Sobram vagas para açougueiros no Reino Unido

vagas para açougueiros no Reino Unido
Foto: The Times.

Existem tantas vagas para açougueiros no Reino Unido que empresas do país estão tendo que exportar animais para o abate. Saiba mais!

Diversas empresas de carne do Reino Unido estão tendo que exportar animais para outros países da União Europeia para abate. A falta de pessoal faz com que os animais vivos e as carcaças sejam exportadas do Reino Unido para processamento em outros países e depois reimportadas. Confira tudo sobre a dificuldade em preencher vagas para açougueiros no Reino Unido.


Vagas para açougueiros no Reino Unido

Os produtores de carne britânicos começaram a exportar carcaças de carne bovina para outros países da Europa, incluindo a Irlanda, para abate. As informações foram publicadas pelo jornal irlandês Irish Times e afirmam que os animais são exportados vivos ou suas carcaças e depois as empresas precisam reimportá-las devido à escassez de mão de obra e excesso de vagas para açougueiros no Reino Unido.

A British Meat Processors Association (BMPA) informou também que carcaças de carne bovina foram colocadas em caminhões e enviadas de balsa para a Irlanda. Lá foram encaminhadas para fábricas de corte e embalagem para serem abatidas e depois enviadas de volta ao Reino Unido.

Leia mais: vistos para caminhoneiro no Reino Unido: urgência para diminuir a escassez.

Faltam açougueiros no Reino Unido

O presidente-executivo da associação, Nick Allen, disse que “Devido à escassez de trabalhadores da carne no Reino Unido e às limitações de recrutamento causadas pela política de imigração, os processadores estão aproveitando o fato de que outros países estão contratando mão de obra extra de todo o mundo e exportando carne para ser processada e devolvida a este país”. Allen afirmou ainda que “Embora seja um custo adicional, é uma opção melhor do que prateleiras vazias e animais se acumulando nas fazendas”.

Bônus para motoristas de caminhão no Reino Unido: empresas pagam até £ 1.500 de boas-vindas.

Vagas para açougueiros no Reino Unido e falta de pessoal em números

Há uma falta de pessoal de 15% em muitas fábricas de carne no Reino Unido, chegando a 20% em alguns casos, disse Allen. O setor de carne bovina do Reino Unido precisa preencher 15.000 vagas, a maioria delas qualificadas ou semiqualificadas, acrescentou ele. No mês passado, o governo britânico concordou em emitir 800 vistos temporários para açougueiros trabalharem no Reino Unido por seis meses, mas o governo não disse quantos pedidos foram feitos.

Os vistos de emergência para tentar preencher as vagas para açougueiros no Reino Unido serão de seis meses e irão chegar inicialmente a 800 açougueiros estrangeiros. O governo britânico quer evitar o abate em massa de suínos e muitos fazendeiros estão reclamando do êxodo de trabalhadores de matadouros e processadores de carne que deixou o setor de carne suína do Reino Unido lutando pela sobrevivência.

Falta de trabalhadores estrangeiros no Reino Unido: salários sobem 30%.

Motivos para a falta de pessoal

Uma combinação de BREXIT e pandemia de COVID-19 desencadeou um êxodo de trabalhadores do Reino Unido, especialmente de países do Leste Europeu. De acordo com a National Pig Association, cerca de 120 mil porcos estão em celeiros e campos em todo o país esperando para serem abatidos. O secretário do Meio Ambiente, George Eustice, disse que os vistos temporários resolveriam o problema que os agricultores afirmam estar colocando em risco a subsistência e causando problemas de bem-estar animal.

Em matéria publicada pela Reuters, Eustice disse: “O que vamos fazer é permitir que açougueiros em matadouros e processadores de carne que lidam com porcos possam entrar temporariamente no esquema de trabalhador sazonal por até seis meses. Isso nos ajudará a lidar com o acúmulo de porcos que temos atualmente em fazendas para dar a esses processadores de carne a capacidade de abater mais porcos”.

Motorista de caminhão no Reino Unido: governo alivia regras para atrair caminhoneiros estrangeiros.

Exigências para imigração para o Reino Unido

Eustice disse ainda que cerca de 800 açougueiros serão necessários, em regime de urgência, para ajudar a diminuir o acúmulo de animais. O político anunciou também uma ajuda para que os matadouros consigam armazenar carne. Todavia, ele disse que o governo britânico decidiu não diminuir a exigência da língua inglesa para vistos qualificados para permitir que mais açougueiros imigrem para o Reino Unido.

A National Pig Association disse em um comunicado que estava “muito aliviada” pelo governo ter proposto medidas para reduzir o atraso, enquanto o vice-presidente do National Farmers ‘Union, Tom Bradshaw, disse à Times Radio que os vistos são “um passo na direção certa”. “O mais importante é a rapidez com que podemos trazer esses açougueiros para cá?”, Disse ele. “Nós precisamos deles aqui o mais rápido possível.”

Faltam motoristas de ônibus no Reino Unido: país enfrenta escassez de mão de obra.

Sobram vagas para açougueiros no Reino Unido e outros profissionais

A falta de açougueiros é apenas uma das várias áreas em que o Reino Unido enfrenta uma grave escassez de mão de obra. O governo britânico anunciou em setembro que iria emitir vistos temporários para 5 mil motoristas de caminhão estrangeiros e 5.500 trabalhadores avícolas. Porém, o governo quer que as empresas invistam na força de trabalho britânica em vez de depender de mão de obra estrangeira barata.

Os ministros também têm se esforçado para minimizar as sugestões de que a saída do Reino Unido da União Europeia foi o principal problema que afetou os trabalhadores nas cadeias de abastecimento. Muitos trabalhadores da indústria de suínos voltaram para casa durante a pandemia e simplesmente não voltaram. “É um quadro complexo: houve muitas interrupções no mercado, problemas de acesso ao mercado chinês, talvez alguma superprodução… e sim, a mão de obra foi um fator agravante, mas não foi o único fator”, disse Eustice.

Você viu? Aumento do salário mínimo no Reino Unido em 2022.

“A indústria de suínos, e em comum com muitas partes da indústria de alimentos, viu uma perda de pessoal porque muitos dos cidadãos da União Europeia de quem dependiam deixaram durante a pandemia – nada a ver com o BREXIT”. Como parte das medidas para resolver o problema da falta de motoristas de caminhão, ele disse que as regras de cabotagem para motoristas da União Europeia seriam relaxadas para que eles pudessem fazer quantas viagens quisessem em um período de duas semanas.

*Veja os motivos da falta de caminhoneiros no Reino Unido:

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação e Doutor em Estudos de Comunicação, é apaixonado por rock and roll e conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

blank

2 thoughts on “Sobram vagas para açougueiros no Reino Unido

  • blank
    14 de março de 2022 em 5:01 pm
    Permalink

    Concordo em ir pra outro país, tenho experiência como açougueiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *