Estado americano quer atrair nômades digitais e vai pagar por isso

estado americano quer atrair nômades digitais
Foto: Quando Ir.

Estado americano quer atrair nômades digitais e já está aceitando candidaturas. Confira os valores e todas as informações necessárias!

Com o mundo se abrindo para trabalhadores remotos e nômades digitais, um número crescente de destinos está oferecendo incentivos para atrair profissionais. Isso inclui West Virginia, um estado norte-americano que anunciou que vai pagar àqueles que se mudarem para lá US$ 12 mil (doze mil dólares) e dar a eles recreação ao ar livre gratuita por um ano no valor de mais de US$ 2.500 (dois mil e quinhentos dólares).


Estado americano quer atrair nômades digitais e vai pagar por isso

O programa Ascend WV oferece aos trabalhadores remotos que se mudam para West Virginia US$ 10 mil (dez mil dólares) em dinheiro durante o primeiro ano e US$ 2 mil (dois mil dólares) durante o segundo ano. Os profissionais que participarem do programa poderão aproveitar um espaço de coworking gratuito para ficar conectado e participar de eventos para conectar empresários com líderes empresariais estaduais.

Além disso, também será possível para os nômades digitais obterem certificações de trabalho remoto por meio da West Virginia University e de acesso ao ecossistema de empreendedorismo da John Chambers College of Business and Economics.

Veja também: lançamento do programa de aluguéis acessíveis em Lisboa já está recebendo candidaturas.

Sobre West Virginia

New River Gorge Park and Preserve
Foto: New River Gorge Park and Preserve (National Park Foundation).

O estado americano de West virginia nos Estados Unidos é conhecido por sua vida ao ar livre. Por isso o programa que vai vai pagar para atrair nômades digitais está oferecendo um pacote de recreação para os participantes para incentivar um equilíbrio saudável entre vida profissional e familiar.

É possível explorar rios com corredeiras, 4 mil rotas de escalada, milhões de hectares de parques e trilhas públicas e o mais novo parque nacional dos Estados Unidos, o New River Gorge Park and Preserve.

O pacote também oferece excursões guiadas para conhecer os locais de recreação ao ar livre de West Virginia e acesso a mais de US$ 1.200 (mil e duzentos dólares) para ser gasto em aluguel gratuito de equipamentos ao ar livre para uso com a família e amigos. “Estamos desenrolando o tapete vermelho e convidando trabalhadores remotos de todo o país para fazer de Almost Heaven, West Virginia, sua casa”, disse o governador de West Virginia, Jim Justice.

Saiba mais: Lisboa vai ganhar cidade de inovação para atrair startups e nômades digitais.

Estado americano quer atrair nômades digitais: como se candidatar

Para serem elegíveis para o programa, os participantes devem trabalhar remotamente ou ter a capacidade de trabalhar à distância e em tempo integral em uma empresa localizada fora de West Virginia ou serem autônomos fora do estado americano.

Além disso, serão exigidas provas de emprego e renda antes da aceitação. Eles devem residir em tempo integral fora do estado e ter a capacidade de se mudar para a área metropolitana de Morgantown no prazo de seis meses após a aceitação. Eles também devem ser cidadãos americanos ou terem uma residência legal permanente.

As inscrições já estão sendo aceitas para Morgantown , que será a primeira das cidades participantes do estado, com outras, incluindo Lewisburg e Shepherdstown. Para saber mais e se inscrever no programa que vai pagar para atrair nômades digitais, acesse o site Ascend WV e confira todas as informações.

Conheça quais as 100 melhores empresas para empregos remotos em 2021.

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação e Doutor em Estudos de Comunicação, é apaixonado por rock and roll e conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *