Oxford e Coventry vão se tornar as primeiras cidades com ônibus elétricos no Reino Unido

ônibus elétricos no Reino Unido
Foto: Oxford Bus.

Conheça as mudanças nos ônibus elétricos no Reino Unido e os avanços no transporte do país europeu.

Cidades mais eficientes. A boa notícia chega para quem mora na Inglaterra. As cidades de Oxford e Coventry vão se tornar as primeiras partes do Reino Unido a operar serviços de ônibus totalmente elétricos. 

Coventry está localizada na região de West Midlands e conta com 350 mil habitantes, bem próxima de Birmingham. Já Oxford tem uma população de 152 mil habitantes, fica no condado de Oxfordshire e é reconhecida mundialmente pela sua prestigiada Universidade de Oxford. 


Ônibus elétricos no Reino Unido: primeiras cidades com frota 100% elétricas

As duas cidades estão desenvolvendo propostas em uma competição em toda a Inglaterra para trocar suas frotas inteiras de ônibus para versões totalmente elétricas. Dessa forma, ajudarão a cumprir os esforços do governo para “tornar as viagens de ônibus mais verdes, fáceis e confiáveis”. 

A página da competição mostra que uma cidade com 200 ônibus elétricos pode economizar cerca de 7.400 toneladas de CO2 por ano. Retirando o equivalente a 3.700 carros a diesel das estradas.

O governo recebeu 19 propostas de vilas e cidades inglesas, com os candidatos sendo obrigados a cumprir um conjunto de critérios que incluem os seguintes itens: 

  • Demonstração de adesão das partes interessadas em suas regiões; 
  • Criar planos concretos para reduzir gases de efeito estufa e melhorar a qualidade do ar; 
  • Um plano com resultados para o problema de qualidade do ar existente.

Veja a lista dos melhores países para trabalhar na Europa.

O plano das duas cidades está sujeito a aprovação e as duas autoridades locais podem receber até £ 50 milhões cada para financiar a mudança para uma frota de ônibus elétricos no Reino Unido. O valor vai cobrir a instalação de novas infraestruturas, como estações de recarga, e auxiliar no pagamento das atualizações da rede elétrica.

O governo britânico está trabalhando com Coventry e Oxford para finalizar seus casos de negócios nas próximas semanas.

Descubra quais as melhores cidades para morar na Inglaterra.

Transportes públicos no Reino Unido

De acordo com secretário de transportes Grant Shapps “Dessa forma poderemos fornecer às pessoas um transporte mais ecológico e um ar mais limpo”, explicou.  

Para ele as cidades de Coventry e Oxford poderão estar em breve na vanguarda dos planos para uma nova era de serviços de ônibus. Ajudando, dessa forma, a desenvolver uma rede de transporte verde do futuro e apoiar empregos no Reino Unido.

Já o prefeito de West Midlands, Andy Street, afirmou que “essa notícia é brilhante para Coventry e West Midlands, e estou muito contente. Tornar elétrica toda a frota de ônibus de Coventry não é apenas um grande impulso para o transporte público na cidade, mas também ajudará a lidar com a emergência climática que enfrentamos aqui em West Midlands e no Reino Unido como um todo.”

Para a cidade de Oxford, contar com uma frota de ônibus elétricos no Reino Unido irá ajudar a reduzir a poluição do ar. A cidade também conta com planos de uma Zona de Emissão Zero.

O líder do conselho do condado de Oxfordshire, conselheiro Ian Hudspeth, afirmou que “A cidade está empenhada em oferecer aos residentes um futuro limpo e ambientalmente sustentável por meio de uma série de etapas. Incluindo a melhora dos transportes públicos no Reino Unido.”

Veja também: N26 no Brasil: banco digital alemão está autorizado a operar no país.

Mais bicicletas em Londres

Além disso, em fevereiro do ano passado, o governo britânico prometeu £ 5 bilhões de libras para reformar as conexões de ônibus e bicicletas para todas as regiões fora de Londres. As medidas estão definidas para lançar a primeira estratégia de ônibus de longo termo do Reino Unido nos próximos meses.

O Reino Unido também caminha para um movimento em direção aos veículos elétricos. A operadora de ônibus Ember lançou o primeiro serviço de ônibus intermunicipal totalmente elétrico do Reino Unido entre Dundee e Edimburgo (Escócia) no ano passado. 

Além disso, a Transport for London (TFL) está trabalhando com as cidades da Grande Londres e com os bairros de Londres para lançar um teste de aluguel de scooters elétricas na capital ainda em 2021. A medida visa diminuir o trânsito da capital inglesa. 

Também pode te interessar: Trem na Europa: rotas alta velocidade ligarão Londres, Barcelona, Lisboa e Roma.

Amanda Corrêa

Amanda Corrêa é uma jornalista brasileira que mora no exterior há 7 anos. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Morou na Inglaterra e atualmente reside em Portugal. Atua na área de Jornalismo, produção de conteúdos e mídias sociais. Com seu trabalho, ajuda brasileiros e estrangeiros a morarem fora do país e realizarem seus sonhos!

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *