Não espere a condição ideal para fazer acontecer

fazer acontecer
Foto: Marius Venter – Pexels.

A condição ideal talvez não exista e cientes disto devemos fazer acontecer e agir agora mesmo.

Passamos uma vida inteira esperando uma condição ideal para realizar os nossos sonhos, morar fora, estudar no exterior, aprender um novo idioma e quem sabe mudarmos de carreira, mas acredito que você já tenha se dado conta que as coisas não são tão simples quanto imaginamos. Cientes desta realidade chegou o momento de agirmos, com as ferramentas que temos, com os conhecimentos que adquirimos e com a realidade que estamos vivendo, chega de procrastinar o inadiável. 


Não espere a condição ideal para fazer acontecer

Ao longo da minha jornada enquanto Psicólogo e Nômade Digital já pude conhecer muitas histórias de brasileiros que moram no exterior, imigrantes determinados a levarem uma vida com significado e alinhados aos seus propósitos de vida. Na história de todos eles eu pude perceber que nenhum deles esperou o momento ideal para fazer acontecer, eles foram lá e fizeram.

Isso não quer dizer que não enfrentaram desafios e que nunca pensaram em desistir, eles apenas se adaptaram a realidade que a vida impôs. Morar fora exige flexibilidade e acima de tudo, muita resiliência. 

Ao longo da nossa vida já passamos por tantas coisas, que sempre esperamos que dias melhores virão. Com certeza você já ficou paquerando alguma coisa para comprar e ficou de olho para ver se o preço iria baixar, mas algumas vezes o preço aumentou e você se arrependeu de não ter adquirido no passado.

Isso revela que você estava esperando o melhor momento para agir e a falta de sensibilidade e talvez de experiência, te fez perder a oportunidade. Não estou dizendo que você precisa ser impulsivo, o foco é sobre você confiar em si mesmo e agir. Morar fora exige de cada um de nós o fortalecimento da autoconfiança, fé em nossas próprias habilidades e segurança para fazer acontecer. 

Já tentou transformar suas queixas em oportunidades?

Chega de duvidar de você mesmo

A falta de segurança nas próprias habilidades e o baixo conhecimento em novas técnicas de inovação nos transporta para uma zona perigosa, onde passamos a pensar que somos incapazes, que nada vai dar certo, que realmente o sucesso não é para nós e que estamos fadados ao fracasso. Mas se você tem o desejo de morar fora ou se já está morando, então existe algo diferente em você, uma pulsão que te motiva a agir, fazer diferente e acima de tudo, viver uma nova vida. Chega de duvidar de você mesmo, o momento ideal talvez não chegue e nesta eminência devemos agir agora. 

Quando você reflete sobre suas habilidades, competências e virtudes a que conclusão tem chegado? Por vezes não nos concentramos na nossa força interna e ficamos buscando a validação dos outros, na eminência de sermos aceitos e aprovados, mas acredito que você também já se deu conta que isso não funciona.

Morar fora: se eu já pensei em desistir?

Trilhe seu caminho

Eu sei que você já cansou de esperar das pessoas aquilo que só você pode fazer por si mesmo. Quando você possui um trabalho ou uma atividade a qual não pode usar a maioria dos seus talentos para mudar o mundo, isso significa que estás perdendo tempo. O nosso senso de finitude por vezes se mostra comprometido, acreditamos que vamos viver muito para fazer o que desejamos amanhã. Mas talvez esse momento não chegue e o que você tem feito hoje?

Os últimos meses tem nos ensinado que não importa a dificuldade a qual tenhamos na vida, o relógio não para. Talvez o momento ideal seja o tempo presente, momento esse que não voltará e tampouco se repetirá, nos revelando que o aqui e o agora são as únicas coisas que realmente temos. Chegou o momento de fazer acontecer, seja onde você estiver, com quem estiver e principalmente se estiveres na sua própria companhia.

Quando decidimos morar fora fazemos a escolha de trilhar o nosso caminho, deixando quase tudo para trás, assuma e respeite sua decisão. 

Entre o desânimo e o entusiasmo, ganha quem tiver mais espaço na sua vida.

*Caso você deseje me acompanhar pelas redes sociais, sugerir novos conteúdos e conferir mais dicas como essas, acesse o meu Instagram. Fale comigo também pelo WhatsApp.

Aproveite para ler o livro Morar Fora: sentimentos de quem decidiu partir.

Vitor Luz

Vitor Luz possui formação em Jornalismo e Psicologia e ao longo da sua trajetória profissional pode se dedicar a busca de novos conhecimentos e fez uma formação em Inner Vision, Programação Neurolinguística – PNL e Certificação Internacional em Master Coaching Mentoring e Holomentoring – ISOR. Atualmente mora na cidade do Porto em Portugal para fazer um Mestrado em Psicologia, na área da Psicogerontologia. Enquanto Psicólogo Nômade Digital realiza atendimento online para brasileiros espalhados pelo mundo, os auxiliando a lidar com a saudade, medo, solidão, desilusões amorosas, relacionamentos afetivos e transição de carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *