Veja quais são os principais empregos para imigrantes na Áustria

empregos para imigrantes na Áustria
Foto: Radisson Hotels.

No país europeu estão muitas empresas e organizações globais, por isso existem muitos empregos para imigrantes na Áustria. Saiba mais!

A Áustria é um importante país europeu onde estão muitas empresas e organizações globais, o que torna o país um ótimo local para quem procura um emprego internacional. Mas há alguns detalhes a serem considerados, como as principais indústrias na Áustria, o tipo de empregos disponíveis e os principais locais para empresas internacionais que usam o inglês como idioma de trabalho. Saiba quais são os principais empregos para imigrantes na Áustria.


Empregos para imigrantes na Áustria

Com uma população de 8,9 milhões de habitantes, a Áustria tem como capital a bela Viena. O país da Europa Central tem o 18º melhor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do mundo, o 27º PIB (Produto Interno Bruto) do mundo e um baixo índice de desigualdade social. Por isso, hoje você vai descobrir mais informações sobre trabalhar na Áustria.

Leia mais: 4 perguntas essenciais para um recrutador que os candidatos a uma vaga de emprego devem fazer.

Quais são as principais indústrias da Áustria?

O maior empregador na Áustria é o setor de serviços, com 71,4% dos empregados do país trabalhando neste ramo. Isso faz do setor de serviços um importante pilar econômico do país. De acordo com dados do site Statista, outros setores-chave na Áustria são a indústria, que emprega 25,04% dos trabalhadores, e a agricultura, com 3,48%.

A agricultura parece pequena em comparação com os outros setores referidos, mas é um setor altamente desenvolvido com uma forte tendência para a agricultura orgânica nos últimos anos. A Áustria também tem uma cena vinícola dinâmica – especialmente em Burgenland, Baixa Áustria (Lower Austria) e Styria – que exporta milhões de euros de vinho a cada ano. Além disso, a Áustria tem a maior proporção de vinhedos orgânicos do mundo.

Para dividir ainda mais as principais indústrias da Áustria, os seguintes são grandes contribuintes para a economia:

  • alimentos e commodities de luxo,
  • engenharia mecânica,
  • construção em aço,
  • produtos químicos e fabricação de veículos.

Depois está o turismo (antes da pandemia), um setor importante na economia da Áustria, especialmente nas regiões dos Alpes e dos lagos, bem como em cidades como Viena e Salzburg.

Veja também: as 25 empresas da Alemanha mais atraentes para trabalhadores qualificados.

Empregos na Áustria para falantes de inglês

A língua nativa na Áustria é o alemão, mas o inglês também é amplamente falado e há muitos empregos para falantes de inglês em todo o país. Em regiões dependentes do turismo como Tirol, muitas áreas de estações e resorts de esqui contratam funcionários que falam inglês durante os meses de inverno. Aliás, antes do BREXIT por exemplo, empresas como a Tui faziam a contratação diretamente no Reino Unido.

Ensinar inglês é outro trabalho facilmente acessível para falantes nativos de inglês na Áustria, especialmente para aqueles com experiência de ensino. A maioria dos empregos de ensino de inglês exige um diploma de bacharel e uma qualificação de ensino TEFL, com a maioria dos cargos de ensino localizados em Viena e Salzburg.

Outros empregos em inglês regularmente anunciados para trabalho na Áustria são:

  • desenvolvedores web,
  • engenheiros de software e
  • funções em universidades.

Você viu? Principais destinos das empresas que deixaram o Reino Unido após o BREXIT.

Quais empresas internacionais estão sediadas na Áustria?

A Áustria fica no meio da Europa Central, tornando-se um local conveniente para empresas e organizações internacionais – especialmente em cidades como Viena, Linz e Salzburg. Viena é, na verdade, o lar de muitos empregadores globais, incluindo:

  • Nações Unidas (ONU),
  • Accenture,
  • Microsoft,
  • Google,
  • Boston Consulting Group (BCG),
  • KPMG,
  • IBM e
  • L’Oréal.

Isso faz de Viena o principal centro de ofertas de emprego para residentes internacionais na Áustria.

Fora de Viena, Linz é a segunda maior área econômica da Áustria e outro local popular para empresas internacionais, com a Borealis, a BMW e a Siemens, todas sediadas na cidade. Depois, há Salzburg, onde estão sediadas empresas como Red Bull e Hofer (o nome do supermercado alemão Aldi na Áustria). Outras empresas internacionais em Salzburg incluem BMW, KTM e Porsche. Além disso, a Universidade de Salzburg é um grande empregador na cidade.

Para empregos em tecnologia, Graz tem muito a oferecer – especialmente em biotecnologia, energia e tecnologia ambiental – mas não existem tantas empresas internacionais conhecidas sediadas em Graz como há em Viena, Linz e Salzburg.

Veja também: 15 atitudes que você deve evitar para não prejudicar sua carreira.

Como encontrar empregos para imigrantes na Áustria

Muitos empregos na Áustria são anunciados nas plataformas usuais, como LinkedIn e Indeed, tornando-os bons lugares para os candidatos que falam inglês começarem a procurar. Mas também há sites de empregos específicos da Áustria que você deve conhecer – como XING (o LinkedIn do mundo de língua alemã), Jobs in Vienna e Karriere. As funções que falam inglês geralmente são anunciadas em inglês, tornando-as fáceis de identificar, e a descrição geralmente indica se o idioma da empresa também é o inglês.

Na verdade, muitas empresas internacionais sediadas na Áustria adotaram o inglês como idioma de trabalho, tornando-as locais de trabalho ideais para falantes de inglês. No entanto, é sempre benéfico ter também conhecimentos da língua alemã, mesmo quando se trabalha em uma função de língua inglesa.

*Aproveite para ouvir nosso podcast Partiu Morar Fora, disponível no Spotify:

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação e Doutor em Estudos de Comunicação, é apaixonado por rock and roll e conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *