5 dicas para escrever uma carta de motivação atraente para o recrutador

carta de motivação atraente para o recrutador
Foto: Roastbrief.

Confira 5 dicas para fazer uma carta de motivação atraente para o recrutador.

A carta de motivação é a sua oportunidade de se comunicar com o recrutador de forma menos formal que o currículo. Por isso, ela deve ser bem redigida. Preparar uma carta de motivação atraente para o recrutador e dedicada para cada vaga específica é fundamental. 

Esqueça a história de fazer uma carta de apresentação única e utilizar para todas as vagas para o qual se candidata. Faça uma específica para cada oportunidade profissional. Eu sei que isso dá trabalho, mas seguindo essas dicas você terá muito mais vantagens sobre os demais candidatos. Vamos lá? 


5 dicas para escrever uma carta de motivação atraente para o recrutador

Veja 5 dicas para redigir uma carta de motivação atraente para o recrutador e consiga que o seu perfil se destaque antes da entrevista de emprego

1) Desperte o interesse do recrutador

O primeiro passo para fazer uma carta de motivação atraente para o recrutador é despertar seu interesse logo no primeiro parágrafo. Dependendo do tipo de vaga, você pode ser menos informal, mais descontraído para que o profissional de Recursos Humanos tenha interesse em saber mais sobre você. 

Se for uma candidatura espontânea, mostre qual o motivo que te fez candidatar a vaga. Deixe claro que o seu perfil combina com a vaga por tais e tais motivos. 

Desse modo, aproveite também para dizer porque você gostaria de trabalhar nesta empresa. Faça um texto entusiasmado e que mostre motivação por aquele trabalho e pela empresa.

Exemplo: “De acordo com as recentes inovações feita pela NOME DA EMPRESA, o seu grupo é pioneiro no mercado. Ser gerente comercial de uma empresa tão inovadora é um desafio à altura das minhas aspirações. Com certeza tenho muito a contribuir para o crescimento da empresa e minha trajetória profissional me capacitou até aqui”.

Soft skills, saiba o que é e como pode impulsionar sua carreira.

2) Fale sobre você

Uma boa carta de motivação atraente para o recrutador precisa ser honesta, sincera e que cause curiosidade de quem está lendo. Nela você deve explicar o que pretende fazer na empresa, que tipo de cargo almeja, qual são os seus objetivos profissionais. Contudo, você deve ler os requisitos da vaga antes e ver se o seu perfil atende todos eles (ou a maioria deles). 

Explique na sua carta de motivação quais atividades desenvolve ou desenvolveu em outros trabalhos e quais as funções que domina ou se sente confortável. 

Porém, se você está começando no mercado de trabalho e não tem experiência anterior, indique na carta uma orientação do que pretende seguir e quais áreas tem interesse ou aptidão (ex: em vez de colocar o cargo, informe a área de atuação: Comercial, Vendas, Marketing, etc).

Descubra como se vestir em uma entrevista de emprego.

3) Coloque-se no lugar do recrutador

No segundo parágrafo da sua carta de motivação, você deve destacar as suas qualidade para o cargo. A cartão de apresentação deve atender as expectativas do recrutador. Por isso, se coloque no lugar dele e veja se o seu perfil bate com os requisitos solicitados na descrição da vaga. 

Não se limite em resumir seu currículo. Na carta de motivação você tem mais liberdade para contar as metas que alcançou, os projetos que desenvolveu ou participou. Qual o crescimento que você teve dentro da empresa, ou que habilidades desenvolveu ao longos dos anos. 

Exemplo: “Ao longo da minha trajetória na empresa TAL (nome da empresa), consegui aumentar a produtividade da minha equipe em 20% e otimizar nosso trabalho”. 

Saiba como evitar os erros comuns em uma entrevista de emprego.

4) Leia e releia a sua carta várias vezes

Leia a sua carta de motivação várias vezes e tome cuidados para ela não conter erros de ortografia. Os erros de digitação ou de ortografia causam uma péssima impressão para os recrutador e isso pode ser fator eliminatório. 

Use tempo presente e verbos de ação, que são muito mais dinâmicos. Elimine frases pomposas e que não dizem nada. Cuide para não ser egocêntrico ou arrogante ao se descrever. 

Se for uma candidatura espontânea, o assunto da carta de motivação deve ser: “proposta de colaboração”. Você deve apresentar os seus serviços e mostrar porque poderá contribuir com a empresa. 

Além disso, separe os parágrafos com espaço para facilitar a leitura. 

Saiba como desenvolver o autoconhecimento e investir na sua carreira.

5) Convide o recrutador para um encontro

O objetivo da sua carta de motivação atraente para o recrutador é conseguir uma entrevista de emprego. Por isso, “Ficar à disposição” para um contato não é suficiente. Termine a carta com uma “Agradeço antecipadamente o seu interesse na minha candidatura, fico à disposição para um eventual encontro”. Não fique esperando passivamente um contato. Mostre que você é determinado. 

Além disso, se você souber o nome do recrutador pode adicioná-lo no LinkedIn e também enviar uma mensagem de apresentação e contato. 

Finalize a carta com: “À espera de uma resposta positiva, saúdo-o sinceramente” ou “Espero que possamos começar a trabalhar juntos brevemente”. 

Por fim, não esqueça de assinar a carta! 

Leia também o nosso artigo: como escrever uma boa carta de motivação.

Currículo perfeito

Veja também as nossas dicas para fazer um currículo perfeito:

Amanda Corrêa

Amanda Corrêa é jornalista brasileira e mora no exterior há 6 anos. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Morou na Inglaterra e atualmente reside em Portugal. Atua há 15 anos na área de Jornalismo, produção de conteúdos, mídias sociais. Com seus textos, ajuda brasileiros e estrangeiros a morarem fora do país e realizarem seus sonhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *