Empregos na Nova Zelândia: confira os profissionais mais bem pagos de 2022

empregos na Nova Zelândia
Foto: DecodeBest Consultancy.

Os empregos na Nova Zelândia mais bem remunerados estão na área de tecnologia, mas existem outros que pagam muito bem. Confira quais são!

A Nova Zelândia é um dos países mais desenvolvidos do mundo e com boas oportunidades de trabalho para estrangeiros. Se você quer ganhar muito dinheiro em algum dos empregos na Nova Zelândia, é melhor se tornar executivo-chefe de uma grande empresa. Porém, se liderar uma grande empresa não está nos seus planos, saiba que as funções mais lucrativas de 2022 no país da Oceania provavelmente serão na área de TI (Tecnologia da Informação).


Empregos na Nova Zelândia

Uma publicação feita pelo site Stuff da Nova Zelândia afirma que o presidente-executivo da Fletcher Building, Ross Taylor, recebeu um pacote salarial total de $ 7 milhões de dólares neozelandeses (mais de US$ 4,7 milhões de dólares americanos) em 2021. Desse modo, Taylor liderou a remuneração dos dirigentes das empresas listadas na Nova Zelândia. Agora imagine isso comparado com o salário médio por hora no país que é de $ 35,25, de acordo com o Stats NZ, ou $ 73.320 por ano.

Em 2022, o setor de tecnologia da informação provavelmente continuará a oferecer os empregos na Nova Zelândia mais bem pagos, de acordo com Matt Tolich, diretor de vendas da Trade Me Jobs. No terceiro trimestre de 2021, todos os 10 cargos mais bem pagos anunciados no site estavam no setor de TI, com um salário médio de $ 129.668, um aumento de 17% em relação ao ano anterior.

Matt Tolich disse: “A indústria de tecnologia está realmente sentindo o peso da escassez de talentos e os salários estão disparando como resultado. Além disso, as fronteiras fechadas estão pressionando o setor, impedindo que novos talentos entrem no país para atender às crescentes necessidades do setor”.

Aproveite para ler: países europeus que oferecem visto para freelancers na Europa.

Outras profissões bem remuneradas no país

A função mais bem paga na Nova Zelândia fora do setor de TI (Tecnologia da Informação) foi em Contabilidade, com um salário médio de $ 126.482 dólares neozelandeses para gerentes e controladores financeiros. Logo atrás estavam as funções de risco e conformidade no setor bancário, financeiro e de seguros, que pagavam um salário médio de $ 122.484, seguidas por funções de gerenciamento de projetos em construção e estradas, que pagavam um salário médio de $ 117.887.

Pagar salários competitivos provou ser uma ferramenta eficaz para atrair e reter talentos no país da Oceania. Atualmente, segundo a publicação do site Stuff o Seek.co.nz não estava informando sobre os números salariais por conta dos bloqueios causados pela pandemia, pois as perdas de empregos estavam distorcendo os dados. Mas o gerente do portal Seek do país, Rob Clark, disse que a publicidade de empregos continua forte e, com um baixo número de inscrições por emprego, continuaria sendo um mercado de candidatos a emprego em 2022.

Você viu? Incentivo para trabalhar no interior de Portugal vai até 2023 e inclui estrangeiros.

Anúncios de vagas e empregos na Nova Zelândia

Os anúncios de emprego no portal Seek na Nova Zelândia subiram 1% em dezembro, o que pode não parecer muito, mas teve um aumento mensal de 5% em novembro de 2021. Havia curiosidade de potenciais candidatos a emprego, mas as pessoas não estavam se candidatando para as vagas.

A publicidade de empregos atingiu níveis recordes em 2021, e a mesma dinâmica estava em jogo em 2022. Nos primeiros 10 dias de 2022, havia 60% mais vagas publicadas no site do que no mesmo período de 2021.

Em dezembro, os anúncios de emprego aumentaram um terço em dezembro de 2019. Ao mesmo tempo, as inscrições para cada vaga caíram 39%. Desse modo, as empresas e os empregadores tiveram que trabalhar mais para colocar melhores ofertas salariais e melhores condições na mesa. O maior volume de anúncios de emprego foi em TI, mas houve crescimento em transporte e logística, comércio e serviços e vagas de saúde e médicas anunciadas no site.

Imigração na Nova Zelândia: veja o que mudou a partir de novembro de 2021.

*Conheça também como conseguir emprego no exterior ainda no Brasil:

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação e Doutor em Estudos de Comunicação, é apaixonado por rock and roll e conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *