Carreira de TI em Portugal: dicas para conseguir um emprego

Foto: Positivo

Ter uma carreira de TI em Portugal (Tecnologia da Informação) já é realidade para muitos profissionais brasileiros. Mas qual o passo a passo para conseguir uma recolocação profissional na Europa? O site Vagas pelo Mundo foi conversar com a psicóloga e coach Vanessa Ferreira, com especialização em Gestão de Pessoas e Coach PNL na ICI Integrated Coaching Institute, com 16 anos de experiência no mundo corporativo na área Recursos Humanos e que atualmente trabalha na área de recolocação profissional para o mercado de trabalho português e europeu.


Carreira de TI em Portugal

Confira a entrevista exclusiva com a psicóloga Vanessa Ferreira sobre como ter uma carreira de TI em Portugal e dicas de onde começar a sua busca por uma vaga de emprego na Europa. 

Como é possível conseguir uma vaga de TI em Portugal?

Nos últimos anos Portugal tem atraído um número crescente de empresas tecnológicas, tendo como visão o crescimento desta atividade em todo país. Este cenário favorece aqueles que estão em busca de novas oportunidades profissionais ou para quem pretende investir no mercado europeu

Para agilizar a contratação de profissionais para atender este mercado, em janeiro de 2019 entrou em vigor o Programa Tech Visa, abre oportunidades para profissionais qualificados estrangeiros da área de TI trabalharem em Portugal. 

O Programa Tech Visa, foi desenvolvido em conjunto pelo IAPMEI (Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação), o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e a Direção-Geral dos Assuntos Consulares e tem tido bastante procurado pelas empresas para contratar profissionais estrangeiros de forma mais simples e ágil.

Governo de Portugal cria visto especial para atrair profissionais de TI do Brasil: conheça todos os detalhes.

Como buscar uma vaga na área de TI em Portugal

Para conseguir uma oportunidade de trabalho em TI, o profissional que está fora de Portugal pode iniciar seu processo buscando as vagas anunciadas em redes profissionais ou plataformas como o LinkedIn, importante ter o seu perfil atualizado e atrativo para chamar a atenção dos recrutadores.

Para aqueles que estão em Portugal podem usar as mesmas plataformas e outras alternativas são: fazer a inscrição no Banco de Emprego IEFP, visitar feiras de emprego e fazer contato com as empresas que recrutam o seu perfil.

Entretanto para ser aprovado e consegui uma oportunidade de TI em Portugal exige preparo, pesquisa de mercado e está com todas as ferramentas de marketing profissional adequadas ao mercado de trabalho português.

Além do currículo, as cartas de apresentação, carta de motivação e declaração de RGDP, é importante o domínio do inglês e outras línguas são diferencial. Para os profissionais que estão fora de Portugal e forem aprovados nas etapas do processo seletivo, em geral a empresa se responsabiliza por viabilizar o visto de trabalho. Aqueles que estão por cá precisam está legalizados no país ou ser cidadão europeu.

Saiba como trabalhar em Portugal.

Dicas de Ouro para  seu perfil e potencializar suas chances de recolocação no mercado de TI em Portugal:

Perfil no Linkedin:

  • Sugestão manter o perfil na versão inglês, com formação, experiência, certificações, publicações e artigo que represente sua experiência  e valorize seus conhecimentos;
  • Atenção a narrativa e ao uso das palavras chaves que identificam suas competências;
  • Destaque os projetos mais relevantes;
  • Siga e faça conexões de qualidade com headhunters de TI e empresas que tenha interesse;
  • Faça networking, seja interessante não interesseiro.

Veja 5 passos para ter um excelente currículo no LinkedIn.

Currículo:

  • Seja objetivo – atenção a narrativa;
  • Destaque suas experiências, importante descrever suas skills técnicas (software, tecnologias, frameworks, etc);
  • Qualificações acadêmicas (Graduação, Mestrado, Doutorado);
  • Certificações caso seja exigido para a oportunidade.

Quais as áreas que estão em alta?

Essas são apenas algumas das principais áreas de TI, mas existem diversas outras para se ter uma carreira de TI em Portugal: Segurança da Informação, Suporte técnico, Programação, Qualidade de Software, Administração de Redes, Programador mobile, Administrador de banco de dados, Especialista em Cloud Computing, Chief Technology Officer, Especialista em e-commerce, DevOps e Gerenciamento de Projeto.

Descubra quais as informações mais valiosas do seu currículo.

Quais as empresas que mais contratam na área de TI em Portugal?

É difícil afirmar ao certo, mas são as maiores empresas de TI:

Outsystems, Feedzai, Vision Box, Bold, Closer, Bi4all e Aptoide, Bring Focus – Consulting, Farfetch, Novabase; Talkdesk; Aubay, Fixe Ads, Qbit, Microsoft, IBM, Siemens, Huawei Tech Portugal, Miniclip, Atos, Blip, Critical Software, OutSystems, Glintt; Webhelp, Ksr, Bi4all, Infosistema, InnoWave Technologies, Green e Noniussoft.

Quais os erros mais comuns dos candidatos na hora de uma recolocação?

Todo processo seletivo exige preparação dos candidatos alguns erros pode comprometer o desempenho do candidato no processo:

  • Falta de autoconhecimento profissional, é importante investir um tempo de qualidade para potencializar seus pontos fortes;
  • Não fazer um planejamento das vagas que deseja, das empresas que interessam, e focar nas possibilidades atuais do mercado;
  • Não organizar as ferramentas de marketing profissional;
  • Continuar procurando emprego das mesma maneira que a algum tempo atrás. Um “novo normal já chegou”, procurar emprego requer novas estratégias e novo posicionamento no mercado para ter condição de se manter ativo.
  • Desistir não pode, persistência e constância devem continuar.
Trabalhar em TI em Portugal
Foto: Dextra.

Os salários em TI são atrativos em Portugal? Qual a média de remuneração?

De acordo com a ultima pesquisa da Salary Survey 2020 mostra que o mercado de TI em Portugal (Tecnologia de informação) continua com as remunerações em crescimento. 

Portugal não tem um dos salários mais altos da Europa (salário mínimo de € 635,00), entretanto os profissionais de Ti recebem em média inicial (perfil Jr.) a partir 2 salários podendo variar até 4 a 5 salários mensal, a depender do perfil do profissional e do potencial da empresa.

A maioria dos profissionais das Tecnologias de Informação em Portugal tem contrato sem termo, os dados apontam que 30% dos profissionais desta área está otimista com a possibilidade de aumentos salariais, com expectativas de passar a receber entre 7% a 20% mais.

Os profissionais experientes têm mais chances de contratação para uma carreira de TI em Portugal?

Os profissionais experientes de fora da Europa são desejados pelas empresas portuguesas, em especial os brasileiros que trabalham com TI são bastante experientes e possuem mais facilidade de adaptação ao país.

Leia também: Morar em Portugal, um guia completo.

É possível fazer todo o processo seletivo estando no Brasil?

Sim. Inicie um pesquisa de vagas e oportunidades de acordo com seu perfil, para isso pode usar o LinkedIn ou outra plataforma profissional. Veja se atende a pelo menos 85% dos requisitos da vaga, então faça as candidaturas online, envie o Currículo ou faça conforme orientação do anúncio. 

Também é importante seguir a empresa no LinkedIn. Caso o perfil seja atrativo para empresa, o recrutador entrará em contato para as próximas etapas do processo seletivo. Em média são 3 entrevistas online, que podem incluir testes técnicos, entrevistas em inglês ou outra língua (alemão, francês), só então faz-se a proposta financeira e os preparativos para a solicitação do visto de trabalho em Portugal.

Dicas para entrevista de emprego online.

Como funciona o seu trabalho de coach e recolocação profissional?

Como psicóloga e coach, no meu trabalho gosto de combinar minha perspectiva sistêmica, como ferramenta de autoconhecimento e autodesenvolvimento para inspirar e capacitar meus clientes a construir sucesso em suas carreiras com confiança e autenticidade.

Fazer uma transição de carreira e mudar de países requer preparo, neste sentido o ciclo de coaching tem como objetivo levar o Coachee (cliente), do estado em que se encontra até onde deseja chegar, seu objetivo.

No meu trabalho de recolocação profissional o objetivo é preparar o profissional para o mercado de trabalho europeu, trabalhamos o autoconhecimento profissional, as ferramentas de marketing profissional, mapeamos o mercado de trabalho de acordo com o perfil e buscamos as oportunidades. Além de acompanhar o profissional em todas as etapas do processo seletivo.

Existem países europeus mais atrativos para trabalhar na área de Tecnologia da Informação?

Na Europa, os melhores países para trabalhar com TI são:

  • Alemanha,
  • França,
  • Suíça,
  • Luxemburgo,
  • Reino Unido,
  • Bélgica,
  • Holanda.

Estes estão entre os melhores mercados de trabalho do mundo e são muito procurados por profissionais que desejam construir uma carreira internacional na área TI. Entretanto é possível ter uma carreira de TI em Portugal, principalmente nas grandes cidades, como Lisboa e Porto.

livro morar fora claudio abdo

*Cupons de desconto Vagas pelo Mundo:

*Ganhe descontos de até € 41,00 euros na sua hospedagem pelo Airbnb, acesse o nosso voucher de desconto (válido para todos os países do mundo).

*Para reservar seu seguro de viagem com desconto, acesse o nosso cupom de desconto do Seguros Promo, você pode comparar seguradoras e escolher a melhor cobertura.

*Compre passagens aéreas com preços promocionais pelo site Passagens Promo e economize mais de 35% para viajar pelo Brasil ou para o exterior.

*Compre um chip internacional de celular antes mesmo de sair no Brasil. Acesse o site America Chip, ganhe 5% de desconto com o voucher: vagaspelomundo e receba em casa.

*Para reservar hotéis com desconto, acesse o site Booking e pesquise as melhores opções de hospedagem.

*Se você vai viajar e precisa alugar um carro, nós recomendamos o site Rentalcars, ele compara os preços de diversas locadoras e você consegue economizar bastante.

Amanda Corrêa

Amanda Corrêa é jornalista brasileira e mora no exterior há 6 anos. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Morou na Inglaterra e atualmente reside em Portugal. Atua há 15 anos na área de Jornalismo, produção de conteúdos, mídias sociais. Com seus textos, ajuda brasileiros e estrangeiros a morarem fora do país e realizarem seus sonhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *