Novas opções de imigração para que estrangeiros tenham residência permanente no Canadá

residencia permanente no canada
Foto: Canusim.

Estudantes internacionais, trabalhadores estrangeiros e requerentes de asilo que já estão no país terão mais opções de residência permanente no Canadá. Saiba mais!

O governo canadense do primeiro-ministro Justin Trudeau está tentando encontrar formas que sejam capazes de amenizar os danos econômicos por conta da queda dramática na imigração: convencer e possibilitar que os estrangeiros que já estão no país continuem por lá.


Facilidades na obtenção da residência permanente no Canadá

O Governo do Canadá anunciou medidas no começo do mês de novembro que deverão tornar mais fácil para que os estrangeiros consigam a residência permanente no Canadá. É uma excelente notícia para quem pretende morar no Canadá, mas também para os mais de um milhão de estudantes internacionais, trabalhadores e requerentes de asilo.

Isso porque as medidas irão facilitar a vida dessas pessoas e que já vivem no país para que elas consigam a residência permanente no Canadá. Posteriormente, a medida irá beneficiar quem está fazendo o caminho para a cidadania canadense.

Viajar para o Canadá: necessidade de utilização do aplicativo ArriveCAN para os turistas que chegam no país.

Medidas para minimizar os impactos da pandemia na imigração

O Canadá é basicamente um país de imigrantes. Em uma entrevista recente dada para a Bloomberg, o ministro da Imigração, Marco Mendicino, disse que é o caminho lógico a seguir para compensar a queda no número de estrangeiros que se mudam para o Canadá durante a pandemia.

O político disse ainda que: “Para aqueles que já estão no Canadá e aqui temporariamente, cabe a nós ver se há ou não uma maneira de acelerar seu caminho para se tornarem canadenses”. O declínio da imigração é um duro golpe para a economia canadense.

Imigração no Canadá: país quer receber um número recorde de imigrantes nos próximos anos.

Imigrantes fomentam a economia e querem residência permanente no Canadá

Morar no Canadá
Foto: Turismocity (Toronto, Canadá).

Os líderes políticos do Canadá sabem que a economia do país depende fortemente de estrangeiros. Isso é notado especialmente nas grandes cidades do país onde há uma demanda por força de trabalho. Em Toronto, por exemplo, a queda no número de novos moradores já está sendo sentido no mercado de condomínios da cidade.

O Canadá depende de duas faixas de migração em qualquer ano: residentes permanentes e um grupo muito maior de residentes temporários. Ambos caíram dramaticamente em 2020.

Recuperação econômica no Canadá: mais imigrantes empregados em setembro.

Número de novos imigrantes em queda no Canadá

Depois de registrar um aumento líquido de 190.952 residentes temporários em 2019, os primeiros seis meses de 2020 viram uma redução líquida de 18.221, de acordo com dados do Statistics Canada.

O Governo do Canadá admitiu apenas 128.430 residentes permanentes entre janeiro e agosto em 2020, cerca de metade do número do mesmo período do ano passado. No ritmo atual, o Canadá terá cerca de 150.000 residentes permanentes, abaixo de sua meta neste ano que é de 341 mil.

Trudeau aposta na imigração para impulsionar a recuperação econômica

A drástica diminuição na imigração para o Canadá já está sendo sentida no aumento da população total do país. Nos três meses até junho, o crescimento foi somente de 0,1%, o segundo menor ganho trimestral em registros migratórios desde 1946.

Muitos imigrantes trabalham em serviços essenciais como cuidados de saúde e, por isso, Mendicino disse que o país está sendo testado. Dessa forma, possibilitar que os residentes temporários tenham sua residência permanente no Canadá atenderá às necessidades de curto prazo do país, responder à Covid-19 e ainda ajudar o país a enfrentar os desafios demográficos de longo prazo.

Ainda de acordo com Mendicino, o governo estará olhando “para esse pool de imigração doméstica em um curto espaço de tempo para identificar os trabalhadores, os estudantes, os requerentes de asilo que possuem os conjuntos de habilidades que se alinham com os serviços essenciais na economia”.

Leia também: Viajar para a Espanha: teste negativo ou multa de até € 6 mil para entrada no país.

Governo do Canadá quer facilitar a imigração para o país

Os líderes políticos do Canadá acreditam que os estudantes de outros países podem ser uma excelente opção. Isso porque eles são particularmente atraentes como um potencial contra-ataque ao envelhecimento da população, e o governo está facilitando o trabalho deles no Canadá, disse o ministro.

Mesmo antes do anúncio do governo no começo de novembro, muitas universidades receberam permissão para ter alunos estrangeiros no campus, desde que concordassem em cumprir os protocolos da COVID-19.

Para finalizar, Mendicino disse: “Estudantes internacionais que tendem a ser uma população mais jovem, que tendem a estar logo no início de suas carreiras, têm um período mais longo de sua vida para contribuir e eles são um grupo muito atraente que vamos olhar bem de perto.

Podcast Partiu Morar Fora

Ouça também o nosso podcast Partiu Morar Fora, no episódio sobre morar no Canadá.

Amanda Corrêa

Amanda Corrêa é jornalista brasileira e mora no exterior há 6 anos. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Morou na Inglaterra e atualmente reside em Portugal. Atua há 15 anos na área de Jornalismo, produção de conteúdos, mídias sociais. Com seus textos, ajuda brasileiros e estrangeiros a morarem fora do país e realizarem seus sonhos.

3 thoughts on “Novas opções de imigração para que estrangeiros tenham residência permanente no Canadá

  • 20 de novembro de 2020 em 8:17 am
    Permalink

    Olá Just a Guy! Na verdade o governo do Canadá não anunciou ainda quais as medidas serão. Vamos acompanhar o assunto para postar aqui no site. Por enquanto, essa é a informação repassada pelo governo. Um abraço!

  • 16 de novembro de 2020 em 9:40 pm
    Permalink

    Nossa, falou falou e não falou nada.
    ”Novas opções de imigração para que estrangeiros tenham residência permanente no Canadá”
    Cade as opções? Ficou tudo tao por alto que parece até fakenews.

  • 16 de novembro de 2020 em 2:32 pm
    Permalink

    Gostei da notícia mas ficou ainda alguns detalhes pendentes como… E pra quem ainda não foi, mas tem o interesse de mudar pra lá com a família para trabalhar e estudar? Teremos alguma facilidade maior?

    Penso em fazer isso para que meu filho de 3 anos possa estudar em um bom local, enquanto eu e minha esposa trabalhamos e depois de algum tempo, voltar a estudar como se deve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *