20 melhores universidades da Espanha 2021

melhores universidades da Espanha
Foto: Alex Azabache – Pexels.

A lista da Forbes mostra quais as melhores universidades da Espanha em 2021. Confira o ranking completo!

As 20 melhores universidades da Espanha 2021 foram determinadas por alguns critérios de avaliação. O ranking anual da Forbes para estabelecer as melhores universidades espanholas conta com análises feitas por um comitê internacional de especialistas em ensino superior. Os profissionais avaliam o peso que cada critério deve ter na pontuação final, tendo em conta as particularidades do sistema universitário espanhol. Confira abaixo a lista das 20 melhores universidades da Espanha 2021.


20 melhores universidades da Espanha 2021

A Forbes elaborou um questionário que foi enviado para 88 universidades cadastradas no Sistema Integrado de Información Universitaria (Sistema Integrado de Informação Universitária – SIIU), do Ministério da Educação, Cultura e Esportes da Espanha. Os dados coletados são sobre o ano letivo 2019-2020 e ajudam a definir as melhores universidades da Espanha.

20º — Universidade Católica de Ávila

A Universidade Católica de Ávila nasceu com o propósito de apoiar a missão da Igreja na evangelização da cultura e se identifica plenamente com os objetivos e meios indicados pela Constituição Ex corde Ecclesiae e pelo Decreto Geral da Conferência Episcopal para sua aplicação na Espanha. A sua missão é contribuir para a promoção e salvaguarda do ser humano através da transmissão do conhecimento de Deus, mas sem condicionar a liberdade religiosa e acadêmica. Daí a importância que atribui à tradição cultural espanhola, à investigação e aos conhecimentos científicos.

O modelo educacional da Universidade Católica de Ávila se inspira no humanismo cristão e oferece ao aluno uma formação integral, unindo cultura, estudo e pesquisa, e uma elevada e sólida formação acadêmica, profissional e humana. Visa um ensino moderno e ágil, adaptado às demandas sociais e trabalhistas do mundo atual e às preocupações intelectuais de cada aluno. A aprendizagem se dá por meio de uma combinação de ensino de mestrado em que o aluno participa por meio de tutoriais personalizados adaptados às suas necessidades.

Além disso, desde 2005, o desenvolvimento sustentável faz parte de seu programa de ensino, com o intuito de transmitir e ensinar os conhecimentos e técnicas necessários ao cuidado com o meio ambiente. Sua maior prioridade, eles afirmam, é alcançar a mais alta qualidade educacional e continuar melhorando constantemente. Destaca-se na qualidade do corpo docente e bloco de pesquisa pelo percentual de docentes com pós-graduação ou mestrado (93%) e doutorado (44%).

  • Tipo de universidade: Particular;
  • Preço: Entre 50 e 140 euros por crédito;
  • Endereço: Calle de los Canteros, S / N, 05005, Ávila;
  • Estudantes notáveis: Francisco Ruíz Herráez, terceiro melhor engenheiro de computação entre os graduados da turma 2019-2020 pela Sociedade Espanhola de Excelência Acadêmica (SEDEA); e Oriol Vidal, campeão do Open Girona 2007 QI e outras competições.

Turistas vacinados poderão entrar na Espanha a partir de junho.

19º — Universidade de Vigo

A Universidade de Vigo surge na lista das melhores universidades da Espanha. A instituição assenta em valores positivos que prezam pela transparência e boa gestão, integração, igualdade, diversidade e respeito pelo ambiente. Suas grandes apostas são a especialização e a pesquisa de qualidade e seu compromisso é a transferência de conhecimento para a sociedade para enriquecimento do ambiente social e econômico.

Apesar de ser uma universidade relativamente jovem (foi fundada em 1990), possui fortes valores como a transparência, a integração, o compromisso com a diversidade e a igualdade de gênero, o cuidado com o ambiente e a sustentabilidade. Na verdade, é, segundo relatório da Fundação Compromiso y Transparencia, uma das academias mais transparentes do país.

O seu objetivo é alcançar a maior qualidade possível, visto que considera essencial desenvolver a sua missão de instituição pública e desenvolver a sua visão de futuro como uma referência inovadora no sistema universitário na Espanha e na sociedade.

Através do seu ensino procura formar profissionais qualificados em todas as áreas que contribuam para a criação de conhecimentos socialmente responsáveis ​​com o ambiente, a cultura, o progresso inclusivo e sustentável, e com democracia. Destaca-se nos blocos de preços e acessibilidades, e na qualidade do corpo docente e investigação para quem deseja estudar na Espanha.

  • Tipo de universidade: Pública;
  • Preço Público: Entre 9,85 e 13,93 euros por crédito na primeira inscrição.
  • Endereço: Campus Lagoas-Marcosende, 36310, Vigo

Melhores universidades da Espanha — 18º — Universidade Camilo José Cela

A Universidade Camilo José Cela insere-se no projeto educativo da instituição SEK, que tem as suas raízes numa tradição familiar secular, livre e autônoma, e que não está ligada a nenhum grupo religioso, político ou econômico. O modelo educacional da Universidade Camilo José Cela está ancorado em três pilares: interdisciplinaridade, inovação e internacionalização. Destaca-se no bloco de preparação para a vida profissional. 70% dos alunos de graduação estão empregados e o percentual sobe para 85% no mestrado.

  • Tipo de universidade: Particular;
  • Preço: Entre 90 e 175 euros por crédito;
  • Endereço: Calle Castillo de Alarcón, 49, Urbanización Villafranca del Castillo, 28692, Madrid.

17º — Universidade de Valência

A missão da Universidade de Valência é ensinar aos alunos ciência, pesquisa e cultura. Além disso, a instituição atua para que seus estudantes obtenham as ferramentas necessárias para enfrentar os desafios e as circunstâncias da vida. Esta instituição quer ser reconhecida pela sua oferta de ensino superior de qualidade, internacional e aberta a todos. Também pela capacidade de oferecer orientação abrangente aos seus alunos e pelo impacto dos resultados das pesquisas realizadas por suas equipes.

A Universidade de Valência é uma instituição integral no território e, por isso, dedica especial atenção à protecção e promoção da sua própria cultura e língua, bem como ao estudo de todas as manifestações culturais do seu entorno territorial e cultural próximo. Além de buscar a excelência em todos os seus campos de atuação, a instituição de ensino tem como pilar fundamental a inovação constante e, para isso, estimula o desenvolvimento intelectual de sua comunidade.

Outros de seus principais valores, dizem eles, são a transparência, o compromisso com o progresso social e econômico da sociedade, a igualdade, a justiça, a solidariedade e cooperação e a sustentabilidade. Destaca-se nos blocos de acessibilidade e preço, e de preparação para a vida profissional. 50% das suas horas são dedicadas à prática e os seus alunos podem participar nas várias investigações que realizam.

  • Tipo de universidade: Pública;
  • Preço público: Entre 13,86 e 20 euros por crédito (regulado pelo decreto de taxas da Generalitat Valenciana);
  • Endereço: Avenida Blasco Ibañez 13, 46010, Valencia;
  • Alunos notáveis: Juan Roig, presidente-fundador da Mercadona; Joan Lerma, ex-presidente da Generalitat; Vicent Soler, Ministro das Finanças; Sandra Gómez, vice-prefeita de Valência; Manuel Illueca, diretor geral da FIV; Enrique Verdeguer, diretor da ESADE Madrid; Aurelio Martínez, diretor da autoridade portuária de Valência; Agustín Martín, presidente e CEO da Toyota Espanha.

Melhores universidades da Espanha — 16º — Universidade Internacional Isabel I de Castilla

Outra das melhores universidades da Espanha é do grupo educativo que compõe a Universidade Isabel I e a sua Fundação conta com um grande número de oportunidades futuras no domínio do ensino superior, universitário e profissional. Com um estilo próprio e diferenciado no panorama universitário espanhol, tem como objetivo promover a inovação e a criatividade, valores fundamentais que movem o espírito desta academia.

O desenvolvimento sustentável também se tornou um de seus pilares. Portanto, eles estão firmemente orientados para oferecer programas de qualidade que sirvam como um reflexo do seu compromisso em toda a oferta acadêmica. Além disso, em consonância com as políticas europeias e internacionais, tem assumido ao longo da sua história a responsabilidade de promover uma verdadeira igualdade entre mulheres e homens. Para isso, atualiza permanentemente toda a sua atividade acadêmica e laboral, com o objetivo de estar sempre na vanguarda no quadro da igualdade de oportunidades.

Como resultado deste firme compromisso, nasceu o Observatório da Igualdade com o objetivo principal de estudar a situação da comunidade universitária e da sociedade em geral, em termos de igualdade de oportunidades entre mulheres e homens. Voltada para o futuro do aluno, esta universidade online oferece aos seus alunos acompanhamento e atenção através de sua sala de aula virtual e eles contam com o sistema técnico-pedagógico da instituição.

Destaca-se no bloco da qualidade do corpo docente e da pesquisa. Mais de 80,6% de seus professores possuem pós-graduação ou mestrado, mais de 50% deles estão em exercício profissional fora da academia.

  • Tipo de universidade: Particular;
  • Preço: Entre 64 e 78 euros por crédito;
  • Endereço: Calle Fernán González, 76, 09006 Burgos;
  • Alunos destaque: a jornalista Beatriz Robles; o apresentador de televisão, Christian Gálvez; o canoísta olímpico David Llorente; e a remadora, Patricia Coco.

Cartão Europeu de Seguro Doença, saiba como funciona e quem pode utilizar.

15º — ESIC University

Fundada em 1965 pelos padres do Sagrado Coração de Jesus com o nome de Escuela Superior de Ingenieros Comerciales (ESIC), mudou posteriormente o nome para ESIC Business and Marketing School. Durante os seus primórdios foi um centro ligado a várias universidades como Rey Juan Carlos, em Madrid; Rovira i Virgili, na Catalunha; Miguel Hernández, da Comunidade Valenciana; e San Jorge, em Aragão. No entanto, em 2019, a Assembleia de Madrid aprovou um projeto de lei autorizando a criação da Universidade ESIC, a partir do qual a instituição poderia começar a emitir os seus próprios diplomas.

Com uma proporção de professores / alunos de 1 / 7,5, a ESIC University oferece uma formação personalizada nos cursos oferecidos (Administração e Gestão de Empresas, Publicidade e Relações Públicas, Marketing, Negócios Digitais e Negócios Internacionais) e também nos seus cursos duplos em que o graus acima mencionados são combinados. De suas salas de aula, seus alunos saem com 93% de inserção no mundo do trabalho. Destaca-se no bloco de vivência dos alunos pelo número de horas práticas tanto na distribuição das aulas (3.600 horas) como nos estágios em empresas (600 horas).

  • Tipo de universidade: Privada;
  • Preço: 163 euros por crédito;
  • Endereço: Avenida Valdenigrales, S / N, 28223, Pozuelo de Alarcón (Madrid);
  • Estudantes notáveis: César Cernuda, presidente mundial da NetApp, ex-presidente da Microsoft América Latina e vice-presidente corporativo da Microsoft Corporation; Alfonso Fernández, Diretor de Marketing e Transformação Digital da Samsung Electronics Iberia; Ignacio Izquierdo Saugar, CEO da AVIVA Italia; Sonia López Delgado, gerente nacional da Pandora Espanha; Eva Romeo, CEO da Women’secret; Juan Iturralde, gerente geral da CEPSA Reino Unido; entre outros.

Melhores universidades da Espanha — 14º — Universidade Carlos III de Madrid (UC3M)

A Universidade Carlos III de Madrid foi criada em 1989 e, desde o seu nascimento, teve a vocação de ser uma instituição pública inovadora, com dimensões reduzidas, de qualidade e com uma orientação prioritária para a investigação. O seu primeiro reitor foi o Professor Gregorio Peces-Barba, quem a orientou na sua missão de contribuir para a melhoria da sociedade com ensino de qualidade e investigação avançada de acordo com exigentes critérios internacionais.

Esta universidade aspira à excelência em todas as suas atividades, com o objetivo de se tornar uma das melhores universidades europeias e mundiais. Por isso, promove o desenvolvimento das pessoas que o integram no quadro da função pública de ensino superior. E pauta sua atuação pelos valores de mérito, capacidade, eficiência, transparência, equidade, igualdade e respeito ao meio ambiente.

Para dar a melhor formação aos seus alunos, a UC3M promove a formação contínua dos seus professores e incentiva a inovação pedagógica. Para isso, lança inúmeros programas como MOOCs (Massive Open Online Courses) em plataformas internacionais de prestígio como edX e miriadaX e disponibiliza aos seus professores o apoio da UTEID (Unidade de Tecnologia Educacional e Inovação Docente) para o desenvolvimento dos seus projetos. Destaca-se pela qualidade do seu corpo docente e pela pesquisa. Atualmente, possui mais de 200 projetos ativos.

  • Tipo de universidade: Pública;
  • Preço público: Entre 22 euros (estudantes de Espanha / UE) e 88 (estudantes de fora da União Europeia) por crédito;
  • Endereço: Calle Madrid, 126, 28903, Getafe (Madrid)
  • Alunos importantes: Irene García González, engenheira de Tecnologias Industriais; Álvaro Sanz, engenheiro mecânico e vencedor do Grupo Antolín Design Challenge; David Pérez Sañudo, diretor e roteirista indicado a vários prêmios Goya; Jacobo Fe Gismera, roteirista espanhol radicado em Hollywood.

13º — Universidade CEU Cardenal Herrera

Com quase 50 anos de experiência, a Universidade CEU Cardenal Herrera é a primeira universidade não estatal da Comunidade Valenciana. Instituição de serviço público e gestão privada que desde a sua origem se caracterizou pelo pioneirismo (foram os primeiros a oferecer estudos universitários valencianos como farmácia, jornalismo ou medicina veterinária; e a oferecer diplomas duplos).

Como resultado de sua estratégia de desenvolvimento inovadora, já se tornou a universidade mais internacional em seu ambiente, com mais de um quarto dos alunos internacionais matriculados (26%) de mais de 70 países e com uma orientação clara para a preparação para um mundo global.

A sua filosofia baseia-se no aluno como centro da sua atividade, através da qual o prepara para enfrentar os desafios de descobrir, conhecer, compreender e ir mais longe. Tudo isso através de uma experiência de formação diferenciada que não só fica dentro da sala de aula, mas também transfere o aprendizado fora das aulas e tudo isso para que os alunos aprendam a pensar e a fazer.

Destaca-se no bloco da qualidade do corpo docente e da pesquisa. 61% do seu corpo docente possui doutorado e entre 28% e 34% dos professores atuam fora da academia.

  • Tipo de universidade: Particular;
  • Preço: Entre 66 e 176 euros por crédito;
  • Endereço: Carrer Assegadors, 2, 46115, Alfara del Patriarca (Valência);
  • Estudantes notáveis: María José Sáez e Joaquín Hernández, ambos jornalistas da Antena 3 Noticias; Nuria Roca, jornalista e apresentadora; Jorge Díez, Diretor de Design da Seat; Luis Rubiales, presidente da RFEF; Hugo Doménech, que foi Gerente de Marketing Sênior EMEA – Divisão teatral da Twentieth Century Fox; David Navarro, ex-diretor de criação da agência Ueno em Nova York; entre outros.

Para fazer um seguro de viagem internacional, compare os preços no site Seguros Promo e economize.

Melhores universidades da Espanha — 12º — Universidade Alfonso X El Sabio

A Universidade Alfonso X el Sabio é uma universidade com fortes convicções morais e comprometida com a independência, liberdade, princípios ambientais e, acima de tudo, com a inovação, o progresso e o desenvolvimento humano. Na décima segunda colocação entre as melhores universidades da Espanha, realiza investigações abertas em diferentes ramos do conhecimento, de caráter científico e de interesse social. Os alunos de suas faculdades têm a oportunidade de participar da que melhor se adapte aos seus interesses e necessidades.

Para esta instituição, a mobilidade do seu corpo docente dentro e fora dos países da União Europeia é essencial. Desta forma, eles são mantidos em constante renovação. Não surpreende que 75% do seu quadro de funcionários possua pós-graduação ou mestrado, que 58% tenham doutorado e 60% permaneçam em exercício profissional fora da academia. Destaca-se no bloco da qualidade do corpo docente e da pesquisa; e tem uma percentagem muito elevada de emprego no mundo do trabalho, que sobe para 91%.

  • Tipo de universidade: Particular;
  • Preço: Entre 150 e 366 euros por crédito;
  • Endereço: Avenida Universidad, 1, 28691, Villanueva de la Cañada (Madrid);
  • Alunos memoráveis: Carolina Marín, tricampeã mundial e medalha de ouro olímpica no badminton; Pier Carmine, pianista e compositor; Rafael Villamor-Lora, pesquisador do MIT; Alejandro de Miguel, atleta paraolímpico; Jorge Eduardo Londoño Ulloa, ex-Ministro da Justiça da Colômbia; Carlos A. Crespo; inspetor veterinário da NVWA – Food Safety & Public Health na Holanda; Sergio Rodenas, fisioterapeuta da Seleção Espanhola de Futebol; Juan Manuel Aragoneses, assessor do Ministro da Saúde; Iris Gómez Ramudo, diretora geral de pesquisa e inovação da Comissão Europeia; Agustina Piedrabuena Moraleda, assessora de gabinete da Secretaria de Estado das Telecomunicações e Infraestruturas Digitais; entre outros.

11º — Universidade de Almería

A Universidade de Almería (UAL) é uma instituição pública de ensino superior criada e concebida para exercer com eficácia e eficiência uma função de ensino e investigação de qualidade que contribui para o desenvolvimento económico e social do seu meio através da transferência de conhecimentos.

A UAL pretende ser definida por uma liderança transparente e participativa, focada na satisfação integral do aluno e no recrutamento de talentos, através da excelência na qualidade do ensino, da transferência de conhecimento para a sociedade e de um maior grau de reconhecimento internacional, especialmente no domínio agroalimentar e ambiental.

Tem como valores e princípios o respeito por todas as pessoas, pelas suas opiniões e competências, sem qualquer exclusão; a participação de todos os setores da comunidade na tomada de decisões; transparência e responsabilidade na gestão; a avaliação do mérito, capacidade e trabalho; e independência e autonomia. Além da sustentabilidade, outras linhas de ação fundamentais para esta instituição são a interação com a sociedade, a internacionalização e a inovação constante.

Destaca-se nos blocos de preços e acessibilidades, e na qualidade do corpo docente e investigação. E é isso, mais de 80% de seus professores têm doutorado. Também possui quatro artigos publicados na revista Nature.

  • Tipo de universidade: Pública;
  • Preço público: 12,62 euros por crédito;
  • Endereço: Carretera de Sacramento, S / N, 04120, La Cañada de San Urbano (Almería).

Melhores universidades da Espanha — 10º — Universidade Europeia de Madrid

A Universidade Europeia procura proporcionar aos alunos uma educação integral, formar líderes e profissionais preparados, capazes de responder às necessidades de um mundo global, e que agreguem valor nos seus diferentes ramos para contribuir para o desenvolvimento da sociedade no seu definir. A excelência acadêmica é um dos seus pilares, razão pela qual baseiam o seu modelo educacional nos princípios do Espaço Europeu do Ensino Superior, que aposta na aprendizagem holística da pessoa.

Nesse modelo, o professor é uma referência e também um conselheiro que acompanha o aluno ao longo de sua vida universitária. O aluno, por sua vez, traça seu próprio caminho educacional desenvolvendo os conhecimentos, competências, habilidades e valores que a sociedade atual exige. O modelo dá ênfase especial à maturidade e autonomia do aluno, para que ele aprenda a se adaptar a um mundo cada vez mais complexo e em constante mudança.

Esta instituição possui um Núcleo de Atenção à Diversidade, que visa promover a inclusão de alunos com necessidades específicas, equipá-los de oportunidades, incentivar o seu desenvolvimento de competências e a sua plena participação na sociedade educativa e laboral. Destaca-se no bloco na vivência dos alunos. Suas aulas têm uma educação personalizada com relação professor / aluno de 1 a 15.

  • Tipo de universidade: Particular;
  • Preço: 160 euros por crédito;
  • Endereço: Calle Tajo, S / N, 28670, Villaviciosa de Odón (Madrid);
  • Estudantes reconhecidos: Ex-jogador de futebol, treinador e jornalista de futebol, Julen Guerrero; o jornalista, apresentador de televisão e escritor, Nieves Herrero; o jornalista, apresentador de televisão e escritor Iker Jiménez; o cineasta e roteirista Miguel Ángel Vivas; o escritor Francisco de Paula Fernández González; e o político Ricardo Costa Climent; entre outros.

9º — Universidade de Sevilha

Com vários séculos de experiência, a Universidade de Sevilha é uma instituição que presta um serviço público de ensino superior através do estudo, do ensino e da investigação, bem como da geração, desenvolvimento e difusão do conhecimento ao serviço da sociedade e da cidadania.

Possui também um plano estratégico que fundamenta uma instituição da cidade mais aberta, flexível, inovadora, inteligente e integrada, que aposta numa imagem renovada; e com o qual se pretende ser uma instituição de vanguarda à frente do sistema universitário público espanhol e que se destaca entre as mais reconhecidas e conceituadas da Europa.

Sua história e experiência a consolidaram como uma grande universidade geral, com uma importante e extensa oferta formativa de qualidade em graduação, pós-graduação e dupla graduação internacional. Hoje enfrenta novos desafios para se configurar como uma academia mais aberta, moderna e inteligente. Destaca-se no bloco da qualidade do corpo docente e da pesquisa. Nos últimos quatro anos publicou quatro investigações na revista Nature e outras quatro na revista Science, entre outros estudos de destaque.

  • Tipo de universidade: Pública;
  • Preço Público: 12,62 euros por crédito no curso.
  • Endereço: Calle San Fernando, 4, 41004, Sevilha.

Melhores universidades da Espanha — 8º — Universidade de Salamanca

Se a Universidade de Salamanca tem algo, além de uma longa lista de ex-alunos famosos, é história. Seus primórdios remontam a 1218, quando Alfonso IX fundou os Salamanticae scholas para oferecer estudos superiores em seu reino. Para o primeiro estudo teve um professor de direito, outro de decretos, dois lógicos, dois gramáticos, dois físicos ou de medicina, um órgão, um boticário, um bibliotecário e dois conservadores.

Assim, a Universidade de Salamanca tornou-se, juntamente com Paris, Oxford e Bolonha, uma das primeiras universidades europeias e hoje é a única espanhola que manteve a sua atividade ao longo dos séculos.

Atualmente possui um plano estratégico que visa orientar os esforços para a formação da sociedade do futuro, respondendo às suas necessidades de ensino superior, criação e transferência de conhecimento. Tudo isso levando em consideração as mudanças tecnológicas, sociais e regulatórias. Destaca-se na experiência dos alunos e na qualidade do seu corpo docente. Mais de 80% do corpo docente possui doutorado.

  • Tipo de universidade: Pública;
  • Preço Público: Entre 12,94 e 22,93 euros por crédito.
  • Endereço: Patio de Escuelas, 1, 37008, Salamanca;
  • Alunos importantes: Ana Pastor Julián, política e segunda vice-presidente do Congresso dos Deputados; Susana Marcos Celestino, pesquisadora do CSIC; Manuel Mirat Santiago, CEO do grupo PRISA; Beatriz Domínguez-Gil, presidente da Organização Nacional de Transplantes; Marieta Jiménez Urgal, presidente e CEO da Merck na Espanha; Marcelino Oreja, ex-Ministro das Relações Exteriores; Paz Battaner, membro da RAE; José Mª Gil-Robles e Gil-Delgado, ex-presidente do Parlamento Europeu; Araceli Mangas Martín, professora especializada em Direito Internacional e Euro; Manuel Ventero, diretor geral da RTVE Symphony Orchestra e coro.

7º — Pontifícia Universidade de Comillas

A Universidad Pontificia de Comillas tem mais de 100 anos de história, através dos quais passou da formação das minorias a uma missão social mais universal. Entre seus objetivos está o cultivo e a transmissão do conhecimento científico por meio do cultivo crescente e compartilhado da pesquisa em todas as especialidades oferecidas, como base e progresso do conhecimento. Além disso, as carreiras estão em constante adaptação e evolução. Não apenas no aspecto científico, mas a partir de uma abordagem sistemática da realidade em toda a sua complexidade.

Nesta instituição não se educa apenas nas salas de aula. Fora deles, também se transmite o espírito universitário que favorece a formação integral de seus alunos, por meio de valores como vontade, sensibilidade humana, ética e estética; formação em capacidade de reflexão e responsabilidade.

A Pontifícia Universidade Comillas também tem como base de sua formação a busca interdisciplinar da verdade, a assimilação dos valores fundamentais e um profundo conhecimento da realidade social. Destaca-se nos blocos de preparação para a vida profissional e o percentual de inserção laboral de seus alunos é de aproximadamente 95%.

  • Tipo de universidade: Particular;
  • Preço: 200 euros por crédito;
  • Endereço: Calle Alberto Aguilera, 23, 28015, Madrid;
  • Estudantes notáveis: Seis dos 35 CEOs do Ibex35 são desta instituição. José Ignacio Sánchez Galán, da Iberdrola; Fernando Abril Martorell da Indra; Ismael Clemente de Merlin; Gonzalo Gortazar do Caixabank; José Bogas da Endesa; e Bernardo Velazquez da Acerinox.

Melhores universidades da Espanha — 6º — Universidad San Pablo-CEU

A Universidad CEU San Pablo é uma pioneira católica no desenvolvimento de projetos educacionais inovadores assentados nos pilares e valores do humanismo cristão para transmitir um critério de pensamento e ação que busca melhorar a sociedade. É definida como uma universidade global, inovadora e empreendedora que procura transmitir na sua comunidade universitária para que, por sua vez, as transmita ao resto da sociedade.

Esta instituição está comprometida com um modelo acadêmico voltado para a excelência e a formação integral de seus alunos. A partir da formação prática e com os melhores recursos e docentes, os seus licenciados obtêm a melhor preparação a nível nacional e internacional e têm, desde o início, contacto directo com o mundo do trabalho. Destaca-se nos blocos de preparação para a vivência profissional, e na qualidade do corpo docente e de pesquisa. O percentual de alunos que se formam para trabalhar em empresas é de 90%.

  • Tipo de universidade: Particular;
  • Preço: Entre 66 e 269 euros por crédito;
  • Endereço: Calle Isaac Peral, 58, 28040, Madrid;
  • Alunos importantes: Para dar alguns exemplos, na política destacam-se Alberto Ruiz Gallardón, ex-Ministro da Justiça e ex-Prefeito de Madri, ou Màxim Huerta, ex-Ministro da Cultura. Na cultura e no esporte com personalidades como Elsa Pataky, atriz, ou Beatriz García, motorista do Dakar. Na comunicação e no jornalismo destacam-se Ana Pastor e Matías Prats. No mundo dos negócios, diversos cargos de chefia como Alberto Rodríguez Toquero do Grupo Mahou-San Miguel; Cristina Bondolows, chefe global de Marketing da KPMG; e José María Álvarez-Pallete, da Telefónica.

5º — Universidade Nebrija

A filosofia da Universidade de Nebrija é aprender fazendo, que é uma experiência vital na transformação do aluno em direção ao conhecimento global, para liderar e liderar as mudanças nas quais está imerso. Tem um forte compromisso com as empresas para o desenvolvimento da formação em competências profissionais, o que garante práticas de qualidade aos alunos, para que estes possam juntar-se à sua ambição de crescer vital e intelectualmente durante a sua fase universitária. Seus alunos sabem articular plenamente seus conhecimentos e capacidades com a sociedade nacional e internacional na qual irão desenvolver suas competências profissionais.

Os seus pilares principais são a empregabilidade e a orientação para as diversas profissões; excelência acadêmica, que é alcançada por meio do ensino personalizado; internacionalização pelo bilinguismo e inclusão de estudantes internacionais; e inovação pedagógica.

E os seus valores baseiam-se no ensino e investigação de qualidade para a criação de conhecimento, com formação integral nas capacidades, competências e aptidões de todos os seus alunos. Esses são princípios fundamentais para alcançar o desenvolvimento do talento individual e as melhores oportunidades de integração profissional.

Destaca-se nos blocos de vivência dos alunos e na qualidade de seu corpo docente e de sua pesquisa. Suas aulas de graduação são divididas igualmente entre as horas teóricas e práticas, e seus alunos têm uma taxa de colocação profissional de mais de 90%.

  • Tipo de universidade: Privada;
  • Preço: 172 euros por crédito;
  • Endereço: Calle del Hostal, 28248, Hoyo de Manzanares, (Madrid);
  • Estudantes notáveis: Javier Chicote, jornalista investigativo e professor universitário; Javier de Hoyos Martínez, jornalista, ator, youtuber e modelo espanhol; entre outros.

Conheça as cidades mais baratas para morar na Espanha.

4º — Universidade Autônoma de Madrid

Em seu meio século de vida, a Universidade Autônoma de Madrid se consolidou como uma instituição de prestígio. Considerada uma das melhores universidades da Espanha, a qualidade do ensino e da pesquisa a fez crescer como uma universidade pública de ponta. Seus principais valores acadêmicos e sociais se refletem em projetos de solidariedade, meio ambiente, saúde e cooperação, que orientam seu importante serviço à sociedade por meio de uma vocação humanística.

Atualmente, ela está imersa em um plano estratégico de mudança que tem como missão atualizar seu ensino de acordo com os desafios que o mundo em que vivemos apresenta. Para isso, desenvolve um modelo de educação multidisciplinar voltado para a busca de soluções para problemas relacionados ao meio ambiente, por meio da promoção de conhecimentos, valores, atitudes, habilidades e padrões de comportamento comprometidos com o desenvolvimento sustentável.

Destaca-se nos blocos de vivência dos alunos e na qualidade de seu corpo docente e de pesquisa. Em 2019, um total de 3.621 de seus estudos foram citados e publicados em revistas internacionais de prestígio. Atualmente, possui mais de 600 investigações em andamento.

  • Tipo de universidade: Pública;
  • Preço Público: Entre 21,39 e 26,14 euros por crédito;
  • Endereço: Ciudad Universitaria de Cantoblanco, 28049, Madrid;
  • Estudantes notáveis: Rei Felipe VI; Ángel Gabilondo, ex-Ministro da Educação, reitor desta universidade e atual dirigente do Partido Socialista de Madrid; Pedro Luis Alonso Fernández, diretor do Programa Mundial da OMS para a Malária e Prêmio Príncipe das Astúrias de Cooperação Internacional; Irene Montero, Ministra da Igualdade; Ione Belarra, Ministra dos Direitos Sociais e Agenda 2030; Cristobal Montoro, ex-Ministro das Finanças; Carlos Lesmes, presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Geral do Poder Judiciário; Darío Villanueva Prieto, ex-diretor da RAE; entre outros.

Leia também: Será que você está pronto para viver no exterior?

Melhores universidades da Espanha — 3º — Universidade de Santiago de Compostela

A Universidade de Santiago de Compostela é uma instituição pública de ensino superior e pesquisa com mais de 500 anos de história. Esta instituição é reconhecida pelo seu prestígio acadêmico e excelência na investigação, bem como por estar ao serviço do desenvolvimento econômico, social e cultural da sociedade galega.

A sua missão é continuar a ter uma oferta educacional atrativa, capaz de atrair os melhores alunos para estudar na Espanha. Além disso, de sustentar uma atividade de investigação inovadora, de excelência e ligada às exigências do nosso meio para se projetar como uma universidade de referência internacional.

Seus valores fundamentais são liberdade, igualdade, justiça, pluralismo, sustentabilidade e compromisso ético; e torná-la uma instituição comprometida com o desenvolvimento sustentável, a transparência e a responsabilidade social. Bem como uma forte defesa da igualdade entre mulheres e homens.

Para além das aulas destinadas aos seus alunos, esta instituição desenvolve atividades dirigidas ao resto dos membros da sua comunidade (professores, investigadores, pessoal administrativo) e à sociedade em geral para promover a sua formação integral, promover a cultura galega e divulgar o trabalho de investigação.

Possui também uma política de internacionalização que visa posicionar-se como um agente de importância vital a nível global. Destaca-se pela qualidade de seu corpo docente e pela pesquisa. Três de seus estudos foram publicados na revista Nature, outros dois na Science e mais de mil no Q1 (JCR quartil 1).

  • Tipo de universidade: Pública;
  • Preço Público: Entre 9,85 e 13,93 euros por crédito;
  • Endereço: Colégio de San Xerome, Plaza do Obradoiro, S / N, 15782, Santiago de Compostela.

2º — Universidade Complutense de Madrid

Conhecida durante muito tempo como “la Docta”, a Universidade Complutense de Madrid foi —desde o final do século XIX ao início do XX – a única instituição espanhola autorizada a conceder o título de doutor. A sua história a precede e, até hoje, é considerada uma das mais prestigiadas e importantes do país europeu para estudar na Europa.

Entre suas virtudes acadêmicas, conta com um Vice-Reitor da Qualidade, que oferece a toda a sua comunidade universitária informações e programas que permitem o estabelecimento de um sistema de garantias e confiança nas atividades de ensino, pesquisa e gestão desenvolvidas. Para isso, desenvolve programas de avaliação da qualidade, certificação e credenciamento de centros, e conferências e congressos sobre qualidade em instituições de Ensino Superior.

Destaca-se na experiência dos alunos pela qualidade de seu ensino e pesquisa. Mais de 70% de seus professores possuem doutorado e atualmente possui mais de 850 investigações em andamento.

  • Tipo de universidade: Pública;
  • Preço Público: Entre 21,39 e 136,44 euros por crédito;
  • Endereço: Avenida de Séneca, 2, 28040 Ciudad Universitaria, Madrid;
  • Estudantes notáveis: Mariano Barbacid, bioquímico; Severo Ochoa, médico e cientista; Cristina García Rodero, fotógrafa membro da Agência Magnum; Margarita Salas Falgueras, bioquímica; Mario Vargas Llosa, escritor e ganhador do Prêmio Nobel de Literatura; Alfredo Pérez Rubalcaba, ex-vice-presidente do governo e ex-líder do PSOE; Javier Solana, político e diplomata; Santiago Segura, ator e diretor de cinema; entre outros.

Veja também: Como morar no exterior sem dinheiro.

1º — Universidade de Navarra

Das melhores universidades da Espanha, o primeiro lugar da lista é ocupado pela Universidade de Navarra. A instituição de inspiração cristã, foi promovida por São Josemaría Escrivá de Balaguer, fundador do Opus Dei. Sua missão é contribuir para a formação acadêmica, cultural e pessoal de seus alunos. Promover a pesquisa científica e a atividade de saúde, oferecer oportunidades de desenvolvimento adequadas a seus professores e funcionários. Além de realizar um amplo trabalho de extensão cultural e promoção social, com uma clara finalidade de serviço.

E entre as suas principais funções estão as de transmitir ensinamentos científicos, promover a investigação, aconselhar individualmente o aluno, organizar ensinamentos de atualização e especialização para licenciados, realizar uma tarefa de divulgação cultural e extensão universitária, entre outras. Destaca-se nos blocos de vivência do aluno, preparação para a vida profissional e qualidade do corpo docente e de pesquisa.

Suas turmas têm proporção de um professor para cada oito alunos, 78% dos professores são doutores e 41% exercem a profissão fora da academia e 93% dos alunos saem com trabalho após o término da graduação. Além disso, em 2019, a Universidade de Navarra publicou 1.699 na Scopus e mais cinco artigos na Nature e na Science.

  • Tipo de universidade: Particular;
  • Preço: Entre 166 e 200 euros por crédito;
  • Endereço: Campus Universitario, 31009, Pamplona;
  • Alunos importantes: Isabel Sola, codiretora do Centro Nacional de Biotecnologia; Amaia Lujambio, professora associada do departamento de Ciências Oncológicas da Escola de Medicina Mount Sinai; Cristina Garmendia, ex-Ministra da Ciência e Inovação do Governo da Espanha; Fuencisla Clemares, CEO do Google Espanha e Portugal; Marta Martínez, presidente da IBM Espanha, Portugal, Grécia e Israel; Pedro Miguel Etxenike, físico; Miguel d´Ors, poeta; Sandra Ollo, diretora da Editora Acantilado; Iñaki Gabilondo, jornalista; entre outros.

Pesquisa mostra os melhores países para expatriados em 2021.

Metodologia e critérios de avaliação para definir as melhores universidades da Espanha em 2021

Os critérios de avaliação do ranking da Forbes das melhores universidades da Espanha foram analisados ​​por um comitê internacional de especialistas em ensino superior, que avaliou o peso que cada um deles deve ter na pontuação final, tendo em conta as particularidades do sistema universitário espanhol.

Com a assessoria de profissionais, a revista elaborou um questionário e os valores não são estranhos aos critérios internacionalmente aceitos por avaliadores de centros de ensino superior, como o Shanghai Ranking (Academic Ranking of World Universities), o Times Higher Education World University Ranking (THE), o QS World University Ranking ou o da Associação Europeia de Universidades.

Dados de estudos nacionais como o Barômetro de Empregabilidade e Emprego Universitário, o Observatório de Empregabilidade e Emprego Universitário ou as Estatísticas e Indicadores do SIIU têm servido para avaliar as respostas obtidas. O questionário enviado para as universidades espanholas, públicas e privadas, tinha mais de 50 questões divididas em cinco blocos, que respondem aos diferentes aspectos da experiência universitária.

Cada bloco inclui diferentes valores que são pontuados de 0 a 3. Os critérios são altamente ponderados e muitos aspectos da qualidade das universidades são avaliados. Assim, por exemplo, a proporção professor / aluno de uma universidade que excede o máximo aceito no ensino fundamental é 0, enquanto aquelas que excedem em muito a média universitária na Espanha têm 3.

*Conheça também o nosso canal do Youtube e quais são as melhores universidades de Portugal:

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação e Doutor em Estudos de Comunicação, é apaixonado por rock and roll e conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *