Custo de vida no Reino Unido: Rolls Royce dará bônus de £ 2 mil para funcionários

custo de vida no Reino Unido
Foto: Pixabay.

O custo de vida no Reino Unido aumentou muito e a Rolls Royce decidiu bonificar seus empregados. Será que a moda pega?

Mais de 14.000 funcionários da Rolls Royce receberão um pagamento único de £ 2.000 libras para ajudar no aumento do custo de vida no Reino Unido. O pagamento será para a gerência júnior e para a equipe de chão de fábrica, principalmente nas unidades de Derby e Bristol, disse a empresa de engenharia.


Custo de vida no Reino Unido

Informações publicadas pela BBC informam que o montante fixo começará a ser distribuído para 3.000 funcionários da multinacional já no pagamento do mês de agosto. Os 11.000 trabalhadores sindicalizados restantes receberão o pagamento após o sindicato aprovar o valor.

No início deste mês, o Lloyds Bank anunciou medidas para ajudar os funcionários a lidar com os custos crescentes, à medida que as contas de energia continuam subindo e a inflação no Reino Unido atinge 9%, a mais alta em 40 anos.

Um porta-voz da Rolls Royce disse à BBC que 70% de sua força de trabalho no Reino Unido receberá o pagamento, acrescentando que a empresa também está “oferecendo à nossa equipe de fábrica o maior aumento salarial anual em pelo menos uma década”.

Empregos em tecnologia no Reino Unido: os mais bem pagos em 2022.

Apreensão sobre 2023

Há discussões em andamento com os sindicatos sobre um acordo salarial para 2022-2023, disse o porta-voz, e a questão do custo de vida deve ser um fator nessas negociações. O porta-voz da Rolls Royce também disse à BBC que os 11.000 funcionários que são sindicalizados também receberão um aumento de 4% nos salários, retroativos a março.

As taxas salariais e as medidas para ajudar os funcionários do Reino Unido têm aumentado à medida que as empresas procuram recrutar e reter funcionários, depois que os números oficiais mostraram que havia menos desempregados do que vagas de emprego pela primeira vez desde o início dos registros.

Vagas na Heineken no Reino Unido: empresa vai criar mais de 700 empregos.

Empresas tentam compensar a inflação

Os funcionários do Lloyds Bank receberam uma quantia de £ 1.000 libras para ajudar com o custo de vida crescente, depois que o Unite the Union (um dos maiores sindicatos do país) se manifestou fora de sua assembleia geral anual no mês passado. A inflação – a taxa na qual os preços sobem – atualmente está em 9%, e deve aumentar novamente no final deste ano.

A Rolls Royce foi gravemente impactada pela pandemia que atingiu a demanda por seus motores de aeronaves quando as viagens aéreas internacionais pararam. Em 2020 , a companhia anunciou planos de reduzir sua força de trabalho global em 9.000 até o final deste ano, com 3.000 desses empregos no Reino Unido. Na época, disse que levaria “vários anos” para que o setor se recuperasse da pandemia.

Leia também: profissões mais bem pagas no Reino Unido para começo de carreira.

Custo de vida no Reino Unido: prejuízos e escassez de funcionários

No primeiro ano de pandemia (2020), a Rolls Royce teve um prejuízo de 4 bilhões de libras por causa do colapso nas viagens aéreas, mas voltou a lucrar em 2021. Na última atualização comercial da empresa, o presidente-executivo Warren East disse que o desempenho financeiro da empresa melhorou em 2021 e fez “progressos significativos no caminho da recuperação do impacto da COVID-19”.

“Estamos confiantes de que posicionamos o negócio para obter lucro e caixa positivos este ano, impulsionados pelos benefícios de nossas reduções de custos e aumento das horas de voo do motor na aeroespacial civil, juntamente com um forte desempenho em sistemas de defesa e energia”, acrescentou. A escassez de pessoal também está pressionando as empresas a aumentar os salários.

Morar no Reino Unido: os melhores lugares para viver em 2022.

No início de junho, a Morrisons disse que aumentaria os salários de seus funcionários de lojas, já que os supermercados do Reino Unido lutam por funcionários diante da crescente concorrência no setor. As redes rivais Tesco, Sainsbury’s e Asda também anunciaram aumentos salariais na Inglaterra para seus funcionários este ano.

*Conheça também o nosso canal no Youtube e inscreva-se:

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação e Doutor em Estudos de Comunicação, é apaixonado por rock and roll e conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *