Brasil e Portugal iniciam seleção de startups para internacionalização

startups para internacionalização
Foto: Brain.

Programa quer reforçar startups para internacionalização do centro de inovação e fortalecer o relacionamento entre os países.

Você trabalha em uma startup e quer buscar novos mercados? O centro de inovação de negócios digitais, Brain, fundado pela Algar Telecom, em parceria com o TICE.PT (Polo das Tecnologias de Informação, Comunicação e Electrónica de Portugal) e o Nexus (hub de inovação do Parque Tecnológico São José dos Campos), está com inscrições abertas para o Brain Open, uma edição Internacional de seleção para trabalhar em conjunto com startups internacionais. 

O programa quer descobrir startups para o desenvolvimento de novos negócios e produtos em conjunto com o Brasil e Portugal. Serão selecionadas 5 startups com soluções customizáveis que já estejam na fase de tração e com clientes ativos voltadas para Smart Spaces em IoT (Internet das Coisas) capazes de desenvolver casos de negócios. Veja a seguir como se candidatar! 


Brasil e Portugal iniciam seleção de startups para internacionalização: como se inscrever

As inscrições estão abertas para startups dos ecossistemas de inovação de Portugal e de toda a América Latina, que podem enviar propostas de soluções nas categorias temáticas de Smart Home/Office, voltadas para clientes B2B (corporativos) que trabalham num modelo híbrido (escritório físico e home office). 

Além de Espaços de Uso Coletivo, para os que atuam em locais públicos, com grande fluxo de pessoas e ativos, sejam eles públicos, como parques, ou privados, como indústrias e shoppings. 

A ideia é que as tecnologias desenvolvidas em conjunto sejam replicáveis e privilegiem o bem-estar, segurança, monitorização, prevenção e melhoria da experiência de consumo. No final do processo, serão escolhidas até cinco startups que vão trabalhar em conjunto com o Brain para desenvolver novas soluções para a Algar Telecom.

Leia também: Lisboa vai ganhar cidade de inovação para atrair startups e nômades digitais.

Startups brasileiras e portuguesas podem concorrer

Com o objetivo de internacionalizar negócios com relevância, o projeto tem como foco o desenvolvimento de soluções aderentes ao mercado e com sinergia. “Para resolver as necessidades dos clientes, o Brain sempre atuou com o modelo de parceria para o desenvolvimento de soluções disruptivas, trabalhando em colaboração com diversos agentes externos”, explica Zaima Milazzo, presidente do Brain. 

Ela ainda explica: “Tivermos uma primeira seleção em Israel e tivemos uma experiência muito boa. Agora, queremos dar um passo além e ampliar o programa para outros ecossistemas, como o de Portugal e países da América Latina. Desta forma, vamos expandir a atuação internacional do Brain e incorporar a troca de novos conhecimentos e experiências entre diferentes mercados e culturas”. 

Quais as etapas do processo?

Desse modo, se você ficou interessado na internacionalização da sua startup, saiba que as inscrições acontecem até o dia 09 de julho de 2021. O cadastro deve ser feito através do preenchimento de um formulário online que pedirá dados gerais de cada empresa, uma breve descrição da solução e da equipa, pitch deck e um vídeo pitch. 

Depois disso, ainda durante o mês de junho, serão escolhidas até cinco startups/empresas para a imersão. Esta fase consistirá num processo progressivo “pocket”, destinado ao desenvolvimento de Business Cases para a Algar Telecom. 

Os negócios serão aperfeiçoados com recurso a workshops, mentorias e provas de conceito. Com isto, as startups/empresas estarão preparadas para o Demoday, que será o evento de encerramento do programa.

Após a apresentação final, todas as startups selecionadas poderão ser escolhidas e dar continuidade ao trabalho conjunto com a Algar Telecom, garantindo a expansão do negócio.

Vagas na IBM na Europa: multinacional está recrutando, veja os cargos e países.

Como inscrever a sua startup?

Acesse o site e faça a inscrição das startups para internacionalização até o 09 de julho de 2021.

O que o Brain?

O Brain é o Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT) fundado pela Algar Telecom, com sede em Uberlândia-MG e filiais em São Paulo-SP e Recife-PE. Através do seu modelo de inovação aberta e parcerias estratégicas, o Brain promove o desenvolvimento de soluções disruptivas com o foco na Internet of Things (IoT), Digital, 5G e Cloud/Edge Computing, para áreas de negócios como Agronegócios e Farming, Indústria 4.0, Saúde, Small Medium Business e Smart Spaces. Os novos produtos, serviços e modelos de negócio são criados com o objetivo de simplificar o dia a dia das pessoas e empresas. 

Quem é a Algar Telecom?

A Algar Telecom é uma empresa do grupo Algar, possui um amplo portfólio com soluções de Telecom e TI para atender quer os clientes corporativos (B2B) como os consumidores finais (B2C). A companhia oferece internet por fibra óptica em ultravelocidade, rede de qualidade, serviços de voz, dados, e TI, incluindo serviços de cloud, de segurança de rede, e também sistemas de gestão para pequenas empresas.

A TICE.PT

O Pólo das Tecnologias de Informação, Comunicação e Electrónica – TICE.PT tem sede em Aveiro e foi criado em 2008. A plataforma de concertação TICE.PT promove as interfaces entre o mundo acadêmico, representado por universidades e institutos de I&D, e o mundo dos negócios. 

O TICE.PT pretende produzir efeitos positivos na oferta nacional portuguesa estimulados pela inovação e conhecimento, criando uma capacidade de exportação nos produtos de Portugal.

Confira também emprego na Alemanha: vagas para quem fala português.

Amanda Corrêa

Amanda Corrêa é uma jornalista brasileira que mora no exterior há 7 anos. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Morou na Inglaterra e atualmente reside em Portugal. Atua na área de Jornalismo, produção de conteúdos e mídias sociais. Com seu trabalho, ajuda brasileiros e estrangeiros a morarem fora do país e realizarem seus sonhos!

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *