Imigração nos Estados Unidos: atenção com suas redes sociais

Imigracao nos Estados Unidos
Foto: Hstoday

Amigos amigos… oficiais de imigração dos Estados Unidos à parte.

As novas políticas de imigração nos Estados Unidos têm rodado o mundo, especialmente por conta das recentes polêmicas envolvendo os oficiais de imigração do país da América do Norte. Num recente caso, um estudante da Palestina foi deportado após uma verificação dos conteúdos nas suas redes sociais.





Imigração nos Estados Unidos

De acordo com a Organização Internacional para as Migrações (OIM), no ano de 2017 49,8 milhões de cidadãos estrangeiros viviam nos Estados Unidos. Ou seja, quando o assunto é a imigração nos Estados Unidos, podemos ter a certeza de que estamos falando do país com o maior número de imigrantes em todo o mundo.

Morar nos Estados Unidos: tipos de vistos.

Verificação das redes sociais

As autoridades e oficiais de imigração nos Estados Unidos estão cada vez mais rigorosos com os cidadãos que entram no país através de suas fronteiras e isso significa que a lei está (SEMPRE) do lado dos profissionais e não dos viajantes.

curta-fanpage

Um dos últimos casos e que está repercutindo em todo o mundo é o do jovem palestino Ismail Ajjawi de 17 anos. Ele desembarcou no Aeroporto Internacional de Boston (Logan) para iniciar o seu primeiro ano de estudos na renomada Universidade de Harvard.

Porém, no momento de sua passagem pela imigração os oficiais pediram para verificar as redes sociais de Ismail Ajjawi em seu smartphone e computador e, por não concordarem com o que os amigos de Ismail haviam postado sobre os Estados Unidos, barraram a sua entrada no país e o deportaram.

Veja também quais são as 20 cidades que mais contratam nos Estados Unidos.

Casos frequentes

Somente em 2018 mais de 30 mil dispositivos eletrônicos de viajantes foram verificados pelos oficiais de imigração nos Estados Unidos, o maior número desde 2015. Algumas ONG´s ligadas aos direitos humanos afirmam que as verificações acontecem mais frequentemente com estudantes e cidadãos árabes e muçulmanos, pois assim a deportação é facilitada sem a necessidade de uma maior investigação.

Visto H2B: saiba como trabalhar nos Estados Unidos.

Cuidados importantes

Mesmo depois de ter o pedido de visto aceito nos consulados e embaixadas dos Estados Unidos em seu país de origem, o viajante precisa estar atento quando desembarcar nos aeroportos americanos, pois a autorização de entrada acontece no momento do desembarque no país.

A fiscalização está cada vez mais apertada e a imigração nos Estados Unidos é bastante severa. Portanto manter a calma é sempre a melhor coisa a fazer no momento da abordagem dos oficiais de imigração e, obviamente, falar sempre a verdade! Nunca minta, fale sempre a verdade aos políciais.

Saiba como fazer o Visto Americano de turismo.

Além disso tomar alguns cuidados simples podem tornar tudo mais tranquilo:

  • Redobre a atenção às páginas que você curte nas redes sociais;
  • Não poste nada que possa prejudicar sua entrada nos Estados Unidos;
  • Tenha cuidado com o que seus amigos postam sobre os Estados Unidos e desfaça a amizade antes da viagem.

Esse pode ser um motivo suficiente para que um oficial de imigração americano diga não para você e proíba a sua entrada por lá. Mantenha a calma, responda tudo que lhe for perguntado e leve tudo impresso: comprovante do hotel, passagem de volta, lugares que irá visitar, contatos que tiver no país, dinheiro e cartões de crédito para se manter, seguro de viagem, etc.

Conheça quais as melhores cidades para morar nos Estados Unidos.

livro morar fora claudio abdo

*Para fazer transferências internacionais de dinheiro, o Vagas pelo Mundo recomenda o site Remessa Online. Acesse o site e ganhe 10% de desconto em todas as suas transações utilizando o VOUCHER Remessa Online: vagaspelomundo.

*Para reservar hotéis com desconto, acesse o site Booking e pesquise as melhores opções de hospedagem.

*Para obter descontos de até € 41,00 euros na sua hospedagem pelo Airbnb, acesse o nosso voucher de desconto.

*Se você vai viajar e precisa alugar um carro, nós recomendamos o site Rentalcars, ele compara os preços de diversas locadoras e você consegue economizar bastante.



Amanda Corrêa

Amanda Corrêa é jornalista, brasileira e mora no exterior há 5 anos. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Morou na Inglaterra e atualmente reside em Portugal. Atua há 14 anos na área de Jornalismo, produção de conteúdos, mídias sociais. Com seus textos, ajuda brasileiros e estrangeiros a morarem fora do país e realizarem seus sonhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *