na Espanha. Além disso, os estrangeiros também ajudarão a regular os setores de trabalho que precisam de trabalhadores e a pagar impostos e contribuições.

Vagas na Amazon na Espanha: 2.000 novos empregos no país.

*Você já conhece o Podcast Partiu Morar Fora? Corre para ouvir!

Taxa de desemprego na Espanha

Atualmente, a Espanha está com uma taxa de desemprego de 13%, uma das mais altas da União Europeia. Entretanto, existem vagas para serem preenchidas em vários setores, entre eles o setor Agrícola e de Serviços. O país europeu também quer regularizar a situação dos imigrantes sem documentos que já moram na Espanha.

A reforma na permissão de trabalho na Espanha e alterações na lei de imigração foram publicadas no Diário Oficial da Espanha no dia 27 de Julho de 2022 – Atualização Decreto 557/2011 (você pode ler todas as mudanças diretamente na lei) e entram em vigor 20 dias após sua publicação.

Confira também 6 dicas para encontrar um novo emprego.

Salário na Espanha em 2022

Em 2022, o salário mínimo na Espanha está em € 1000 por mês, pagos em 14 parcelas. Porém, os profissionais mais qualificados e com formação ganham acima disso. De acordo com Average Salary Survey, os salários mais comuns na Espanha são de € 41.464 por ano, entre todas as profissões (médicos, advogados, engenheiros, profissionais de TI, servidores públicos, etc).

E você, o que achou das mudanças na imigração da Espanha?

*Conheça também o nosso canal do Youtube e inscreva-se por lá! Toda semana tem conteúdos novos e muitas dicas parar morar fora:

Amanda Corrêa

Amanda Corrêa é uma jornalista brasileira que mora no exterior há 8 anos. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Morou na Inglaterra e atualmente reside em Portugal. Atua na área de Jornalismo, produção de conteúdos e mídias sociais. Com seu trabalho, ajuda brasileiros e estrangeiros a morarem fora do país e realizarem seus sonhos!

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *