Conheça a recém inaugurada ciclovia na Irlanda com 130 km

Ciclovia na Irlanda Royal Canal Greenway
Foto: Independent ie

A ciclovia na Irlanda foi inaugurada em 24 de março de 2021 e promete ser uma excelente opção para quem gosta de praticar esportes ao ar livre. Saiba mais!

Inaugurado em 24 de março de 2021, o encantador Royal Canal Greenway é uma nova ciclovia na Irlanda que tem 130 km. Com um caminho plano, é ideal para quem gosta de caminhar, correr ou pedalar independentemente da idade ou do nível dos praticantes. Conheça tudo sobre a recém inaugurada ciclovia na Irlanda.


Nova ciclovia na Irlanda

O Royal Canal Greenway se estende ao longo de um canal histórico de 225 anos. Ele começa em Maynooth e passa por Kildare, Meath, Westmeath e Longford. Há cafés, locais para piquenique e atrações ao longo do caminho, e paisagens rústicas e industriais combinadas com campos, lindas vilas, eclusas em funcionamento e marcos históricos. Por ser um caminho plano, é ideal para caminhantes, corredores e ciclistas de todas as idades e níveis.

É possível pedalar entre qualquer uma das principais cidades por onde a nova ciclovia na Irlanda passa e voltar de trem para o ponto de partida. As vias verdes e trilhas da Irlanda são uma ótima maneira de ver algumas das partes mais bonitas e preservadas do país. Para quem curte fazer atividades ao ar livre, o caminho de 130 km é um excelente convite e passa por quatro condados.

Leia também: melhores sites para encontrar emprego na Irlanda.

País preparado para os amantes do ciclismo

A ciclovia na Irlanda é uma nova rota que se soma às outras vias populares no país europeu. Por exemplo, a Waterford Greenway, que tem 46 km de extensão, a Great Western Greenway, uma trilha de 42 km em Mayo e a Great Southern Trail, uma trilha de ciclismo e caminhada off-road de 40 km em Limerick.

Também faz parte da EuroVelo 2, uma “Rota das Capitais” de 5.000 km que passa pela Irlanda, Reino Unido, Holanda, Alemanha, Polônia e Rússia.

Atualmente, por conta das restrições da pandemia de COVID-19, as autoridades da Irlanda só permitem que os residentes viajem até 5 km de suas casas. Entretanto, tão logo as restrições comecem a diminuir, a nova ciclovia na Irlanda se tornará uma excelente opção de passeio para pessoas de todas as idades.

Veja mais: descubra quais serão os empregos e qualificações com demanda em 2025 na Irlanda.

Projeto da nova ciclovia na Irlanda

O projeto da nova ciclovia na Irlanda foi coordenado pela Waterways Ireland e permite que aqueles que a utilizam circulem entre qualquer uma das principais cidades e retornem de trem para o local de partida. O National Famine Way de 165 km autoguiado também viaja em grande parte ao longo da via, seguindo os passos de 1490 emigrantes que caminharam de Roscommon a Dublin no auge da fome em 1847.

A nova ciclovia na Irlanda inicia na cidade de Maynooth, a 26 quilômetros para o oeste de Dublin, capital do país. O Royal Canal Greenway é um antigo caminho de reboque para barcaças com 90 pontes, 33 eclusas, 17 portos e quatro aquedutos. Os usuários do Greenway podem escolher completar toda a trilha plana off-road de 130 km em uma visita ou explorar as rotas designadas mais curtas – variando de 6 a 15 km – entre os 14 pontos de acesso de conexão e cidades.

As atrações de alto nível que ligam ao Royal Canal Greenway são trilhas para Carton House em Maynooth e o Corlea Trackway Visitor Centre – uma das maiores estradas pré-históricas da Europa – em Longford. Aqueles que viajam nele podem seguir por onde as barcaças puxadas por cavalos costumavam viajar e ficar de olho nas maravilhas da vida selvagem escondidas ao longo do caminho.

Saiba mais: Intel vai criar 1.600 vagas de emprego na Irlanda.

Ciclovia na Irlanda une passado e presente

Royal Canal Greenway
Foto: Royal Canal Greenway.

O turismo sustentável está em alta em todo o mundo e na Irlanda não e diferente. Com o país europeu se tornando um destino cada vez mais escolhido por empresas de tecnologia, inaugurar uma nova ciclovia é aposta certa do governo na atração e promoção do país como destino sustentável.

Além disso, para Malcolm Noonan, TD, Ministro de Estado do Departamento de Habitação, Governo Local e Patrimônio, “esta é uma via verde com um passado notável”. O político disse ainda que “de sua trágica conexão com a fome até seu apogeu em meados da década de 1880, quando era a autoestrada de seu tempo, o Royal Canal Greenway é uma comodidade que está continuamente se reinventando”.

Ainda para Noonan, “é fantástico vê-lo se tornar um destino de turismo ao ar livre significativo e uma comodidade de lazer para a Irlanda. Uma maravilha da engenharia de 225 anos que agora é um refúgio para a era moderna. Enquanto olhamos para um futuro mais verde, esta via será um veículo instrumental para a promoção e desenvolvimento do turismo sustentável na Irlanda”. Visite o site do Royal Canal Greenway e saiba tudo sobre a atração.

Leia também: Accor abrirá primeiro hotel digital na Europa.

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação e Doutor em Estudos de Comunicação, é apaixonado por rock and roll e conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *