Como estudar em Portugal

como estudar em Portugal
Foto: Scholarship Update.

Confira o passo a passo de como estudar em Portugal, quando começa o ano letivo, os valores das mensalidades e mais dicas.

*Atualizada em 28 de fevereiro de 2022.

Estudar em Portugal é o sonho de muitos brasileiros que querem continuar seus estudos na Europa. A facilidade de adaptação ao clima, falar a mesma língua (ou quase), os hábitos culturais nos aproximam muito de Portugal. Por isso, se você está planejando fazer intercâmbio em Portugal, uma Gradução, Mestrado, Doutorado ou Pós-Doc, confira o passo a passo a seguir.





Como estudar em Portugal

O primeiro passo para saber como estudar em Portugal é pesquisar os cursos ou programas que você tem interesse. Conhecer as universidades portuguesas e em quais cidades elas estão localizadas. Além das universidades públicas portuguesas, existem os Institutos Politécnicos e as Universidades privadas. Pesquise qual curso você gostaria de cursar, se candidate e pesquise sobre o custo de vida na cidade.

Grande parte dos cursos de Licenciatura em Portugal são em período integral, com duração de 3 anos (exceto os cursos da área da Saúde). Já os Mestrados Integrados têm a duração de 5 anos (3 anos de Licenciatura + 2 anos de Mestrado) e o aluno já sai com o título de Mestre.

Intercâmbio em Portugal

O Erasmus+ é um programa de intercâmbio para quem quer estudar na Europa durante a graduação. É possível fazer um ou dois semestres em Portugal e validar essas disciplinas no Brasil. A inscrição deve ser feita na universidade em que você estuda no Brasil e, muitas instituições possuem convênios e parcerias com as universidades portuguesas.

Durante o programa Erasmus+ é possível alugar um quarto em Portugal (média de € 300 a € 400 por mês com as despesas incluídas) ou então morar na residência universitária das universidades (quartos entre € 175 por mês a € 220,00 por mês – com número de vagas limitada). Veja os preços da residência universitária da Universidade de Lisboa no site.

Outra forma de encontrar quartos para alugar em Portugal é através do site Uniplaces. Lá você encontra várias opções de moradia para estudantes, para alugar por semestre ou por ano.

Leia também: União Europeia expande Programa Erasmus+ até 2027.

Ano letivo na Europa

O ano letivo na Europa tem início sempre em Setembro. O primeiro semestre do ano vai até janeiro (com pausa entre Natal e Ano Novo). Já o segundo semestre tem início em fevereiro e termina em junho. No final do ano letivo há a Queima das Fitas ou então o Enterro da Gata, que são tradições universitárias que simbolizam o fim de um ciclo de estudos.

Como guardar dinheiro para sair do país?

Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado

Para quem já é formado e quer fazer Mestrado em Portugal, Doutorado ou Pós-Doutorado, o primeiro passo é pesquisar todas as universidades do país e pesquisar o curso que você tem interesse. Normalmente os Mestrados são bem específicos e possuem muitas ofertas educativas. Depois de achar o curso certo, faça sua inscrição entre os meses de abril e julho. A maioria das universidades do país possuem sistema PayPal para pagamento da taxa de inscrição e matrícula para quem mora no exterior.

A entrada no Mestrado é feita através do seu histórico escolar, diploma, currículo e carta de motivação. Já no Doutoramento e Pós-Doutoramento é necessário um projeto sobre o seu tema de pesquisa, além de seus diplomas, históricos escolares e curriculum vitae. Depois de aprovado e inscrito na universidade é preciso fazer o visto para Portugal e o seguro de saúde PB4 – o Certificado de Direito à Assistência Médica (CDAM). Ele é gratuito e disponível pelo governo do Brasil.

Universidades em Portugal

Portugal possui excelentes universidades de Norte a Sul do país. Existem instituições portuguesas nos rankings das melhores universidades do mundo. Conheça as melhores universidades de Portugal.

Como estudar em Portugal: adaptação e aulas

As aulas são ministradas em português e muitas turmas de Mestrado são pós-laborais (depois das 18h – verifique o horário das aulas antes de fazer a inscrição). Já as aulas do Programa Erasmus+ são na sua maioria durante o dia. O Doutorado normalmente possui aulas nas sextas durante o dia e nos sábados (dependendo do curso e instituição de ensino).

A adaptação dos alunos de forma geral é rápida, pois existem muitos alunos internacionais. As universidades costumam receber muitos alunos estrangeiros e os professores estão preparados para lidar com a multiculturalidade dentro da sala de aula. É claro, que podem haver exceções, pois já foram relatados casos de xenofobia em Portugal contra alunos brasileiros. Por isso, é preciso tentar fazer amigos logo no início e tentar se inserir na sociedade portuguesa para se sentir mais pertencente ao país.

Toda mudança de país requer muita coragem, determinação e muita resiliência. Esteja preparado para os desafios que irá encontrar e tenha um objetivo de vida muito claro. Não desista e lembre-se: cada experiência e desafio te farão crescer. Estudar no exterior é uma oportunidade de se abrir ao novo, de conhecer novas nacionalidades/culturas, fazer amigos, ter aulas com grandes professores e aprender coisas que você jamais aprenderia morando no seu país.

Agarre a oportunidade de estudar no exterior de forma comprometida, aproveite ao máximo esse tempo de estudos e aprendizados. Com certeza, você irá crescer e aprender muito. Depois que vamos morar fora, o mundo fica bem menor e nada mais nos parece impossível.

Aproveite para ler: entrei na universidade, e agora? 6 dicas para sua rotina acadêmica.

Valores das mensalidades

As mensalidades para estudar em Portugal são chamadas de propinas e as universidades públicas também são pagas. Os valores dependem da universidade e do curso escolhido. Para se ter uma ideia de preços, uma graduação para alunos internacionais custa entre € 4.000 a € 6.000 por ano. Já quem possui Nacionalidade Portuguesa paga menos.

Já um Mestrado em Portugal varia entre € 1.050 e € 7.000 por ano e um Doutorado entre € 2.750 a € 3.000 anual em universidades públicas.

Gostou das informações? Então compartilhe com seus amigos que planejam estudar em Portugal!

Estudar fora: 7 dicas fundamentais para se dar bem no exterior.

*Veja também o vídeo de como entrar na universidade em Portugal e aproveite para se inscrever e conhecer outros vídeos do canal:



Amanda Corrêa

Amanda Corrêa é uma jornalista brasileira que mora no exterior há 8 anos. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Morou na Inglaterra e atualmente reside em Portugal. Atua na área de Jornalismo, produção de conteúdos e mídias sociais. Com seu trabalho, ajuda brasileiros e estrangeiros a morarem fora do país e realizarem seus sonhos!

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *