Após parceria com governo, Microsoft vai contratar em Portugal 300 novos colaboradores

Microsoft Portugal
Foto: Microsoft News.

Microsoft vai contratar em Portugal 300 novos colaboradores depois de assinar um memorando de entendimento com governo português para acelerar recuperação econômica. Saiba mais!

A Microsoft Portugal estabeleceu hoje uma Parceria Estratégica para o Setor Digital com o governo do país europeu. A intenção da companhia é, além de atuar diretamente no reforço da estratégia de transição digital do país nos setores público e privado, colaborar para acelerar a recuperação econômica portuguesa.


Microsoft vai contratar em Portugal

A parceria foi estabelecida após a assinatura de um memorando de entendimento. O documento foi assinado pelo Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital de Portugal, Pedro Siza Vieira e pela Diretora Geral da Microsoft Portugal, Paula Panarra.

O Plano de Ação para a Transição Digital vai se alinhar com o programa “Ativar Portugal”. Desse modo, a parceria entre a Microsoft e o Governo de Portugal será dividido em três pilares estratégicos: pessoas, empresas e Estado Digital. A ideia é começar os trabalho até o fim de 2022.

Leia também: como economizar no supermercado em Portugal.

Os pilares da parceria

Ainda em relação aos pilares da parceria firmada entre a Microsoft e o governo português, na área de pessoas, a multinacional vai disponibilizar recursos para que as pessoas possam se qualificar e se prepararem para o mercado de trabalho. No caso das empresas, a companhia irá disponibilizar ferramentas para a inovação e transformação digital.

Por fim, quando o tema é Estado Digital, a Microsoft quer ajudar a agilizar a modernização do Estado português e o reforço na capacitação dos seus funcionários públicos. No evento de assinatura da parceria, o Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira afirmou:

“No futuro próximo, Portugal terá uma oportunidade única para realizar investimentos que permitirão incrementar as qualificações da força de trabalho e, sobretudo, desenvolver a requalificação de ativos. A transição digital coloca muitos desafios ao trabalho e o País precisa de qualificar a população para que possa estar à altura destes desafios. Estou convicto que esta parceria reforça o compromisso coletivo do Estado português para a capacitação digital, imperativa para que o País possa alcançar um novo capítulo de prosperidade e produtividade.”

Pedro Siza Vieira — Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital

Aproveite para ler: custo de vida em Portugal.

Microsoft em Portugal

A Microsoft está em Portugal há 30 anos e Paula Panarra, Diretora Geral da Microsoft Portugal, disse que: “Este memorando vem reforçar o nosso papel enquanto agentes da recuperação económica e resiliência digital tão necessárias no contexto atual, assim como na construção de um futuro mais sustentável.

Em conjunto com o Governo, parceiros e associações, pretendemos potenciar a tecnologia como motor de crescimento económico e dar resposta às necessidades de um mercado que é cada vez mais global e digital.”

Na publicação feita pelo site da multinacional, é possível ler que “a missão da Microsoft é capacitar cada pessoa e cada organização para alcançarem mais e melhor, o que reflete o compromisso de promover o acesso e utilização da tecnologia, em igualdade de condições, de forma responsável e segura”.

Veja mais: Google planeja criar novos empregos em Portugal.

Microsoft vai contratar em Portugal 300 novos colaboradores

Além dos cursos de capacitação, a Global Skills Initiative, uma iniciativa da Microsoft, a empresa está disponibilizando de forma gratuita cerca de 100 cursos em português, com base em conteúdos da Microsoft, Linkedin e GitHub. A iniciativa da companhia pretende capacitar 25 milhões de pessoas em todo o mundo e 100 mil em Portugal.

Há também a renovação da parceria com o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP), na criação de academias da Microsoft Imagine Academy, com cursos que pretendem promover a certificação e a capacitação tecnológica de mais de 70 mil alunos.

No caso das empresas, a Microsoft afirma que vai continuar apostando no plano de crescimento de recursos humanos altamente qualificados em Portugal. Desse modo, vai contratar 300 novos colaboradores, chegando ao total de 1.500 funcionários em Portugal.

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação, faz Doutorado em Estudos de Comunicação. Apaixonado por rock and roll, conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

One thought on “Após parceria com governo, Microsoft vai contratar em Portugal 300 novos colaboradores

  • 30 de novembro de 2020 em 11:04 am
    Permalink

    Muito bonito o artigo, mais como podemos nos candidatar às vagas em questão? Beijinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *