Principais empregos de TI no Canadá e como se candidatar

empregos de TI no Canadá
Foto: Unsplash.

Se você está em busca de empregos de TI no Canadá, veja quais estão em alta no país, as melhores empresas e como se candidatar!

Os empregos de TI no Canadá, assim como em outros países do mundo, estão em alta. É um mercado que está sempre com oportunidades e vagas abertas prontas para serem preenchidas. Por isso, hoje você vai conhecer os principais empregos em TI no Canadá, quais estão em alta, as melhores empresas para trabalhar com tecnologia e como se candidatar para as oportunidades.


Empregos de TI no Canadá

Se você está em busca de uma oportunidade de trabalho no Canadá na área de TI (Tecnologia da Informação), você precisa ler este texto até o final. Uma publicação feita pela Boss Magazine, uma revista com escritórios na Califórnia (Carlsbad) e no Canadá (Toronto) mostra a lista com as principais oportunidades em TI no Canadá. Veja abaixo:

Não deixe de ler: como mudar do Brasil para o Canadá.

As 5 principais ocupações de TI no Canadá

Agora veja quais são as principais áreas com oportunidades e empregos de TI no Canadá:

Cloud Architect

Os arquitetos de nuvem se tornaram profissionais com muita procura no Canadá, pois são eles que auxiliam as empresas com ambientes de rede. Eles são necessários para navegar pela funcionalidade da computação em nuvem, bem como para construir e supervisionar várias falhas na nuvem. Os arquitetos de nuvem devem entender os requisitos do negócio para que sejam capazes de converter documentos em projetos práticos para auxiliar a empresa, os funcionários e os clientes. O salário médio de um arquiteto de nuvem no Canadá é de $ 120.000 por ano.

Veja também: como encontrar um emprego no Canadá na sua profissão.

Empregos de TI no Canadá: Desenvolvedor

Os desenvolvedores geralmente têm fortes habilidades analíticas e de resolução de problemas. Esses tipos de desenvolvedores não estão apenas na profissão de TI, mas também têm uma boa chance de entrar no setor de finanças ou saúde. Os desenvolvedores geralmente ganham cerca de $ 76.119 por ano de trabalho no Canadá.

Você viu? Empregos no Canadá que pagam mais de $ 100 mil e não exigem diploma.

Analista de Segurança

Um analista de segurança é um dos elementos mais importantes em um negócio. Essa ocupação específica visa proteger as empresas de hackers ou contra ataques cibernéticos. Você precisará de certificações relevantes e será capaz de gerenciar muitos dados. O salário anual de um analista de segurança no Canadá é de $ 70.629.

Leia mais: salário mínimo em Ontário no Canadá sobe para $15 a hora em 2022.

Empregos de TI no Canadá: Engenheiro de Rede

Resumindo, os engenheiros de rede pavimentam as estradas digitais que tornam possíveis os negócios e as transações modernas. Os engenheiros de rede criam redes que ajudam a manobrar os dados entre o fluxo de trabalho, as pessoas e os sistemas, possibilitando que as empresas cresçam em um ritmo rápido. O salário médio de um engenheiro de rede no Canadá é de $ 86.190 por ano.

Saiba mais: Quebec anuncia acordos para contratar trabalhadores estrangeiros no Canadá.

Gerente de Projetos de TI

Os gerentes de projeto supervisionam os esforços de TI. Eles são responsáveis ​​pelo desenvolvimento e têm que garantir que tudo o que foi discutido está sendo implementado. A melhor coisa sobre esse trabalho é que a codificação não é um requisito. Este trabalho exige fortes habilidades de liderança e certificações em gerenciamento de projetos. Os gerentes de projetos de TI no Canadá recebem cerca de $ 92.889 por ano.

As melhores empresas de TI do Canadá

Se você é da área da Tecnologia da Informação, pode estar se perguntando onde pode encontrar e se inscrever para possíveis empregos no Canadá, aqui estão algumas empresas que são consideradas algumas das melhores do país da América do Norte:

Como se candidatar a empregos no Canadá

Ainda que para se candidatar para um emprego no Canadá seja necessário planejamento e organização, confira abaixo três etapas iniciais e simples que podem ajudar você na caminhada de se mudar e morar no Canadá:

Etapa 1: localização

Descubra em qual província canadense suas habilidades são mais necessárias. Se houver mais vagas, maiores serão as chances de conseguir uma oferta de trabalho.

Etapa 2: Currículo

É importante você se certificar de que o seu currículo está atualizado e bem feito. Se você está se candidatando a um emprego no Canadá, deve seguir o formato específico dessa área específica e pode entrar em contato conosco (vagaspelomundo@gmail.com) e solicitar um orçamento para que a gente deixe o seu currículo pronto para você.

Veja também: conheça o guia do governo do Canadá para aplicação nos novos programas de imigração do país.

Deixe o seu CV o mais atualizado possível, pois isso pode interferir nas suas chances de conseguir o emprego desejado. Verifique novamente se o seu currículo está correto e não tem lacunas. Liste referências confiáveis ​​e certifique-se de que sejam confiáveis, pois as empresas para as quais você se inscreve podem ligar para verificar seu histórico.

Etapa 3: Aplicar

Você deve utilizar e pesquisar sites de empregos canadenses para ajudar a restringir sua pesquisa, incluindo os portais do governo canadense. Uma dica fundamental é: não se candidate para muitos empregos na mesma cidade ou localidade ou no mesmo tipo de emprego, pois as empresas geralmente se comunicam. Não se esqueça de adicionar uma carta de apresentação (Cover Letter) ao se candidatar e alterá-la para cada novo emprego a que se candidatar. Depois de fazer todas essas coisas, a única coisa que resta a fazer é se candidatar as vagas no Canadá e aplicar.

*Aproveite para ouvir o Podcast Partiu Morar Fora sobre como é morar no Canadá (disponível no Spotify e diversas plataformas):

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação e Doutor em Estudos de Comunicação, é apaixonado por rock and roll e conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *