400 vagas na Nissan no Reino Unido: envie seu currículo

vagas na Nissan no Reino Unido
Foto: Nissan UK.

As vagas na Nissan no Reino Unido foram anunciadas hoje e a companhia já está recrutando os novos funcionários. Saiba como enviar sua candidatura!

No começo do mês de julho, o primeiro-ministro britânico Boris Johnson visitou a Nissan na cidade de Sunderland. Na ocasião, foram anunciadas que milhares de empregos estavam prestes a ser criados na fábrica que fica no nordeste do Reino Unido. A empresa lançou uma campanha de recrutamento de funcionários e os novos colaboradores serão responsáveis por construir os novos modelos da marca, incluindo o Qashqai e o Leaf.


Vagas na Nissan no Reino Unido

Segundo a BBC, a Nissan aproveitou a visita de Boris Johnson para informar seus planos para um novo centro de veículos elétricos. O valor total do investimento chega a £ 1 bilhão de libras e a fábrica de Sunderland vai, dessa maneira, gerar 6 mil novos empregos na empresa e em seus fornecedores. Sendo assim, a Nissan acredita que vai garantir a liderança como a maior fábrica de automóveis do Reino Unido conforme a fabricação de veículos se distancia dos motores movidos a gasolina e diesel.

Os planos, que estão sendo sustentados por cerca de £ 100 milhões de libras em financiamento público, incluem uma fábrica de baterias elétricas construída pelo parceiro da Nissan, a Envision. Além disso, o valor contempla a instalação de um centro de reciclagem de baterias e a produção de um novo modelo de carro totalmente elétrico. Os planos iniciais são de criar até 10 fazendas solares para alimentar o projeto, com o objetivo de neutralidade de carbono até 2040.

Leia mais: Pepco Group vai criar 13 mil empregos na Europa.

Investimento é um voto de confiança

Segundo o The Guardian, para o primeiro-ministro Boris Johnson, o investimento e a criação de vagas na Nissan no Reino Unido são vistos como um grande voto de confiança no país. Depois de dois anos incertos em relação ao futuro da fábrica, as coisas parecem ter mudado. Em Sunderland é onde a Nissan produz os modelos mais vendidos da marca, incluindo o Qashqai, a Juke e o Leaf. Importante ressaltar que 70% dos carros produzidos ali são exportados para o continente europeu.

Ministros e executivos se recusaram a confirmar o valor total em libras do apoio que virá do governo. No entanto, do custo de £ 1 bilhão de libras das novas instalações, a Nissan está contribuindo com £ 423 milhões de libras. Com o montante, a Nissan afirma que vai passar a produzir um veículo crossover totalmente elétrico de nova geração e possibilitará a criação de 900 novos empregos na Inglaterra.

Vagas na GSK: multinacional farmacêutica criará até 5 mil empregos no Reino Unido.

Primeira fábrica de baterias automotivas da Europa

A Envision, que é propriedade conjunta da Nissan foi a responsável pela construção da primeira fábrica de baterias automotivas da Europa em Sunderland em 2012. A Envision vai investir £ 450 milhões de libras em uma nova planta industrial com capacidade de 9 GWh para fornecer pacotes de energia elétrica para a Nissan, criando outras 750 oportunidades de trabalho. Dessa maneira, espera-se que o investimento combinado crie mais 4.550 empregos na cadeia de abastecimento mais ampla.

Não deixe de ler: mega laboratório criará 1.500 oportunidades de trabalho no Reino Unido.

Vagas na Nissan no Reino Unido

Se você gostou da notícia, não deixe de enviar para as pessoas que você gosta. Além disso, aproveite para acessar o site de empregos e carreiras da Nissan no Reino Unido. Após fazer isso, veja as vagas abertas e no portal está disponibilizado inclusive os salários médios anuais. Basta seleciona a vaga, ler todos os requisitos e submeter sua candidatura diretamente para ocupar uma das vagas na Nissan no Reino Unido. Boa sorte!

*Conheça também o nosso canal do Youtube e inscreva-se! Toda semana tem conteúdo novo por lá!

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação e Doutor em Estudos de Comunicação, é apaixonado por rock and roll e conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *