Amazon está contratando 4.800 pessoas na Filadélfia

Amazon está contratando
Foto: OPISAS.

A Amazon está contratando milhares de novos colaboradores na cidade americana no estado da Pensilvânia. Saiba mais!

A Amazon planeja contratar milhares de trabalhadores na cidade da Filadélfia e em sua região metropolitana. A gigante da tecnologia e do varejo está expandindo rapidamente na área e anunciou que está em busca de cerca de 4.800 funcionários na cidade americana e condados vizinhos. No total a Amazon está contratando 125 mil pessoas nos Estados Unidos como parte de um plano nacional de contratação.


EUA: Amazon está contratando na Filadélfia

A Amazon está contratando 4.800 pessoas em toda a região da Filadélfia segundo informações do jornal The Philadelphia Inquirer. Os trabalhos realizados no depósito da companhia vêm com um salário médio inicial de US$ 18 por hora, mais plano de saúde, aposentadoria e outros benefícios. As posições incluem classificadores de pacotes e funcionários que descarregam caminhões e reboques.

Com a pandemia, muitos consumidores americanos passaram a fazer compras online. Com isso, a Amazon construiu novas instalações e em 2020 publicou mais vagas de emprego na Filadélfia que qualquer outra empresa ou empregador na cidade. A Amazon tinha mais de 50 armazéns em operação ou em construção na região até abril de 2021 e a empresa emprega atualmente cerca de 25 mil pessoas somente no estado da Pensilvânia.

Vagas abertas na UPS: multinacional vai contratar 100 mil pessoas nos Estados Unidos.

Empregos em alta na Amazon

Funcionários da Amazon anunciaram a última onda de contratações durante uma coletiva de imprensa realizadas nas proximidades da prefeitura da cidade. Os colaboradores da empresa elogiaram a companhia por contratar residentes em um momento em que o desemprego continua alto. Existem agora quase 670 mil empregos na Filadélfia, ainda abaixo dos 750 mil que a cidade tinha em fevereiro de 2020, disse o prefeito Jim Kenney.

Funcionários da Amazon não disseram quantos trabalhadores da cidade seriam contratados. Mas ela planeja concentrar seus esforços de contratação em comunidades carentes, disse Sam Bankole, gerente sênior de pessoal da empresa. Isso poderia incluir Camden e Wilmington também, disseram autoridades da Amazon. A empresa também expandirá os benefícios para os trabalhadores, incluindo mensalidades universitárias completas e programas de treinamento de habilidades.

Vagas em Austin: capital do Texas está com mercado de trabalho muito aquecido.

Críticas de grupos trabalhistas à Amazon

A gigante do varejo na web tem enfrentado críticas de grupos trabalhistas e comunitários nos Estados Unidos. Uma análise feita pelo jornal The Philadelphia Inquirer sobre dados do governo federal mostrou que os armazéns da Amazon na Pensilvânia, Nova Jersey e Delaware tinham taxas mais altas de ferimentos graves do que as instalações administradas por outras empresas. Os moradores também reclamaram do aumento do tráfego de caminhões de entrega nos bairros onde ficam os armazéns da empresa.

De acordo com Sam Bankole, a Amazon leva a segurança a sério e conduz milhares de observações de segurança diariamente e fazendo parceria com cientistas e profissionais de saúde para melhorar os padrões de segurança. Quanto ao tráfego, a empresa está organizando rotas de entrega para evitar os horários de pico da manhã e da noite, disse Maura Kennedy, gerente de desenvolvimento econômico da Amazon.

Ofertas de emprego na Samsung: empresa anuncia plano de investimento e criação de 40 mil vagas.

Amazon está contratando na Filadélfia: como se candidatar

Se você se interessou pelas oportunidades de emprego na Amazon na cidade da Filadélfia, acesse o portal de empregos e carreiras da companhia. Após fazer isso, indique o local onde busca por vagas, a oferta de trabalho, leia os requisitos e, caso os cumpra, envie o seu currículo diretamente para a empresa. Boa sorte!

*Conheça também as cidades americanas que pagam para você morar lá e que possuem programas de incentivos:

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação e Doutor em Estudos de Comunicação, é apaixonado por rock and roll e conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *