Vagas na GSK: multinacional farmacêutica criará até 5 mil empregos no Reino Unido

vagas na GSK
Foto: New Scientist.

As milhares de vagas na GSK serão criadas com a abertura de um grande centro de biotecnologia no país europeu. Saiba mais!

A GlaxoSmithKline anunciou que planeja construir um dos maiores centros de biotecnologia da Europa. Com isso, a companhia multinacional farmacêutica pretende criar até 5 mil empregos no Reino Unido e atrair £400 milhões de investimento privado. O grupo farmacêutico terá mais de 130 mil metros quadrados de espaço na cidade de Stevenage, em Hertfordshire, e também quer levantar fundos de investidores privados para transformar o local em um grande parque de ciências biológicas.


Vagas na GSK: multinacional farmacêutica criará até 5 mil empregos no Reino Unido

Em matéria publicada pelo jornal Financial Times, o empreendimento tem como objetivo criar até 5 mil vagas na GSK nos próximos cinco a 10 anos, de acordo com a empresa. A GSK também está em busca de um parceiro de desenvolvimento ainda em 2021 que pretende começar a trabalhar em 2022 e transformar o terreno dentro do local de pesquisa e desenvolvimento de mais de 370 mil metros quadrados da empresa.

Nosso objetivo é que Stevenage surja como um destino importante para a pesquisa médica e científica até o final da década. Os últimos 18 meses mostraram o que há de melhor no setor de ciências da vida do Reino Unido”, afirmou Tony Wood. Informando que o país desenvolveu uma visão de 10 anos para seu setor de ciências da vida.

Tony Wood, vice-presidente sênior de ciência e tecnologia medicinal da GSK

Leia mais: mega laboratório criará 1.500 oportunidades de trabalho no Reino Unido.

Investimentos e vagas na GSK

As informações publicadas informar que o investimento acontece no momento em que a GSK se prepara para desmembrar sua divisão de saúde do consumidor. A ideia é deixar de ser um negócio reduzido e que é focado apenas em produtos farmacêuticos e vacinas. A multinacional utiliza o slogan de “nova GSK” e quer atuar de maneira proeminente para renovar seu portfólio de medicamentos, investindo pesadamente em pesquisa e desenvolvimento. 

Contudo, o período pós-BREXIT traz algumas preocupações. O vice-presidente sênior sugeriu que e trouxe questões sobre se a possibilidade do grupo ser comprado por investidores estrangeiros. Isso causou algum desconforto e trouxe preocupações para algumas lideranças políticas que estão promovendo o Reino Unido como um centro de investimento em ciências da vida após a saída do país da União Europeia.

Vagas na Ryanair: companhia aérea vai contratar dois mil pilotos.

Estratégia do Governo Britânico

O governo do Reino Unido revelou a estratégia no começo do mês. Afirmou que o projeto é de 10 anos e está focado no investimento em ciências da vida. A ideia é acelerar o desenvolvimento de tratamentos para doenças como a demência e novas terapias imunológicas, como vacinas contra o câncer. 

Entretanto, como os imóveis comerciais têm enfrentado dificuldades devido a bloqueios e preocupações de que muitos trabalhadores não voltem ao escritório em tempo integral, alguns proprietários estão ansiosos para investir em um centro de ciências biológicas. É fato que o investimento no setor aumentou consideravelmente durante a pandemia.

Ofertas de trabalho no Reino Unido: Travelodge está com 676 vagas para serem preenchidas imediatamente.

Sobre a GlaxoSmithKline (GSK)

A GlaxoSmithKline, ou simplesmente GSK, é uma multinacional britânica da área farmacêutica. Com quase 100 mil colaboradores, a empresa de atuação mundial mantém sua sede na capital inglesa, Londres. Entre suas principais marcas estão Amoxil, Aquafresh, Biotene, Clavulin – (Amoxicilina + Clavulanato de potássio), Corega, Levitra, Nicorette, NiQuitin, Sensodyne, Sonrisal, Vibrocil, Voltaren, Zovirax entre outros.

Aproveite para acessar o portal de empregos e carreiras e conheça todas as vagas na GSK. Boa sorte na sua candidatura!

Conheça os trabalhos remotos que mais estão contratando em 2021.

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação e Doutor em Estudos de Comunicação, é apaixonado por rock and roll e conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *