Morar fora: para onde desejas partir?

para onde desejas partir
Foto: Vlada Karpovich – Pexels.

Tão importante quanto sabermos o que não queremos, é saber onde desejamos chegar. Para onde desejas partir?

Morar fora é o sonho de muitas pessoas ao redor do mundo, em sua grande maioria buscam viver uma nova vida, seja ela composta de paz, aventuras e muitas vezes apenas de algo novo, que os lembre que estão vivos. Essa crescente busca pelo novo reflete o quanto podemos estar insatisfeito com o que temos e isso nos faz vislumbrar dias melhores, oportunidade essa rica em novas experiências. 


Para onde desejas partir?

Certamente você já se fez a pergunta “o que eu estou fazendo com a minha vida”, “será que ainda haverá tempo de fazer o que sonho”, “quando chegará a minha vez” ou “será que mereço isso que desejo…”? Essas e muitas outras questões circundam nossos pensamentos e por vezes não encontramos a resposta. Estamos tão conectados ao que é externo que nos desconectamos do que é interno, ou seja, nossas motivações, necessidades, desejos, sonhos e propósito. 

Talvez você esteja convicto de tudo aquilo que está cansado de viver, talvez já reconheças que a vida que leva não te faz mais feliz. Portanto já chegou a conclusão que precisas fazer algo para mudar, mudar o mal humor ao acordar, mudar a falta de disposição de inovar na profissão, mudar a forma de se relacionar com seus afetos e mudar a forma como lida com você mesmo.

A escolha de morar fora nos coloca em uma posição de enfrentamento, quando estamos distantes de tudo aquilo que é especial e significativo para nós, precisamos nos encarar, acolher nossas emoções, lidar com nossos sentimentos, gerenciar nossos pensamentos e conduzir nossos comportamentos para que possamos conquistar o tão sonhado equilíbrio emocional.

Quando foi que você deixou de se desafiar?

Como escolher o destino certo?

A escolha do nosso destino de partida é essencialmente importante, precisamos ter em conta a cultura, o clima, a política, a economia, a localização e acima de tudo, a forma como tão local recebe a minha nacionalidade. Estar ciente de cada ponto destes nos ajuda a vivermos uma experiência no exterior ainda mais rica, poderosa e singular.

Mudar para outro país porque existem muitas pessoas seguindo esse fluxo nos coloca em uma posição vulnerável, afinal de contas não conhecemos o propósito das outras pessoas, eis aqui a importância do autoconhecimento e da autoresponsabilidade, pois assim conseguiremos assumir o que é nosso e separar o que é do outro. 

Partir de um local para outro nos coloca em movimento e essa é a mágica da vida, quando nos movimentamos crescemos, amadurecemos, aprendemos, ensinamos e evoluímos. Ao experimentarmos tudo isso provamos que o gostinho de morar fora é essencialmente significativo e quanto mais vivemos isso, mais queremos viver.

Como se sentiria hoje se tivesse desistido lá trás?

Abra espaço na sua vida

Por isso devemos estar preparados para o novo, nos desprendendo daquilo que sabemos e abrindo espaço para acolher o que a vida tem a nos proporcionar. A decisão da partida e do morar fora é uma construção e não merece ser conduzida de forma intempestiva ou pouco estratégica, entenda que talvez essa seja uma das melhores fases da sua vida, mas se mal conduzida pode ser trágica.

Pense, repense, pense de novo e quando achar que já pensou demais, pense mais um pouco, talvez ainda não seja suficiente. Quando você achar que já pesquisou muito, que já estudou bastante e que já ouviu relatos o suficiente, encontre um espacinho para os imprevistos. Saiba que a vida é especialista em nos revelar que nada é, apenas está, está em constante mudança e transformação

Aprenda a se acolher, aprenda a se respeitar, aprenda a entender que todos nós vivemos uma validade, diante do que estamos, diante do que vivemos, diante do que fazemos e simplesmente diante do que somos. Por isso, quando escolheres para onde desejas partir, você precisa está certo e confiança da sua escolha, evite arrependimentos. 

Leia também: Nenhuma experiência no exterior será saudável se você estiver fugindo.

*Caso você deseje me acompanhar pelas redes sociais, sugerir novos conteúdos e conferir mais dicas como essas, acesse o meu Instagram. Fale comigo também pelo WhatsApp.

Ouça também o Podcast Partiu Morar Fora, com Cláudio Abdo e Amanda Corrêa:

Vitor Luz

Vitor Luz possui formação em Jornalismo e Psicologia e ao longo da sua trajetória profissional pode se dedicar a busca de novos conhecimentos e fez uma formação em Inner Vision, Programação Neurolinguística – PNL e Certificação Internacional em Master Coaching Mentoring e Holomentoring – ISOR. Atualmente mora na cidade do Porto em Portugal para fazer um Mestrado em Psicologia, na área da Psicogerontologia. Enquanto Psicólogo Nômade Digital realiza atendimento online para brasileiros espalhados pelo mundo, os auxiliando a lidar com a saudade, medo, solidão, desilusões amorosas, relacionamentos afetivos e transição de carreira.

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *