Reabertura da Disney: anúncio empolga os fãs

Reabertura da Disney
Foto: Wikipedia.

A reabertura da Disney foi anunciada pela empresa. Saiba tudo sobre a mágica novidade nos Estados Unidos!

A Disney anunciou os planos para reabertura de seus dois parques temáticos na Califórnia. A companhia iniciará o processo em abril, porém adianta que cumprirá as novas regras impostas para tentar conter a propagação do coronavírus. Em termos práticos, isso significa que os visitantes e fãs da Disney ainda sentirão o impacto da pandemia.


Reabertura da Disney

A reabertura da Disney será em fases e a empresa limitará a frequência de público. Além disso, em seu site a Disney se compromete e informa que exigirá máscaras para crianças maiores de dois anos e que fará exames de temperatura em alguns locais dos parques.

Porém, as polêmicas já começaram e um grupo do setor de comércio do estado americano da Califórnia aconselhou que a Disney evite a reabertura de ‘atividades potencialmente arriscadas’. Para o grupo, gritar nas atrações dos parques pode significar um maior risco de contaminação pelo coronavírus.

Leia mais: Turkish Airlines retoma voos com Portugal no final de março.

Parques fechados

Os parques da Disney na Califórnia estão fechados há mais de um ano. Contudo, como as autoridades estaduais dos Estados Unidos suspenderam as restrições no início do mês de março, referindo a queda nos casos de COVID-19. Embora tenham mantido algumas regras, incluindo o limite de comparecimento a 15% da capacidade e a proibição de visitantes de fora do estado.

A Associação de Atrações e Parques da Califórnia (The California Attractions and Parks Association), que pressiona para que os parques sejam reabertos, disse que os membros da associação são capazes de atender aos padrões de saúde e segurança. Para a organização, os membros conseguem inclusive orientar as pessoas contra atividades como gritar e cantar, modificando os assentos nas atrações e encorajando o uso de máscaras e outras medidas sanitárias.

Veja também: companhia aérea Iberia lança nova tarifa ‘Comfort’ e oferece 100% de reembolso.

Impacto da pandemia no negócio da Disney

A Disney já abriu propriedades em outros estados americanos e países, como é o caso da Flórida e de Pequim, porém com a capacidade de público reduzida. Já seus parques em Paris (Euro Disney) e Hong Kong foram reabertos, mas foram fechados novamente.

Todavia, na Califórnia seus parques permaneceram fechados. Em parte devido a desentendimentos com sindicatos sobre medidas de segurança para os funcionários, uma disputa que os dois lados resolveram no outono passado. Os fechamentos, que resultaram em milhares de cortes de empregos, atingiram duramente a Disney. Nos últimos três meses de 2020, a receita do parque foi cerca de metade da receita de 2019.

Contudo a Disney disse que é encorajada pelos sinais de demanda subjacente e que conseguiu ser lucrativa, mesmo com capacidade limitada, nos parques abertos. Antes da pandemia, os parques, linhas de cruzeiro e outras unidades de experiências da Disney respondiam por mais de 35% da receita anual da empresa, que também inclui negócios de cinema, televisão e streaming online.

Leia também: dicas para evitar erros e passar na imigração ou assista o vídeo no nosso canal do Youtube:

Disney lança novo serviço que permite acesso aos parques usando o smartphone

A Disney também está trabalhando duro para otimizar a experiência de quem visita seus parques. O novo serviço, batizado de Disney MagicMobile, vai permitir que as pessoas acessem os parques da companhia usando apena o smartphone.

A multinacional também vai lançar o novo serviços em etapas, mas garante que o Disney MagicMobile deve ajudar e alavancar ainda mais o uso das pulseiras MagicBands. O novo serviço entra em funcionamento impulsionado pela pandemia e a necessidade de pouco contato, por isso o Disney MagicMobile permitirá o check-in online e até pedir comida pelo celular em locais nos parques e hotéis da Disney.

Viagem EUA: conheça as atrações grátis em Orlando.

Reabertura da Disney e geração de empregos

Com a reabertura da Disney na Califórnia, a multinacional acredita que poderá voltar a gerar cerca de 10 mil empregos nos Estados Unidos. No site da Disney a empresa diz: “Embora possa ser um pouco diferente da última vez que você visitou, juntos podemos encontrar novas maneiras de criar momentos mágicos juntos – e memórias para guardar para sempre”.

Além disso, a Disney solicita que seus fãs e visitantes acessem sempre o site da companhia para saber a situação atualizada dos parques em todo o mundo. A última informação é que o Disneyland Resort será reaberto em fases:

  • Agora aberto – Downtown Disney District;
  • 30 de abril de 2021 – Disneyland Park e Disney California Adventure Park;
  • 29 de abril de 2021 – Disney’s Grand Californian Hotel & Spa;
  • O Disneyland Hotel e o Disney’s Paradise Pier Hotel irão reabrir em uma data posterior.

Acesse o portal de carreiras e empregos da Disney, veja as vagas de emprego abertas e envie sua candidatura em inglês.

Aproveite para ler também: Nova rota de trem panorâmico nos Estados Unidos fará viagens pelas Montanhas Rochosas.

Cláudio Abdo

Cláudio é brasileiro e mora em Portugal desde 2014. Mestre em Ciências da Comunicação e Doutor em Estudos de Comunicação, é apaixonado por rock and roll e conheceu o beatle Paul McCartney pessoalmente. Sempre com uma boa história na ponta da língua, escrever é uma de suas paixões. Cláudio é autor do livro “Morar fora: sentimentos de quem decidiu partir”.

blank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *